Comentários
W.H. Pimentel W.H. Pimentel Author
Title: [REVIEW] ORANGE IS THE NEW BLACK - S03E03 - EMPHATY IS A BONER KILLER
Author: W.H. Pimentel
Rating 5 of 5 Des:
Eu não desejaria isso para ela. Eu não desejaria isso para ninguém. Depois de um bom tempo sem reviews  de Orange, voltei à ativa e c...
Eu não desejaria isso para ela. Eu não desejaria isso para ninguém.

Depois de um bom tempo sem reviews de Orange, voltei à ativa e continuarei com reviews separadas ao invés de um conjunto de episódios. Segue comigo!

"Emphaty is a Bonner Killer" foi, até agora, o melhor episódio da terceira temporada de longe. Depois da calmaria de "Mother's Day" e da comédia de "Bed Bugs and Beyond", finalmente tivemos um episódio estilo Orange de ser, mostrando um flashback importante para a trama central do episódio e tendo uma carga dramática maior que os demais.


Logo após a sua cena de te(n)são do episódio 02, Alex e Piper estrelaram suas participações neste como cosplays de Cinquenta Tons de Cinza. As duas combinaram raiva e paixão de uma maneira que eu raramente enxergo em seriados e isso acabou funcionando para as duas, que mal apareceram até agora. No entanto, por mais que eu tenha gostado do boom que isso tenha causado às duas, prefiro que esse mimimi raivoso seja esquecido e arrumem algo decente para elas, afinal, precisamos de Piper e Alex fazendo algo que preste ao menos uma vez na vida, não é mesmo?

Bennett fugiu para as colinas (ao menos é o que deu a entender) e ninguém parece saber qual é o seu paradeiro. Também não sei ao certo se deram um fim no personagem por conta das gravações de How to Get Away With Murder, mas é bom acrescentar que eu espero mais uma aparição dele até o final da temporada, pois tenho a sensação de que Daya irá ter o bebê ou no episódio 12 ou no 13. De uma maneira ou de outra, dada a chatice que ele estava nessa temporada, dificilmente eu sentirei falta de sua presença em Litchfield.

Falando em Litchfield, apenas neste episódio eu consegui reparar o quão tonto o Caputo realmente é. A vida inteira ele almejava o trabalho da Natalie e estava sempre tentando ser melhor que ela em tudo e resolver as coisas sozinho, mas em nenhum momento ele procurou saber COMO que as coisas realmente funcionavam e o lugar logo começou a morgar de vez. Bastou um dia no poder para ter uma detenta morta e uma fugitiva, além de uma briga interna das detentas (eventos da 2ª temporada) e não bastou algumas semanas para tudo conseguir piorar. Houve infestação de insetos, crianças desaparecidas, problemas financeiros e redução de pessoal dentro do mandato do Caputo. Achei muito bem feito que ele teve que recorrer à Natalie por ajuda e ainda assim é um caso complicado para ele. Litchfield está indo por água abaixo e não há muita coisa que se possa fazer para impedir que isso aconteça, o máximo, talvez, será atrasar esse fim.


Red e Healy tiveram mais uma cena fofinha mostrando a sua amizade meio inusitada, nada muito fora do comum entre os dois. Porém, tenho uma leve impressão de que um dos dois aprontará para o lado do outro e isso tudo terminará em uma briga bem feia.

Os flashbacks desse episódio focaram em Nicky e sua vida como uma jovem viciada e revoltada com a vida por nunca ter uma mãe presente - embora essa fosse bastante rica - e mais uma vez, a sua natureza masoquista acabou colocando-a em maus lençóis. Não só fora de Litchfield, como também em seus interiores, já que ela nunca conseguiu - mesmo com a ajuda de Red - largar totalmente o seu vício por heroína. Houve um tempo em que a morte de Tricia deixou todos meio impactados, mas certamente não foi o suficiente para Nicky e tivemos que ver a sua cena de transferência. Nunca confiei no Luschek e desconfiei desde o princípio que ele faria algo para derrubar a Nicky e manter o próprio emprego, e não demorou muito a isso acontecer.


Espero do fundo do meu coração que essa não seja a última vez que vemos Natasha Lyonne em Orange is the New Black. Ainda há muita estrada a ser percorrida pela Nicky Nichols e a atriz merece bem mais espaço do que ele teve na série inteira. Embora ela seja uma personagem querida, tenho um medo que esse realmente tenha sido o seu fim, afinal, nós nunca mais vimos - ou ouvimos falar - da Sra. Claudette, a primeira companheira de quarto da Piper, não é? Deixem aqui nos comentários o que vocês acharam do episódio e da despedida da Nicky da série, não esqueçam de divulgar a review para os amigos que também veem Orange e acompanhar as postagens aqui do DDS. Até mais!
Reações:

Sobre o Autor

 
Top