Comentários
Dana Rodrigues Dana Rodrigues Author
Title: [PRIMEIRAS IMRESSÕES]: THE PLAYER
Author: Dana Rodrigues
Rating 5 of 5 Des:
É, eu sei, série da NBC... Eu resolvi assistir esse piloto por causa do Philip Winchester de Strike Back (não, não foi necessariamente...

É, eu sei, série da NBC...
Eu resolvi assistir esse piloto por causa do Philip Winchester de Strike Back (não, não foi necessariamente pelo Wesley Snipes, apesar de gostar muito do ator), já que a série terminou e deixou um vácuo enorme para as outras séries do gênero preencher.

Não vou narrar o episódio, vou apenas comentar alguns aspectos que achei interessantes e outros que achei que não ficaram legais num contexto atual.

Comecemos pelo personagem principal, Alex Kane. O cara é ex-FBI, top da classe, já cumpriu missões super secretas e trabalha com segurança privada. Ele é daqueles que fazem algumas coisas que julgamos impossíveis, tipo pular de um prédio segurando uma corda, se jogar do alto junto com uma motocicleta e bater na cabeça de um cara com uma garrafa de vinho caro (para quê desperdiçar, né?). Alex acaba se envolvendo em um sequestro da filha de uma autoridade e acaba descobrindo esse jogo comandado pelo personagem de Wesley Snipes.


Mr. Johnson ("The Boss") comanda um jogo no qual ele consegue prever um crime antes de acontecer através do uso de equipamentos hi-tech. Calma, prever crimes? Como assim? Com a natureza humana? Isso sinceramente não me convenceu...Eu sei que o background da série é sobre isso, mas no contexto atual, não acredito que isso seja possível, mesmo com toda tecnologia e conhecimento da mente humana (acho que ainda é limitado, pois somos cheios dos mistérios). Talvez isso seria mais plausível se a série fosse ambientada num futuro. Assim ficaria mais fácil de acreditar em todo esse esquema. Achei também muito bizarra a justificativa da existência dos apostadores (o que seria um jogo sem os apostadores?). Pessoas bilionárias apostando dinheiro no desfecho final do crime, pois assim saciariam suas "vontades e desejos" de forma que não influenciariam o mundo real com seu poder...OK, meio estranho isso, não? 

Então isso quer dizer que achei que a série é ruim? Não, ela não é ruim. Entretanto, achei que é muito rasa na questão de um enredo plausível, sabe? Ficou faltando história (mesmo que o final tenha me deixado curiosa para saber o que realmente aconteceu), algo que realmente fizesse o telespectador acreditar de verdade.

Uma coisa que achei interessante nesse piloto foram as cenas de ação. Para um canal como a NBC (não é Cinemax nem HBO para mostrar sangue e tripas pra fora), gostei bastante das perseguições, cenas de luta e tiros. Isso supriu um pouco a falta de um enredo envolvente.


Outro fato que não me agrada é que a tendência é que essa série seja um procedural (casos da semana) e consequentemente "mais do mesmo". Não sei o porquê dessa tendência em insistir nesse formato de série que para mim já está obsoleto, mas aparentemente os americanos adoram...

Enfim, acho que "The Player" é uma série boa de se assistir, mas com essa história rasa, esse background meio tosco e a questão de ter casos da semana me fazem acreditar que ela não terá um futuro longo na NBC (porque é NBC dã) e nem na minha grade (infelizmente, pois gosto muito do ator principal).

Para quem é fã de Strike Back e sente saudades dos atores principais é só ver essa série e "Blindspot", que tem o Sullivan como ator principal.

Seria o máximo a NBC juntar os dois novamente, né? Tá, parei de puxar o saco de Strike Back.

E aí, quem já viu "The Player"? Concorda comigo? O que acharam??

Reações:

Sobre o Autor

 
Top