Comentários
Rayssa Rayssa Author
Title: [REVIEW] ELEMENTARY - S03E06: TERRA PERICOLOSA
Author: Rayssa
Rating 5 of 5 Des:
Ah, como eu senti falta da química entre Sherlock e Watson! Gente, sério, só depois que eu vi as trocas de gentilezas tão típicas d...

Ah, como eu senti falta da química entre Sherlock e Watson!

Gente, sério, só depois que eu vi as trocas de gentilezas tão típicas de Holmes e Joan foi que eu percebi o quanto eu senti o afastamento dos dois. Afinal, o contexto da última Season Finale e a entrada de Kitty para o elenco proporcionou um distanciamento notável entre eles e até agora não tinha compreendido que era exatamente este detalhe que estava me incomodando na temporada atual.

Aliás, já falei aqui antes que um dos pontos mais fortes de Elementary é exatamente a fantástica química entre a dupla principal.

Até porque Watson é a única pessoa que realmente responde e peita Sherlock, não indo nas loucuras do personagem. Os dois possuem personalidades tão fortes e tão em sintonia, que só agora, em "Terra Pericolosa" que percebi que estava faltando este tempero na atual temporada.

Sem falar que ir em busca de um mapa histórico, em uma verdadeira busca ao tesouro, foi um tema investigativo muito interessante. Ou seja, para mim, até agora este episódio foi o melhor.


Sherlock e Watson mais uma vez interpretaram papéis de pai e mãe de Kitty, a qual também se comportou como a típica filha de pais divorciados. Não gosto muito deste tom do elenco, mas serviu para proporcionar as patadas entre Holmes e Joan. Afinal, mais alguém não se deleitou na nostalgia ao ouví-la falar o modelo do helicóptero que estava pousando no telhado? Adoro!

Acho que foi uma boa sacada do roteiro mandar o namorado da Watson para o exterior, pois possibilitou que sobrasse tempo para ela contracenar com Sherlock. Afinal, até agora eles mal conversavam. Quero dizer, algum tópico além de Kitty, do namorado da Watson ou da investigação.

Não sei, mas me senti de volta aos bons tempos de Elementary, com temas mais leves, trocas de gentilezas, loucuras de Sherlock e um caso semanal diferente.


Quanto à busca pelo mapa, fiquei impressionada em como achei interessante todo o desenvolver da investigação. Primeiro, pensando nos motivos que levariam alguém a matar por causa de um mapa. Cogitei até se tratar de uma verdadeira caça ao tesouro. Depois tentando acompanhar quantas falsificações estariam por aí e todas as teorias (sempre certeiras) de Sherlock sobre as reais intenções de cada personagem.

Aliás, fãs da Mamie Gummer que me desculpem, mas eu odeio esta vadia e na hora que ela apareceu torci para que ela fosse a assassina da história. Nada pessoal, mas ela interpreta a maior filha da mãe em The Good Wife. Daí peguei raiva da atriz e decidi que a odiarei para sempre! Hunf!


Ah, momento curiosidade (e nerd) da review: Terra Pericolosa é um termo italiano, que designa terra perigosa. Aliás, de perigoso não tem nada aquele terreno, mas acho que foi providencial o nome ao perceber quantas pessoas fizeram loucuras por causa do local.

Mas enfim, o velho e bom motivo da ganância proporcionaram uma pilha de cadáveres e uma investigação envolvendo história e falsificações (bem ao estilo White Collor). E como chegamos a esta brilhante dedução? Jogando luz na cara da Watson, é claro!

Até semana que vem!

Obs: Adorei ver Watson tendo que arrombar o sobrado para entrar. Ou as mensagens de Holmes. Tudo tão Sherlock! Ô nostalgia!


Obs: Quanto tempo você acha que demorará para Joan e Kitty se juntarem para ensinar uma lição ao Holmes? Elas já estão comparando figurinhas sobre o comportamento dele. Daqui para frente só deve piorar...

Obs: Mais alguém se emocionou quando Sherlock disse para Watson que ela não era nada igual à Kitty? Aquele momento singular do episódio em que Holmes mostra que possui um lado humano e sensível.

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO

Reações:

Sobre o Autor

 
Top