Comentários
Ayla Aguiar Ayla Aguiar Author
Title: [REVIEW] BONES - S10E11: THE PSYCHIC IN THE SOUP
Author: Ayla Aguiar
Rating 5 of 5 Des:
Acho que posso dizer três coisas sobre a volta de Bones: aniversario do Sweets (porque já estava doendo pouco a saudades dele sabe, não...

Acho que posso dizer três coisas sobre a volta de Bones: aniversario do Sweets (porque já estava doendo pouco a saudades dele sabe, não doeu nada essa menção ao meu psicólogo favorito), Christine sendo linda e fofa demais, essa criança linda, e Avalon voltando e me trazendo risos insanos nas cenas dela, lagrimas também. Ou seja, um episódio pra chorar, muito. E rir com a Christine. E sair machucada com saudades do Sweets.

No caso da volta da série temos uma vidente morta, achada dentro de uma árvore antiga. Que foi achada por um cara que estava cortando a tal e entrou em choque ao achar o corpo já decomposto e ficar coberto de sangue. No caso de relembrarem o Sweets foi porque a Avalon dizia que falou com ele no plano espiritual, e queria dar um recado dele pro pessoal.

E foi meio bleh pelo simples fato de que era aniversário do Sweets, o Booth tinha colocado um lembrete no celular para pegar umas rosquinhas na loja que ele adorava, e todo mundo de alguma maneira estava sofrendo. E o caso só veio pra dar o toque sofrível ao episódio, na qual a pretensa vitima foi morta por acidente, e me desculpem, mas ela merecia, apenas.


Mas pelo menos tivemos os momentos fofura entre pai e filha, nos quais me acabei de rir e de awns com a Christine. Essa fofura de criança só me encanta ainda mais. E outra: 3 anos essa criança? Tá, passou esse tempo desde que a Chris nasceu, mas a menina tem isso não. Como assim gente? Essa criança não tem 3 anos. Só acho. Enfim, ainda sou apaixonada pela fofura absoluta da atriz. As cenas dela com o Booth, é amor. O negocio do bolo pro amiguinho imaginário dela, awn! (E que tenho a certeza de que é o Sweets *-------------*).

E bora falar também desse final digníssmo do episódio. O livro do Sweets, e a mania dele de dar presentes no próprio aniversário. E lá ele entrega o livro dele pros dois. Por intermédio de outros, mas entrega. E o quão lindo foi isso. E a dedicatória? Quero! E podem publicar esse livro, que eu quero um pra mim!

P.S: Christine, eu também quero um pedaço de bolo. Por favor *-*
Reações:

Sobre o Autor

 
Top