Comentários
W.H. Pimentel W.H. Pimentel Author
Title: [REVIEW] SENSE8 - S01E06 - DEMONS
Author: W.H. Pimentel
Rating 5 of 5 Des:
UBA UBA UBA Ê! UBA UBA UBA Ê! Sexto episódio de Sense8 e de longe, o melhor até agora. Não pela imensa quantidade de sexo, mas sim pe...
UBA UBA UBA Ê! UBA UBA UBA Ê!

Sexto episódio de Sense8 e de longe, o melhor até agora. Não pela imensa quantidade de sexo, mas sim pela interação entre todos os sensate e a exploração maior de cada um deles. 


Algo em mim acreditava que Sun daria um jeito de escapar da prisão e se refugiaria com algum dos outros sensate ou algo do tipo, mas jamais pensei que ela seria sim enviada para uma penitenciária. Não entrava na minha mente essa possibilidade, mas não tenho a menor ideia do motivo. Uma coisa que saiu boa disso foi uma conversa super fofa entre Sun e Riley onde elas discutiam os problemas de suas vidas, como duas BFFs mesmo. Acredito que a conversa beneficiou mais a Sun do que a Riley, afinal, ela não tinha ninguém com quem contar e Riley chegou na hora certa para trazer um pouco de calma e paz em sua vida, enquanto que do outro lado, Sun serviu mais como uma conselheira do que como um apoio emocional. Either way, quase chorei com elas aqui.


Nomi e Neets se refugiaram na casa da mãe da nossa querida loka de dreads e compartilharam momentos fofissimos o episódio inteiro com direito à conspirações sobre a situação atual de Nomi. Será que ela está lúcida? Será que vai morrer? será que não? Mas enfim, o propósito delas no episódio foi mais fofo do que importante e elas tiveram uma grande participação no trabalho em equipe.

Capheus foi obrigado por Silas Kabala a se tornar um veículo particular para sua filha. Já disse várias vezes e não cansarei de dizer: Eu não gosto desse plot. Não está apresentando nada de novo e só faz com que o Capheus atue como duas pessoas diferentes - o mega alegre que amamos e o meio dark quando trabalha para o Silas - e isso, ao meu ver, é desgastante não só para o personagem, como para quem está assistindo também.


Will e Riley passaram por um perrengue dos grandes quando o chefão da máfia ou seja lá o que for subornou os "amigos" da Riley para poder matá-la. Senti ao mesmo tempo ódio e angústia com toda cena porque Riley nunca fez nada de mal para ninguém e mesmo assim parece que o mundo conspira contra a felicidade da garota, e se ela não fosse uma personagem principal, tenho certeza que ela teria morrido ali. Por sorte, o Will se pôs no lugar dela e conseguiu tirá-la daquela situação bizarra, embora eu quase tenha falecido sufocado junto. Não façam mais isso comigo, ok? Ok. PS: Quem mais adorou o fato deles agora terem trocado whatsapp e poderem se falar sempre que quiserem? 


O OTPINTO finalmente começou a ter cenas com mais diálogos interessantes e menos cenas malucas, embora não tenha perdido a sua fofura e sua química em cena. Wolfgang e Kala são realmente duas pessoas que nasceram para ficar juntas e eu estou aqui me roendo para saber quando/como isso vai acontecer. Sério, os dois ali de roupas íntimas discutindo sobre Kala ter ou não olhado para o pau do Wolfgang e sobre o relacionamento louco dos dois, além dela acreditar que ele realmente é um demônio, me proporcionou uma sessão de risadas inimagináveis. Revi a cena umas três vezes só por causa desses dois. Pedro, me dá meu ship!


Como não poderia faltar, a suruba gigante que deixou todo mundo excitado e confuso sobre a sua preferência sexual / dando um tapa na cara da família tradicional brasileira. Eu tentei identificar quem era quem, quem estava pegando quem, quem era ativa e quem era passiva, mas simplesmente estava impossível fazer isso. Eu sei que o Lito pegou o Will e que o Hernando pegou todo mundo, mas tirando isso, não sei é mais nada. Qualquer dia revejo a cena com mais calma para entender melhor o que estava acontecendo que eu não processei direito. HBO, aprende como se faz, viu?
Reações:

Sobre o Autor

 
Top