Comentários
João Carlos João Carlos Author
Title: [REVIEW] LAW & ORDER: SVU: S16E16 - DECEMBER SOLSTICE
Author: João Carlos
Rating 5 of 5 Des:
O episódio veio com uma ideia no começo que era até interessante, mas chegando na reta final o roteiro muda o foco e da aquela sensaçã...

O episódio veio com uma ideia no começo que era até interessante, mas chegando na reta final o roteiro muda o foco e da aquela sensação de que fomos enganados. Não que o episódio seja de todo ruim, longe disso, mas para mim deixou a desejar.

Contamos com participações especiais nesse episódio. É sempre bom quando a série traz um elenco conhecido para dar um gás novo. Desta vez contamos com a participação de Emily Bergl (Shameless), Michelle Hurst (Orange is the New Black), Robert Vaughn (conhecidos por filmes e algumas telenovelas americanas) e Marcia Cross (Desperate Housewives). Foi difícil não lembrar da querida Bree Van de Kamp quando víamos Marcia atuar como Charmaine Briggs as duas se parecem em alguns aspectos e foi legal relembrar isso já que a atriz estava longe da tv após o final de D.H.

O caso dessa semana foi intrigante em alguns aspectos. A história girou em torno de Walter Briggs um famoso escritor já bem de idade e sua família onde sua atual esposa Charmaine e as filhas de Walter, Judith e Delilah, não se davam bem e brigavam para poder visitar o pai algo que vinha sendo negado há muito tempo.

Agora você pergunta: “como isso será um caso para a unidade resolver?” e eis que fica tudo interessante. As filhas de Walter, Delilah e Judith, abre uma denuncia contra a madrasta falando que ela abusa sexualmente de seu pai para poder gerar um filho e assim ter uma parte grande na herança, isso de acordo com as filhas. Walter um homem em seus 80 anos sofre de constante perda de memória e por isso não é capaz de consentir sempre de suas ações então a unidade decide investigar, pois possa se tratar de um estupro. 

As atitudes de Chamaine indicava que as acusações das filhas estavam certas, pois ela sempre estava ao lado do seu marido o tempo todo, colocava pílulas no meio da comida do marido sem ele saber para poderem ter relações sexuais  o que resultou em um ataque cardíaco do mesmo. Todas as atitudes que Charmaine fazia dava um ponto negativo para ela, até que Walter não resistiu a todas essas pressões e acabou morrendo.


Durante boa parte do episódio ficamos com a ideia de Charmaine estava fazendo tudo calculado igual suas enteadas estavam alegando, mas no decorrer do episódio Walter, mesmo após a morte, consegue fazer com que uma fita onde, anos antes, falava de sua família antes que sua mente tivesse esses lapsos de memória chegasse nas mãos de seus familiares e com essa declaração de Walter muda todo o rumo da investigação. Primeiro ele diz que sua esposa sempre o amou e o sentimento foi recíproco e claro que ele fala sobre suas filhas e do jeito que as coisas eram. Primeiramente não foi ele e sua atual esposa que pararam de entrar contato com suas filhas, mas foi sua filha Delilah que guardou rancor do pai devido algumas atitudes do mesmo e levou sua irmã Judith a ter o mesmo pensamento fazendo com que elas se afastassem e que Charmaine fosse a total vilã da história.

Essa mudança de foco logo no final do episódio deixou um gosto meio amargo a todo o episódio. Eu, na minha opinião, acho que Charmaine ainda fez o que fez para poder ter um filho de Walter e poder ter uma grande parte da herança. O fato que ele morre pode não ter sido o que ela planejou, mas no final Charmaine consegue o que quer, pois consegue fazer uma fertilização com o sêmen de Walter e poderá ter seu filho.


Em paralelo ao o episódio, tivemos um foco em Barba e sua família. Durante o episódio vimos que ele sempre estava em contato com sua mãe, Lucia Barba, a respeito de sua abuela, Catalina Diaz, que já era um senhora de idade e ainda morava sozinha. Eu gostei como este fato meio que interligava com o enredo principal do episódio, pois vemos duas pessoas de idades e seus familiares tentando decidir o que era melhor para eles. Porém tanto Walter Briggs quanto Catalina tiveram um final trágico. 

PS: Já que mencionaram Johnny D. de novo, ainda terá assunto até o final da temporada.

PS: E o Barba segurando o Noah? kkk

PS: Mais um hiato básico até o dia 25 desse mês. 
Reações:

Sobre o Autor

 
Top