Comentários
W.H. Pimentel W.H. Pimentel Author
Title: [REVIEW] SENSE8 - S01E10 - WHAT IS HUMAN?
Author: W.H. Pimentel
Rating 5 of 5 Des:
Vocês não podem me assustar assim. Precisei de um tempo para me recuperar e reiniciar as reviews  de Sense8 com tudo, mas eu prometo a ...
Vocês não podem me assustar assim.

Precisei de um tempo para me recuperar e reiniciar as reviews de Sense8 com tudo, mas eu prometo a vocês, a espera valeu a pena. Podem descer que hoje a postagem está entupida de coisas maravilhosas!


Para início de conversa, adorei a ideia de que o pai de Sun finalmente chegou aos seus sentidos e irá contar toda a verdade. A conversa com o advogado me trouxe uma paz interior e um alívio tão grande que não pode ser expressado em um único parágrafo. Quero ver essa Chun-Li descendo a madeira nos inimigos pessoalmente e não mais como pomba-gira, porém, algo me diz que ela não sairá dessa tão fácil assim, afinal, Sense8 é mestre em fazer seus personagens sofrerem.

Capheus e Kala pela primeira vez compartilharam um tempo em cena juntos e a ligação dos dois me pegou um pouco de surpresa. Admito que desde o começo eu não vi razão alguma para a Kala ter alguma ligação tanto com o Capheus quanto com a Sun, só que a maneira com que esse assunto foi tratado (sem pressa) acabou tornando o momento ainda mais doce e especial. Os dois estavam precisando de muita coragem e compartilharam um gosto em comum, um gosto tão único como a arte da dança (seja ela violenta ou não), onde os dois nunca haviam - ao menos em cena - compartilhado com mais ninguém. O motivo para tudo isso era que Kala realmente não queria mais casar e precisava da coragem de confrontar não só Rajan, como a sua família, enquanto que Capheus deveria se decidir se entregaria a filha do Silas ou não para a quadrilha. Espero que os dois façam as escolhas certas.


Riley e Will continuam sendo um ship super fofinho, mas ainda precisam comer muito feijão com arroz para chegar no nível otpinto de Kala e Wolfgang. No entanto, os dois apresentam os plots mais extensos em relação à história dos sensate e toda a investigação que se segue por trás disso. Will conversou com Jonas e este se revelou refém do Dr. Sussurro, um velho filhodaputa que invade a mente alheia apenas por olhar nos olhos dele (o.o). A conversa entre Jonas e Will foi meio vaga, então algo disso deve ser abordado nos episódios seguintes, mas de uma maneira ou de outra, o comentário do Will aqui se refere ao dia da independência, onde ele e seu pai soltaram fogos de artifício no cais, com Capheus e Sun fazendo companhia. Já comentei que eu acho os outros dois uma fofura? Já né?

Uma grande salva de palmas para Lito e sua incorporada de personagem badass faço tudo pelos amigos! Mesmo levando em consideração a porrada que ele levou, a pegada no bartender (por favor né) e mais um monte de erros que ele cometeu, temos que reconhecer que Lito, independentemente ou não da ajuda de Wolfgang, fez um trabalho incrível em resgatar a Daniela e trazê-la de volta para a sua vida e a de Hernando, além de, finalmente, aceitar quem ele realmente é e parar de se importar com a opinião das outras pessoas. Lito, já dizia Elsa: Let it go! Let it go! Can't hold back anymore.


A melhor sequência de ação que Sense8 já teve até agora foi a da fuga de Nomi, no episódio 8, porém, essa sequência de cenas de Wolfgang se livrando de uma vez por todas de seu "irmão" foi de levantar da cadeira e bater palmas. Eu já estava ficando emputecido com aquela porrada que ele levou do bandido infeliz lá, e de repente, o cara está no chão, com uma arma apontada para sua cabeça. Tudo bem que seu plano era alcançar a arma debaixo do veículo, mas mesmo assim, era bastante arriscado. Torci para que Sun surgisse do nada e mostrasse para todo mundo como é que se desce o cassete em alguém, mas para a minha surpresa - e de todos os outros - quem tomou o posto foi o Lito. A conexão dos dois foi bastante esquisita, mas não deixou de ser efetiva, afinal, algumas vezes a combinação mais esquisita possível pode acabar se tornando a de melhor desempenho, e com esses dois foi exatamente isso que aconteceu. Depois de Wolf se livrar de boa parte dos capangas - e provavelmente, do meu psicológico -, achei que tinha acabado e o homem me saca uma bazuca. ME DÁ ESSE CÓDIGO DO GTA DA VIDA, POR FAVOR! Gritei "merda" o tempo inteiro junto com o bandido e fiquei de boca aberta após a explosão. Como sobreviver depois disso?


A resposta; Você não sobrevive. Sense8 não tem piedade de nenhum de nós e sempre nos derrubará no chão e nos deixará com mais perguntas do que respostas, além de uma baita dor de cabeça com tantos detalhes, mas é para isso que a série serve, afinal de contas. A última sequência de cenas, alternando a presença de todos os sensate na apresentação do pai da Riley e seus respectivos partos ("O primeiro suspiro que vocês tomam, tomam juntos." - MALIKI, Jonas.) foi de arrepiar os corações (e enojar os estômagos também), além de pôr uma bomba no meio de tudo isso. Fiquei em choque ao descobrir que Riley estava grávida e ver um flashback de um acidente de carro, seguido pela imagem dela, sangue escorrendo do nariz, despencando no chão. Não sabia mais o que pensar da vida, da série ou do universo depois dessa, e a única solução para isso foi mergulhar de cara no próximo episódio.
Reações:

Sobre o Autor

 
Top