Comentários
João Carlos João Carlos Author
Title: [REVIEW] LAW & ORDER: SVU: S16E19 - GRANTING IMMUNITY
Author: João Carlos
Rating 5 of 5 Des:
O episódio da semana veio com um caso bem diferente do que estamos acostumados, mas será que realmente conseguiu fazer o trabalho de e...

O episódio da semana veio com um caso bem diferente do que estamos acostumados, mas será que realmente conseguiu fazer o trabalho de entreter e manter o desenvolvimento coerente?

Sabemos que a unidade de vitimas especiais não só investigam crimes de caráter sexual, mas também casos que tem haver com o bem estar de pessoas menores de idades, entre outros. Essa semana vimos o caso começar como uma investigação de crime sexual e se transformar em uma coisa totalmente diferente. Como eu venho dizendo sair da rotina é sempre bom trazendo algo de diferente para que possa se renovar sem sair muito das origens da série.

Alguns alunos de uma escola particular bastante conceituada, Academia Tribeca, após saírem para almoçar decidem estender essa saída e decidem fazer uma “festa do Arco Iris” onde as garotas usam batons coloridos e acabam revezando com garotos e quem tiver com mais cores do batom é o vencedor. Ai pensamos como o que aconteceu acaba envolvendo a unidade? Pois aparentemente fotos e vídeos explícitos foram tiradas e a maioria dos pessoal da Academia Tribeca as recebem e se torna um viral e como essas fotos acaba na internet e é classificado como pornografia infantil, pois os envolvidos eram menores de idade.


De novo tenho que voltar ao assusto de como a unidade acaba recebendo ou indo atrás de casos, ultimamente, que são de difíceis soluções. Claro é o serviço da unidade e nem todos os casos são fáceis, mas a série vem nos apresentando alguns casos que sabemos que não dará em nada. Por exemplo nesse dos alunos da Academia Tribeca o pessoal da festa não sabia o que tirar fotos explicitas e postar na internet seria contra a lei e caso a unidade encontrasse o responsável por postar este material ele seria preso e seria registrado como um criminoso sexual por muito tempo na sua vida. Mas como eu disse no começo desta review o episódio toma rumo muito diferente do que estamos acostumados.

O incidente na Tribeca serviu para pano de fundo para outro tema que seria abordado no episódio. Após uma epidemia de sarampo sair contagiando principalmente o pessoal que participou da tal festa a unidade percebe que há algo de errado e descobre que algumas pais dos alunos decidiram não vacinar seus filhos quando crianças devido a certos princípios e por isso os alunos contraíram a doença. E como sarampo é uma doença que tem que ser levada a sério a unidade percebe que há um padrão de negligência e decide ir ao fundo nessa situação.


Até então tudo estava normal não tão dramático assim, mas eis que sabemos que o Noah, filho de Benson, também contraiu o Sarampo e todo o tom do episódio muda. Quando envolve algum personagem principal da série muda o modo de ver o episódio, ficamos torcendo para que tudo seja resolvido. Podemos perceber o desespero da Benson ao saber que seu filho que já vem apresentando problemas de saúde há um tempo contrai mais uma doença e como ela tenta conciliar sua vida pessoal com a profissional. Por sorte ela tem o pessoal da sua equipe que a ama muito e se preocupa com ela para ajuda-la.

Achei o episódio mediano salvo os momentos da Benson. Foi um episódio que não chegou a acrescentar muito para a série. Gosto quando a série sai da rotina e aborda alguns temas fora do comum, como por exemplo de pessoas que não acreditam nas vacinas e acham prejudiciais a saúde das pessoas. Mas será que se não se prevenir primeiro futuramente você poderá prejudicar o próximo? Foi essa o assunto do episódio, mas deixou um gosto amargo. Mas Baby Noah salvou o dia.

PS: Próximo episódio será no dia 29/04 e com mais um crossover entre Chicago Fire e Chicago PD. Ansioso sim ou claro?

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO:

Reações:

Sobre o Autor

 
Top