Comentários
Leandro Cardoso da Cruz Leandro Cardoso da Cruz Author
Title: [REVIEW] FEAR THE WALKING DEAD - S01E05: COBALT
Author: Leandro Cardoso da Cruz
Rating 5 of 5 Des:
"Um deslize, um 'e se...' e vamos descobrir o sabor dos vizinhos." E chegamos ao penúltimo episódio da tempora...


"Um deslize, um 'e se...' e vamos descobrir o sabor dos vizinhos."

E chegamos ao penúltimo episódio da temporada de Fear the Walking Dead. E posso dizer até aqui que essa série está indo muito bem no que se refere às minhas expectativas. A história tem se apresentado de maneira devagar (como prometido), porém na medida certa. Ela não se arrasta, mas também não fica corrido demais, está perfeito. Além disso tem bons personagens, não todos, mas alguns que tem feito bem seu papel. A série, como tenho dito aqui, não é sobre vencer o apocalipse zumbi, mas sim sobre sobreviver e, principalmente, sobre as relações humanas. E isso Fear tem feito bem até aqui.

Vamos então ao episódio em si. Ele teve cerca de 4 plots durante seus quase 45 minutos, 3 deles muito importantes para compreender a série e 1 meio dispensável, mas compreensível.


Comecemos pelo mais fraco. A relação (até então quase inexistente) entre Alicia e Chris foi abordada em alguns momentos do episódio. O que fica pra mim desse tópico foi a conversa deles sobre os donos da rica mansão. Esse lance sempre comum de que você pode acumular muito, mas no fim, o que fica? Por fim a sessão quebradeira serviu para extravasar um pouco, são jovens, vivenciando o fim de um mundo que eles nunca pensaram que podia acabar. Só acho que essa questão tinha que ter sido mais abordada antes, pra ser possível dar mais valor a isso.


Já a história do Travis levou a pontos que terão repercussões. Ao confrontar o Tenente Moyers, ele é levado a acompanha-los em uma ida ao centro da cidade. Notar como os militares estavam lidando com a situação é interessante. Enquanto alguns mantinham tudo na esportiva, outros estavam muito incomodados. Já Travis seguia perdido nesse mundo. O professor não sabe o que fazer para tomar as rédeas da situação e sobreviver.


Enquanto isso Salazar fazia o que achava que era certo para descobrir mais sobre o paradeiro de Griselda e Nick. A maneira com que ele fez Ofelia ajuda-lo foi inteligente, mesmo que no fim ela tenha entendido o que houve. A tortura foi necessária? Acho que sim. Serviu para compreender mais desse personagem, além do que, ao fim, o soldado tinha mais informações para contar sobre Cobalt



Por fim, no núcleo médico da série...quem diabos é esse estranho? Ele atormentou Douglas até o colapso (o que, lembrando da situação dele no episódio passado, não era difícil) e depois ajudou Nick, para ter sua ajuda depois. Ficou confuso? Pois é, parece que temos mais uma pessoa nessa série que sabe o que está acontecendo e que sabe que tem que sobreviver de alguma forma (a outra, é claro, é o Sr. Salazar).

Já Liza começa a compreender o que está havendo com as pessoas. Pra mim ela é aquela personagem que toda série tem, que serve pra explicar detalhes mais sutis da trama para os espectadores.

Antes da revelação do que era Cobalt eu já tava pensando que esse pessoal não ia durar muito tempo, confinados e tal. Agora se revela o objetivo final. A base de Los Angeles será evacuada e pessoas comuns pagarão por isso. É a demonstração que governos, forças armadas e até mesmo os civis não estão preparados para grandes crises, no fim é o clássico 'salve-se quem puder'.

Abaixo temos a promo do último episódio da temporada, VEM FINALE!

Reações:

Sobre o Autor

 
Top