Comentários
Dana Rodrigues Dana Rodrigues Author
Title: [C.NERD] RESENHA - O LADO FEIO DO AMOR
Author: Dana Rodrigues
Rating 5 of 5 Des:
Quando Tate Collins se muda para o apartamento de seu irmão, Corbin, a fim de se dedicar ao mestrado em enfermagem, não imaginava c...





Quando Tate Collins se muda para o apartamento de seu irmão, Corbin, a fim de se dedicar ao mestrado em enfermagem, não imaginava conhecer o lado feio do amor. Um relacionamento onde companheirismo e cumplicidade não são prioridades. E o sexo parece ser o único objetivo. Mas Miles Archer, piloto de avião, vizinho e melhor amigo de Corbin, sabe ser persuasivo... apesar da armadura emocional que usa para esconder um passado de dor.O que Miles e Tate sentem não é amor à primeira vista, mas uma atração incontrolável. Em pouco tempo não conseguem mais resistir e se entregam ao desejo. O rapaz impõe duas regras: sem perguntas sobre o passado e sem esperanças para o futuro. Será um relacionamento casual. Eles têm a sintonia perfeita. Tate prometeu não se apaixonar. Mas vai descobrir que nenhuma regra é capaz de controlar o amor e o desejo.



Fazer resenhas de livros da Colleen Hoover e dizer que amei é bem clichê, né? Apesar deste ser apenas o terceiro livro dela que li (estou adiando a leitura para não terminar e "gastar" logo), já posso dizer que é uma das minhas autoras favoritas. Adoro o jeito da escrita dela, acho que ela consegue muito bem expressar as emoções dos personagens (acho que até falei isso quando escrevi sobre "Métrica" e "Pausa").

"Ugly Love" ou "O Lado Feio do Amor", foi lançado este ano pela editora Galera Record. Na verdade, eu tinha começado a lê-lo no Kindle antes de ser lançado, mas algumas coisas aconteceram e não tive tempo - nem coragem- de terminar de ler. Nada a ver com o livro em si, mas comigo mesma.

Depois que teve uma super promoção na Amazon, decidi, como fã assumida que sou, adquirir o livro físico, pois quero ter o prazer de ter todos os livros dela em minha estante. Agora que tive um tempinho e aquela vontade voltou, comecei a ler novamente e em menos de um dia terminei.

"Não me pergunte sobre meu passado e não espere um futuro". Essas são as duas regras do piloto Miles Archer. Tate Collins conhece e logo se atrai pelo piloto maravilhoso amigo de seu irmão. Miles se sente atraído após seis anos sem ficar com ninguém. Por causa dessas regras já dá pra saber onde essa história vai parar...

Apesar de não simpatizar com algumas atitudes da Tate, de aceitar tudo o que Miles fez, mesmo sabendo que a estava magoando e humilhando, eu consigo muito bem entender o lado dela. Acho que ela, no final das contas, viveu o lado feio do amor, assim como Miles. Não na mesma intensidade, mas sentiu também muita dor infligida por ele, meio que propositalmente, de forma um pouco egoísta e ao mesmo tempo afetuosa (vai entender...). Ela tentou não amá-lo, viu que não era possível e tentou se contentar ao que ele podia oferecer. Sabe, falando assim a pessoa pensa que ela deveria apenas desistir, mas acho que só sabe o quão isso é difícil quem realmente está sentindo. E isso, acredito que eu como leitora passei a sentir enquanto estava dentro da história. 

Mesmo com todo o passado doloroso e ainda presente, ao mesmo tempo com suas atitudes carinhosas, eu fiquei com o nariz torto por Miles. Na verdade, houveram momentos que o amei e que o odiei assim como Tate. Acho que passei a gostar mais dele quando ele narrou a história no tempo presente, embora tenha achado importante ele ter narrado o passado, pois mostra o porquê de diversas atitudes dele (apesar de não concordar com 99% delas). No final das contas, passei a amar o personagem, principalmente nas partes finais e no epílogo. Já quero saber onde clica para mandar um desses pra mim (se souber me avisa nos comentários. Obrigada).

A história não é tão complexa assim, o livro e a escrita fluem muito fácil e é mais fácil ainda se apaixonar por Miles, Tate, Cap, Corbin, Ian e Rachel (menos Dillon porque ninguém gosta de Dillon).

Achei muito interessante a forma de escrita do livro, mostrando toda a história de Miles anterior à Tate e toda a parte de Tate no presente sob sua perspectiva de Miles. Não esperava que o que tinha acontecido com ele tinha sido tão triste e drástico e estava me perguntando o que a capa tinha a ver com a história. O fato de Tate virar líquido quando lidava com Miles era uma explicação, mas nada supera a parte trágica da história de Miles que realmente tem a ver com a capa.

Eu sei que sou suspeita para falar da Colleen, mas acho que vale muito à pena ler esse livro. Principalmente quem gosta de romance com uma pitada hot sem ser vulgar e tão explícita. Sim, Miles é maravilhoso (entendo Tate se derreter toda, vai...). São apenas 336 páginas, não custa nada...

Uma crítica que tenho a fazer do livro é a impressão em folhas brancas e falha em algumas vezes. Mas como isso não influencia em NADA na história, é só para deixar registrado mesmo hahhaa

P.S: morro de rir com a Tate! Nossa, me sinto igualzinha à ela em algumas situações hahaha E sinto que também é alguma das coisas que faria hahaha me senti falando comigo mesma!

P.S 2: Já pode morrer sim com esse Teaser  (acho que virará um filme...OREMOS). Não foi esse Miles que imaginei, mas SERVE E MUITO! hahahahaha Ah, e não tem nada a ver com 50 tons...





AUTOR: Colleen Hoover
NÚMERO DE PÁGINAS: 336
EDITORA: Galera Record

LANÇAMENTO: 2015

ONDE COMPRAR: Clique aqui.
Reações:

Sobre o Autor

 
Top