Comentários
Rhayller Peixoto Rhayller Peixoto Author
Title: [REVIEW] THE FOSTERS – S03E05/06 – GOING SOUTH/IT'S MY PARTY
Author: Rhayller Peixoto
Rating 5 of 5 Des:
Cá estou para mais uma review , desta vez em dose dupla.  Going South   mudou um pouco o foco que estava sendo explorado até então:...

Cá estou para mais uma review, desta vez em dose dupla. 

Going South  mudou um pouco o foco que estava sendo explorado até então: Jude, Connor e  Lena deram espaço para que Callie, Brandon e A.J pudessem ser explorados de uma melhor maneira. Se isso foi positivo? Nem tanto. A ideia de cruzar a fronteira e se aventurar no México me soou um tanto forçada para uma possível aproximação Brallie. Não me entendam mal, eu até gosto do casal, mas não acho que seja a hora certa. No fim, os empecilhos para retornar para casa só serviram para dar um "medo" nos telespectadores. Até achei que conseguiram passar facilmente pela fronteira. O que valeu a pena foi a discussão dos "irmãos" e as verdades que Brandon teve que ouvir de Callie. Verdades que todos gostaríamos que já tivessem sido ditas em algum período.

Este episódio também serviu para conhecermos mais sobre a família de A.J. A visita à casa de repouso, apesar de não comover tanto, foi bem interessante e pudemos descobrir sobre seu passado e a avó doente. As sequências foram uma parte bem interessante do episódio, com direito a uma deixa para que o paradeiro de Ty fosse descoberto. Tivemos uma breve procura e no fim uma ligação. Sou muito suspeito pois não gosto de A.J, mas vamos ver até onde isso vai dar. Mike tem se esforçado bastante pelo garoto e foi constrangedor o rapaz ser confundido com um bandido simplesmente por ser negro. Isso só serviu para fortalecer ainda mais o laço dos dois.

Voltamos aos trilhos com It's My Party , que conseguiu ter um saldo maior do que o episódio passado,por diversos motivos. A parceria Callie/Mariana foi algo super interessante de se ver e - sim, falando novamente -, a irmã de Jesus é a que, sem dúvidas, mais cresceu na série. Toda a saga para comprar um carro, apesar de ser algo despretensioso, foi bem interessante de acompanhar. Gosto muito das duas juntas. 


Como nem tudo são flores, estava bem nítido que uma hora ou outra Callie descobriria o caso de sua irmã com o ex-namorado. Apesar da reação ter sido bem esquisita - uma vez que ela supostamente havia superado o término - o modo com que recebeu a notícia foi um tanto exagerado. De qualquer forma, era esperado que isso acontecesse. Acredito que elas vão superar isso o mais rápido possível. Tomara, pois precisamos dessa amizade de volta.

A terapia de casal das mamães Foster não foi um ponto muito forte do episódio, mas deixou um cliffhanger bem interessante para semana que vem. A lista solicitada pela terapeuta ainda vai render muitas discussões entre as duas. Outra coisa que me chamou a atenção foi como Lena se viu na situação de Mariana, chegando à conclusão de que seria melhor que Callie não soubesse para evitar o sofrimento. Devem explorar esse plot da summer finale, mas já acho que estão enrolando demais com isso. Seis episódios e nada! É esperar pra ver.


Num contexto geral a festa de Callie foi bem interessante, com direito a Girls United , Rita e os demais amigos da nossa garota problemática. O ambiente serviu para esquentar os ânimos e movimentar alguns plots esquecidos, como o da desconfiança de Brandon e o da separação dos Quinn. Por falar neles, adorei a parceria de Sophia e Brandon. Confesso que cheguei a imaginá-los como um casal, mas espero que isso seja coisa da minha cabeça. A briga de A.J e Brandon só serviu para colocar o filho de Mike e Stef numa situação ainda mais complicada, mas seus motivos são compreensíveis. A conversa em que A.J revela para seu pai adotivo que tem mantido contato com seu irmão foi muito boa. A relação deles está bem "fofa" de se acompanhar.

Brigas à parte, tivemos um final feliz com Jude relembrando sua irmã da doce criança que costumava ser. O gancho para o próximo episódio ficou por conta do beijo - que eu não queria que acontecesse - de A.J e Callie. Stef viu. E agora?

P.S.: Quem é que rejeita um carro do pai? Seje menas, minha filha.

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO

Reações:

Sobre o Autor

 
Top