Comentários
Leandro Cardoso da Cruz Leandro Cardoso da Cruz Author
Title: [REVIEW] FEAR THE WALKING DEAD - S01E04 - NOT FADE WAY
Author: Leandro Cardoso da Cruz
Rating 5 of 5 Des:
"Eles fazem o mal, devido ao medo" 9 dias se passaram desde os acontecimentos do último episódio e alguns pontos importantes pa...
"Eles fazem o mal, devido ao medo"

9 dias se passaram desde os acontecimentos do último episódio e alguns pontos importantes para a trama foram definidos. Os produtores resolveram nos poupar de acompanhar a história no dia-a-dia e, neste caso, de como o exército foi cuidando do problema. Mas as indicações estão ali, dosadas, de uma maneira interessante.


Logo de cara podemos notar que alguns se adaptaram melhor que os outros a ocupação. Enquanto Travis e Nick parecem aceitar a situação (depois veremos o porque da tranquilidade de Nick), Madison e Chris são os exemplos dos insatisfeitos, assim como diversos moradores.


É interessante apontar, como sempre, a diferença entre Fear e TWD. Se na produção mais antiga sempre acompanhamos a história no meio da luta pela sobrevivência, aqui em Fear temos a visão de pessoas que só querem que tudo se resolva, de preferência sem ter que tomar atitudes drásticas. É mais fácil esperar que o exército resolva tudo, ao invés de você desbravar um mar de zumbis não é?

O otimismo causado pela chegada dos militares tem seus fundamentos. Agora que o exército chegou tudo ira se resolver em questão de dias e todos estarão felizes não é? Acho que não. O rígido toque de recolher, a demora para restabelecer os telefones e a ausência de respostas são regras.


É aí que o episódio mais lento até aqui começa a se desenvolver. Madison fica intrigada com as suspeitas de Chris sobre sobreviventes fora do perímetro e saí para investigar e o que descobre não é nada animador. Parece que os militares estão garantindo que a "doença" não se espalhe eliminando pessoas saudáveis, ou com o menor risco de infecção. Será? Bem, a resposta vem a seguir.

Travis vai falar com seu vizinho que estava um tanto quanto alterado, e ele some depois de tentar fugir. Depois a Dra. Exmer começa então a levar as pessoas doentes para uma suposta instalação médica para tratamento, entre eles Nick e Griselda Salazar.


Agora vamos por partes. Primeiro Nick. Lembra que eu disse que ele estava tranquilo? Então, ele estava se aproveitando da morfina de seu vizinho doente. Quando o vizinho é levado embora ele começa a dar sinais de abstinência (de novo). Pra mim pareceu cedo para trazer o plot de volta. Entretanto teremos assim um ponto de vista forte na instalação médica. 

Segundo, por que isso de livrar dos problemáticos? Simples, como disse Morris, a ideia é manter todos na linha dentro da área segura. Você se livra de quem pode prejudicar a harmonia e ainda deixa os restantes sabendo que podem ser eles os próximos. Além de estar com seus familiares. Claro, muitos vão pensar que é só um hospital, já outros (Salazar) vão entender o que está acontecendo.

O fim do episódio, com Travis vendo e ouvindo os tiros na casa fora da cerca, leva a crer que os personagens principais tentarão algo para entender o que está acontecendo. Fica a espera.

Fique a seguir com a promo do próximo episódio!

Reações:

Sobre o Autor

 
Top