Comentários
Fabrício~Raito Fabrício~Raito Author
Title: [C. NERD] RESENHA - OBJETOS CORTANTES
Author: Fabrício~Raito
Rating 5 of 5 Des:
Uma narrativa tensa e cheia de reviravoltas. Um livro viciante, assombroso e inesquecível. Recém-saída de um hospital psiquiátrico,...



Uma narrativa tensa e cheia de reviravoltas. Um livro viciante, assombroso e inesquecível. Recém-saída de um hospital psiquiátrico, onde foi internada para tratar a tendência à automutilação que deixou seu corpo todo marcado, a repórter de um jornal sem prestígio em Chicago, Camille Preaker, tem um novo desafio pela frente. Frank Curry, o editor-chefe da publicação, pede que ela retorne à cidade onde nasceu para cobrir o caso de uma menina assassinada e outra misteriosamente desaparecida.


Objetos Cortantes nos apresenta Camille Preaker, repórter em busca de um caso que possa deslanchar sua carreira e tirá-la do marasmo da rotina diária. Extremamente fechada, Camille guarda mágoas e dores que ao longo da narrativa passamos a conhecer. A pedido do chefe, Curry, típico boss daqueles que vemos em filmes, impassível e autoritário, pede que Camille se dirija até sua cidade natal para cobrir um caso que ainda não havia caído na atenção dos outros jornais de Chicago. Relutante, a princípio, Camille se sente acuada com a possibilidade de lidar com a família que não vê desde a morte da irmã mais nova, anos atrás. Porém acaba cedendo ao pedido, acreditando que a oportunidade lhe traria bons frutos.

Ao chegar na cidade natal, Gillian nos apresenta Adora, mãe de Camille, Alan (padrasto) e Amma, filha de Adora e Alan, de 13 anos. A família visivelmente possui traços bastante peculiares, que destoam de uma família convencional. Tudo é muito misterioso, intrigante, e é possível sentir todo o desprezo e indiferença sofridos por Camille. Além da morte de uma garotinha, outra foi dada como desaparecida. Antigos amigos do colegial e vizinhos fazem participação, na tentativa de Camille conseguir informações para sua matéria. Porém, o caso mexe completamente com Camille que se vê cada vez mais mergulhada nas sombrias histórias que envolvem os casos das pequenas crianças, que a leva à uma desesperada e libertadora resolução dos fatos em busca da verdade.


Que Gillian Flynn é um sucesso, o mundo já sabe. Mas, mais do que um sucesso, a autora é consistente e consegue elaborar um roteiro que prende seus leitores. Após a explosão com Garota Exemplar, tanto no mercado editorial quanto nos cinemas, a editora Intrínseca certamente apostou em outros títulos da autora. Objetos Cortantes é seu livro de estreia e, ainda que seja possível sentir uma certa imaturidade se comparado a Garota Exemplar, não deixa a desejar. A narrativa é rápida, flui bem e sempre deixa aquele comichão de curiosidade para saber de fato o que aconteceu. O personagem de Camille poderá aborrecer alguns leitores, mas outros se identificarão de imediato ou durante as revelações de seu âmago (que traz muita dor, rancor, mágoa ao mesmo tempo em que sustenta um desejo de se ver livre de toda essa escuridão).
Objetos Cortantes foi uma das leituras mais doentias que passou por minhas mãos, que me envolveu, me trouxe o amargor das relações familiares e terminou me deixando com o fato de ter esta conclusão gravada pra sempre em minha memória (tão sombria e doentia ela é). Terminou e me deixou com este fardo nas minhas mãos. O trabalho da editora Intrínseca é sempre muito caprichoso, com capa semelhante à de Garota Exemplar e uma tradução/revisão consistentes. Super indicado!

Ps: Apesar da Intrínseca ter lançado essa edição com nome de Objetos Cortantes, a editora Rocco, em 2008, já havia publicado esse livro sob o título Na Própria Carne!


AUTORA: Gillian Flynn
NÚMERO DE PÁGINAS: 254
EDITORA: Intrínseca
ONDE COMPRAR: Clique aqui
Reações:

Sobre o Autor

 
Top