Comentários
Bernardo Seben Bernardo Seben Author
Title: [REVIEW] BETTER CALL SAUL - S01E07: BINGO E S01E08: RICO
Author: Bernardo Seben
Rating 5 of 5 Des:
Better Call Saul é mais uma série representante da complexa e admirável arte do "character development", ou em um linguajar n...

Better Call Saul é mais uma série representante da complexa e admirável arte do "character development", ou em um linguajar não-frufru: o desenvolvimento dos personagens. Atrações assim provam que uma história com personagens bem-desenvolvidos e carismáticos valem ouro - e na maioria dos casos, os amados e polêmicos prêmios. E é caminhando a passos lentos, porém bem dados, que Better Call Saul vai se estabelecendo como membro do hall das melhores séries do momento. Ela possui, obviamente, seus defeitos, mas que estão sendo ofuscados pelas suas poderosas virtudes. Ainda assim, principalmente por ter sido originada de Breaking Bad, fica aquele "gostinho" de que há algo faltando. Será que teremos uma grande reviravolta no enredo nestes dois episódios finais que estão por vir?

O exemplo-mor da qualidade das personagens de Better Call Saul, é o seu protagonista. Nos dois últimos episódios, "Bingo" e "Rico", foi notável a mudança de atitudes dele. O Jimmy McGill que se metia em encrenca atrás de encrenca, começou a canalizar melhor sua genialidade, ascendendo na profissão, se livrando de problemas, e sabendo lidar com situações que exigem paciência e frieza, como um bom advogado deve fazer.

EPISÓDIO SETE - BINGO:
No episódio dirigido pela iniciante, mas já agraciada com vários prêmios, Larissa Kondracki, o  final do teatro descarado da família Kettleman foi no mínimo satisfatório. Betsy, a esposa manipuladora, cada vez mais foi cegada pela sua própria loucura. Coube ao Jimmy resolver toda a situação. Durante todo esse tempo, por incrível que possa parecer, ele foi o único que agiu de forma bem-intencionada, mesmo usando "meios alternativos". Salvou o Craig Kettleman de passar o resto de sua vida na prisão, salvou a odiável Betsy de ficar ainda mais odiável, e salvou o emprego da amável Kim. Mesmo fazendo o Mike (em uma troca de favores) invadir a propriedade dos Kettleman, e roubar seu "suado" dinheiro (com aspas mesmo), a intenção dele era a mais nobre naquelas circunstâncias. E, por ironia, foi o próprio Jimmy o menor dos beneficiados. 


Dizem que não há nada melhor do que fazer o bem para os outros, mas acho que isso não funciona com todos, visto o grande desapontamento do protagonista ao final do episódio. A competente atuação de Bob Odenkirk foi essencial para que o telespectador sentisse e compreendesse a dor que o personagem sentia.

EPISÓDIO OITO - RICO:
E foi aqui que Chuck deixou de ser um personagem desinteressante. Nada como ver uma boa parceria entre irmãos. O experiente advogado, que se auto-afastou da profissão por um problema mental, revelou o seu lado carismático, pilantra e inteligente, que parece ser de família.


Após sete episódios com os maiores problemas do Saul sendo os Kettleman e o Mike - Nacho fica fora dessa lista. Aliás, o personagem dava indícios de que seria o grande antagonista da série, mas infelizmente sumiu, em um dos maiores equívocos do enredo da série até o momento -, um Jimmy que está começando a se dar bem como advogado vê uma oportunidade de construir um caso federal (um "RICO case", aquele onipresente em Sons of Anarchy, e que deu nome a este episódio de Better Call Saul). E é a partir disso que se construiu um episódio com um ar menos cômico, menos dramático e até menos denso do que seus antecessores, mas que abriu uma nova trama capaz de causar grandes emoções nos episódios finais da temporada.

Obs 1: Caso alguém tenha se interessado pela cativante e psicodélica música que tocou no episódio sete, na cena em que o Mike invade a casa dos Kettleman, o nome dela é: "Tune Down" de Chris Joss.

Obs 2: Desculpem-me por mais uma review dupla, eu sei que não é o ideal, nem para a construção textual, nem para você, meu caro leitor. A causa disto foi 100% desorganização de minha parte. Mas garanto que tentarei melhorar, tanto na data da publicação, quanto na clareza e construção de minhas opiniões, nas reviews do próximos episódios. Se eu não conseguir cumprir essa promessa, minha única alternativa será chamar o Saul, ou Jimmy... Sei lá... Enquanto isso, fiquem com uma PREVIEW DO PRÓXIMO EPISÓDIO (com a participação ilustre do Trevor do GTA V hehehe):

Reações:

Sobre o Autor

 
Top