Comentários
Dessa Piccinini Dessa Piccinini Author
Title: [C.NERD] RESENHA - JOGADOR Nº1
Author: Dessa Piccinini
Rating 5 of 5 Des:
  Cinco estranhos e uma coisa em comum: a caça ao tesouro. Achar as pistas nesta guerra definirá o destino da humanidade. ...

Cinco estranhos e uma coisa em comum: a caça ao tesouro. Achar as pistas nesta guerra definirá o destino da humanidade. Em um futuro não muito distante, as pessoas abriram mão da vida real para viver em uma plataforma chamada Oasis. Neste mundo distópico, pistas são deixadas pelo criador do programa e quem achá-las herdará toda a sua fortuna. Como a maior parte da humanidade, o jovem Wade Watts escapa de sua miséria em Oasis. Mas ter achado a primeira pista para o tesouro deixou sua vida bastante complicada. De repente, parece que o mundo inteiro acompanha seus passos, e outros competidores se juntam à caçada. Só ele sabe onde encontrar as outras pistas: filmes, séries e músicas de uma época que o mundo era um bom lugar para viver. Para Wade, o que resta é vencer – pois esta é a única chance de sobrevivência.

  
Em "Jogador n.º1" somos apresentados a Wade Watts, uma garoto pobre, órfão e que, como a maioria da população mundial, é um jogador do Oasis. Não apenas um jogador, mas um "caça-ovo", um dos milhões que procuram as chaves de Anorak, em busca de uma fortuna inimaginável.

O mundo já não é o mesmo. As cidades estão destruídas, há uma crise de energia e as guerras estão por todo lado. Em um mundo como esse, qualquer um preferia Oasis, um jogo de realidade virtual onde você pode, não apenas passar o tempo, como ir a escola, pedir comida, trabalhar e fazer tudo que faria no mundo real. 

É assim que conhecemos o mundo de Wade. Mas não é apenas isso. Cinco anos atrás o criador do Oasis morreu e, em seu testamento ele foi muito claro: deixou a fortuna toda para o jogador que encontrasse as 3 chaves e passasse pelos 3 portões. Quem encontrasse o ovo seria dono da empresa criadora do Oasis e seria bilionário - e imortal dentro do jogo. 

Passados 5 anos, nenhum caça-ovo (como se autodenominam os que estão em busca das chaves), encontrou coisa alguma. Wade é um garoto pobre, fora e dentro do Oasis. Não podendo viajar dentro do jogo, está preso no planeta das escolas, onde nada de divertido acontece. Ou, nunca acontecia. 

Wade é o primeiro jogador em cinco anos a encontrar a primeira chave e a passar pelo primeiro portão. E, depois disso, sua vida vira de ponta cabeça. Ele se apaixona por Art3mis, uma caça-ovo famosa e durona, que, por sinal, é a segunda a passar pelo primeiro portal. É quase morto - na vida real - pelos 6, grupo de uma empresa que deseja encontrar o ovo e tomar conta do Oasis, tornando-o um lugar pago e excluindo a maioria da população.

Dentro do jogo, Wade é conhecido como Parzival e tem como melhor amigo Aech - o terceiro a passar pelo primeiro portal. E, então, em uma corrida contra o tempo e contra os 6, para sobreviver não apenas dentro do jogo, mas no mundo real, Parzival precisa encontrar as 3 chaves e passar pelos três desafios tirados dos maravilhosos anos 80. 

Também conhecemos Daito e Shoto, o quarto e quinto, respectivamente a passarem pelo primeiro portal. E é esse top 5 que se une contra os temíveis e implacáveis 6, que possuem a melhore tecnologia, os melhores artefatos e tudo mais que o dinheiro puder comprar. 

Em um final eletrizante, Wade entende o que realmente é importante e como ele finalmente poderá vencer a Busca de Anorak. 


AI MEUS DEUS! Não lia um livro tão bom quanto esse em meses. Falo sério. Ele tem tudo, aventura, ação, casa ao tesouro, romance, drama... O que você quiser está aí. E muito bem escrito, muito bem elaborado e de deixar qualquer um desejando uma continuação ou um filme (boatos são que sai filme sim!).  

Tenho que falar algo ruim do livro, mas não encontrei nada. Nenhum furo no plot. Nadinha de nada. Posso, no máximo, reclamar que Wade ficou um pouco chato quando levou um pé na bunda. Mas nem foi tanto. É 1% chato, nada que realmente interfere na leitura. E a leitura é tão gostosa... 

Eu passei querendo jogar Oasis, já imaginou? Seria maravilhoso! Participar da caçada pelo ovo, me divertir por todos os planetas que existem... Do jeito que Oasis nos é apresentado, certamente existe um mundo de Hogwarts e outro só para Doctor Who. Afinal, existe um mundo para absolutamente tudo! 

Enquanto lia o livro em minhas madrugadas, eu só queria saber o que iria acontecer no próximo capítulo. O que seria o próximo portal, qual seria a próxima jogada suja dos 6, quando que Wade e Art3mis iriam se conhecer e quem era Aech. Eu não podia parar de ler, eu não queria parar de ler. E, ao mesmo tempo, não queria que o livro acabasse. 

Quando comprei o livro, eu achei que tinha feito burrada. Eu gosto dos anos 80, mas não sei muita coisa sobre. Eu gosto de games, mas não sou viciada. Ou seja, o livro tinha tudo pra ser chato para mim. E não foi. Foi maravilhoso. Foi perfeito. E eu quero mais!

Enfim: eu indico. Eu recomendo. Gosta de romance? Tem. Ação? Tem também. É do estilo de aventura e caça ao tesouro? Tem. E conspirações? Ah, adivinha? Tem também! O livro é mais que perfeito. A escrita é divina, os personagens, cativantes, os vilões? Eu os odeio! (o que no meu dicionário significa que o escritor fez um excelente trabalho). E vou terminar com um pedido: por  favor Cline, mais um? Um conto, qualquer coisa! Mas preciso de mais desse mundo.


AUTOR: Ernest Cline
NÚMERO DE PÁGINAS: 464
EDITORA: Leya
LANÇAMENTO: 2012
ONDE COMPRAR: Clique aqui.





Reações:

Sobre o Autor

 
Top