Comentários
Lilian Zin Lilian Zin Author
Title: [REVIEW] NCIS: NEW ORLEANS - S01E20: ROCK-A-BYE-BABY
Author: Lilian Zin
Rating 5 of 5 Des:
“Most people think fatherhood begins at birth. The moment I heard my daughter's heartbeat on the ultrasound, she was instantly my who...
“Most people think fatherhood begins at birth. The moment I heard my daughter's heartbeat on the ultrasound, she was instantly my whole world. My first primal thought was, “I will do everything in my power to protect her.” And I can't even imagine how devastating it must be when even everything isn't enough. “ – Dwayne Cassius Pride 

Casos de sequestro sempre são complicados. Ainda mais quando a vítima é um bebê. Apesar de ter sido um episódio bom, já havia descoberto quem havia sequestrado Lou-Lou. Não que tenha sido completamente óbvio, mas pareceu bem suspeito para mim quando mencionaram o fato de a garotinha ser filha de um casal gay.


O episódio mostrou em torno de 60 horas até que a equipe conseguisse encontrar Lucy. Como foi dito, as chances de encontrar a criança após as 48 horas seriam pequenas, mas ainda assim um sucesso. A história prendeu minha atenção justamente pela Lou-Lou e como todos estavam reagindo a isso. Tivemos de um King preocupado até um Sebastian sem saber o que fazer, tentando focar apenas em encontrar a garotinha e entregá-la sã e salva aos pais.

Não podemos esquecer do caso que Marlon estava tendo, porque isso foi crucial para a finalização do caso. Mas isso da espiã me fez lembrar de um episódio do NCIS (não consigo me lembrar qual exatamente), em que espiãs coreanas são enviadas a DC. No caso, a espiã era chinesa e foi enviada para NOLA, mas com propósitos parecidos. Aquilo de Josh falou sobre ele e Marlon serem maus pais, foi de cortar o coração. Todo mundo comete erros. Ainda mais nesse caso, que pode acontecer sem mais nem menos. Fiquei com pena da Anne, porque, afinal de contas, ela já estava mal, aí o marido entrega uma criança dizendo que conseguiu a adoção e depois ela tem que devolver Lou-Lou (ou Julia, como ela já havia nomeado), porque era tudo uma mentira. 


Estou esperando pela segunda temporada para que eles coloquem a Diane Neal como parte do elenco fixo da série. Toda a interação que ela tem tanto com os agentes como com Sebastian me deixa muito feliz. Também, Abby Borin é uma das agentes mais amáveis do mundo, como não se dar bem com qualquer equipe? Novamente: ainda sonho com a possibilidade de a CBS fazer uma série para a CGIS.

Momentos divertidos e fofos também não faltaram no episódio. Como não amar o “Shut up” de Borin, Lasalle e Brody? E também a conversa entre Brody e Lasalle sobre filhos. Acho que, apesar de eles serem agentes, isso pode funcionar. O King por exemplo, tem a Laurel e ela está completamente bem. Falando nele, como não querer que tenham bebês em todos os episódios e que eles tenham cenas com o Scott Bakula? Coisa mais fofa ele e a baby Lou-Lou!

P.S.: O próximo episódio só vai ao ar dia 28/04. E se preparem: com a season finale chegando, Baitfish pode voltar e causar um estrago bem indesejável.
Reações:

Sobre o Autor

 
Top