Comentários
Ticianni Zabulon Ticianni Zabulon Author
Title: [REVIEW] IZOMBIE - S01E09: PATRIOT BRAINS
Author: Ticianni Zabulon
Rating 5 of 5 Des:
Nessa semana, Clive tinha em suas mãos o caso de ex-franco-atirador que foi assassinado em meio a um jogo de paintball . Além das habili...

Nessa semana, Clive tinha em suas mãos o caso de ex-franco-atirador que foi assassinado em meio a um jogo de paintball. Além das habilidades militares do morto, Liv herdou seu transtorno de estresse pós-traumático. O caso me surpreendeu apenas com o fato de o assassino ter usado uma espécie de drone para cometer o crime, eu não fazia a menor ideia de que isso era possível e agora fico imaginando as diversas utilidades criminais para drones. Deixando de lado a nova faceta dos drones, o caso semanal foi quase que totalmente ofuscado pelas duas outras principais tramas do episódio: Major com sua busca pelo Candyman e Liv com sua recém descoberta sobre a alimentação de Lowell estar ligada a Blaine.
Por falar em Blaine, parece que ele vai expandir seus ramos no trafico e agora vai aceitar assassinar pessoas especificas para conseguir cérebros sob encomenda. Está cada vez mais sofisticado e perigoso, o que acontece se pedirem o cérebro do presidente? Dá pra começar fácil uma terceira guerra mundial.

Major segue focado em sua missão, faz as pesquisas necessárias mas não chega ao nome zumbi, compra arma mas quer aprender a usa-la pelo youtube,  tenta se infiltrar em uma academia jogando verde, buscando informações e acaba caindo nas mãos de Julien Dupont, de novo. E lá se vai mais uma surra. Já podemos elege-lo como o personagem mais sofrido e azarado dessa série. A cena de Major e Julien foi de tirar o fôlego, mas ao final o coitado ficou mais uma vez parecendo louco na frente dos outros, no caso, na frente de Clive. Não vai demorar muito para que Major comece a questionar a própria sanidade, sem falar que há chances de que possa realmente começar a perde-la. Imagino se o rapaz será tomado pela revolta ao descobrir toda a verdade, ou apenas pelo alívio de provar que não está enlouquecendo.


Agora vamos falar sobre LivWell, muitos sentimentos envolvidos e tudo ao mesmo tempo. Liv resolveu ir para o confronto direto com Lowell  e questiona-lo sobre sua fonte de alimentação.  Foi a melhor escolha, melhor do que enrolar escondendo a sua descoberta e causar diversas situações desconfortáveis entre eles. E em meio a DR do casal, percebeu-se que Lowell também não sabia da procedência dos cérebros que recebia e que realmente foi Blaine que o transformou. Que situação complicada, não é?
Mas se olharmos pelo lado de Lowell, quem não teria feito o mesmo que ele? Ter que se alimentar de pessoas, que é uma obrigação dele, obviamente não é algo muito bom de se fazer, então imagine que aparece alguém que te dê a oportunidade de não ter que sujar as próprias mãos para conseguir seu alimento, que até entregue na sua casa e que você não tenha que se preocupar com nada além de pagar o preço estipulado. Você não aceitaria?

Ravi foi a voz da razão de Liv, mais uma vez, o amigo soube aconselha-la e faze-la perceber que nem todos tinham tanta sorte como ela em poder se alimentar sem ter que fazer algum trabalho realmente sujo, que Lowell não tinha culpa na morte dos adolescentes. E o próprio quis mostrar para Liv que estava do lado dela, que sentia por ter escolhido o modo mais fácil sem pensar nas implicações daquilo e como prova disso, resolveu por si só cavar um tumulo e pegar o seu alimento com suas próprias mãos. Foi linda a cena em que ele, mostra seu arrependimento e eles fazem as pazes. Naquele momento mal sabíamos a importância daquela redenção para o final do episodio.


O cérebro do ex-atirador deu a Liv a habilidade e a coragem para criar um plano para acabar com a vida (ou seria meia-vida?) de Blaine. Com a ajuda de Lowell como isca, estava tudo preparado até a velha crise de consciência atingir a nossa zumbi: matá-lo a igualaria a ele na categoria assassino. Eu, e provavelmente muitos, penso que ela deveria ter atirado de uma vez e acabado com aquilo, porque era claro que a sua escolha nobre iria custar caro e ao que parece, custou. Após a declaração de um 'eu te amo' balbuciado e uma falha tentativa de fazer o trabalho da namorada, Lowell é atingido por Blaine. Mas será? Não o vimos morrer exatamente, então creio que ainda há chances. Meu coração se partiu com o de Liv naquela ultima cena. Se Lowell estiver vivo e essa ter sido apenas mais uma trollada desse seriado, o humor já passou de mórbido para outro nível bem superior em que a palavra limites não existe mais.

E para não dizer que não houve nenhuma graça alcançada nesse episodio, a mordida do rato não transformou Ravi em um zumbi! A saída que citei na review passada, foi justamente a utilizada para salva-lo de ter o mesmo destino que Liv: a transmissão não ocorre entre espécies diferentes. Mesmo que as chances de um Ravi zumbi a essa altura da temporada não fossem tão grandes, me senti bastante aliviada que não trouxeram essa possibilidade para a realidade agora. Mas sim, mesmo que não seja o doutor, futuramente será interessante acompanhar a adaptação de um zumbi recém criado e acredito que a serie não vai perder a chance de nos mostrar isso, uma transformação no season finale talvez?

Ps¹: Atualização na contagem Major da semana: 3 surras + quase perdeu os dedos + quase leva marretada na cabeça. Alguém quer bater um recorde.
Ps²: Já podemos começar uma rodinha de orações pela vida/meia-vida de Lowell?

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO:

Reações:

Sobre o Autor

 
Top