Comentários
Rhayller Peixoto Rhayller Peixoto Author
Title: [REVIEW] THE FOSTERS – S03E09/10 – IDYLLWILD/LUCKY [SUMMER FINALE]
Author: Rhayller Peixoto
Rating 5 of 5 Des:
Diferente do que venho fazendo nas reviews duplas, comentando episódio por episódio, essa será um misto dos acontecimentos dos dois ú...

Diferente do que venho fazendo nas reviews duplas, comentando episódio por episódio, essa será um misto dos acontecimentos dos dois últimos, levando em conta de há uma continuação (e por que não dizer consequência?) dos acontecimentos. 

É certo dizer que essa primeira parte da temporada foi boa? Sim, mas existem certas ressalvas e uma delas foi a demora em Lena contar sobre o beijo. A narrativa das duas só não ficou arrastada por causa dos plots envolvendo as crianças e a frieza de Stef nessa perseguição desenfreada pelo motorista. No entanto, podemos dizer que nove é um número considerável de episódios para se revelar um segredo desse tipo. Por mais que houvesse um clima no chalé,e  que Monte tenha terminado o relacionamento por causa de sentimentos, não houve nada demais e isso é inegável. Mesmo assim, o roteiro deveria dar mais uns episódios para que Stef ao menos se acostumasse com a ideia e ir construindo essa segurança do lado da esposa. Seria bem melhor do que a velha história de esconder porque não significou nada. Felizmente tivemos uma discussão muito bem articulada em que nada foi deixado de lado, principalmente a assistência que Lena tinha da parte de sua colega de trabalho. Stef precisava escutar isso tanto quanto queríamos que sua companheira admitisse: Monte preenchia um espaço que Lena vinha pedido para ser ocupado há um bom tempo. Tivemos um final feliz para o casal, com direito a reunião familiar. Por falar nisso, fico feliz do incidente ter sido resolvido entre os Adams.

Brallie surgiu como quem não queria nada e de repente lá estavam eles, mais uma vez entregues ao sentimento. Não é novidade que torço para que o casal fique junto mesmo com todos os problemas que sabemos, mas esse final foi, no mínimo, bombástico. Interessante que as coisas acontecem quando eles ligam o "e daí, ela não vai ser adotada mesmo?" e logo depois Callie faz um discurso maravilhoso e consegue sua - tão sonhada - adoção. O que o futuro reserva para o casal nós saberemos na volta.

O fim do drama Carmem e Rita também foi muito bom. Melhor ainda foi a conversa que as duas tiveram logo depois, com a "protetora" falando que apesar de agradecida, não gostou do que havia escutado na gravação.

Também tivemos outras cenas excelentes como a apresentação de Brandon - único plot da escola de música que realmente valeu a pena, diga-se de passagem. Já era hora de B apostar em seu dom como músico e fiquei feliz que mostraram isso. As conversas entre Mariana e Mat com direito a revelações da parte dos dois, essas que culminaram no fim do relacionamento de uma vez por todas. 


Com todas essas mudanças, incluindo a adoção de A.J, temo que a próxima parte da temporada venha com um destaque ainda maior no rapaz, levando em conta de que Ty está envolvido no acidente. Mundo pequeno esse, não? 

É com um certo pesar que escrevo esta parte da review porque é hora de falar de Jonnor. A mudança de Connor para L.A me pegou totalmente de surpresa e a única coisa que consigo pensar é em como isso vai se dar (personagens e elenco) já que eles são o casal mais popular da série. Só sei que fiquei muito triste com o desfecho e estou esperando que isso não seja para sempre. 


PS: O novo Jesus finalmente apareceu e acho que pra ficar. Agora é esperar pra ver como o ator vai se adaptar no personagem.

PS²: Tragam a Emma de volta, por favor.
Reações:

Sobre o Autor

 
Top