Comentários
Mariana Munhoz Mariana Munhoz Author
Title: [REVIEW] GOTHAM - S02E02: RISE OF THE VILLAINS, KNOCK KNOCK
Author: Mariana Munhoz
Rating 5 of 5 Des:
ATENÇÃO: CONTÉM SPOILERS A season premiere da semana passada movimentou a série para melhor. Bruce descobre a “caverna” secreta de ...

ATENÇÃO: CONTÉM SPOILERS

A season premiere da semana passada movimentou a série para melhor. Bruce descobre a “caverna” secreta de seu pai, Gordon foi tanto demitido quanto reintegrado a GCPD, o mais novo vilão do pedaço Theo Galavan libertou vários internos de Arkham e Sarah Essen é admitida como a nova comissária da GCDP, graças ao pinguim, um novo dia chega à Gotham (ou assim esperamos).

As coisas ficaram realmente violentas essa semana em Gotham. Como diria nossa querida Valesca da bunda grande: Só tiro, porrada e bomba. Assim como a cena da cabeça decapitada no episódio anterior, “Knock, Knock” nos agraciou com um punhado de pessoas sendo arremessadas de um prédio, um ônibus cheio de cheerleaders quase sendo queimadas vivas (mais alguém fez a ligação com Dark Knight?), e um massacre na GCPD.

Uma das minhas queixas sobre a última temporada foi a de que havia essa necessidade constante de incluir todos os personagens no mesmo episódio. E para a minha satisfação a segunda temporada vem tentando corrigir isso. O Pinguim, que não era necessario essa semana, foi economizado dando espaço para a história central, que nesse caso envolvia o personagem de Jerome.

Ainda é incerto o destino de Jerome e Barbara...  Eu, particularmente, já os tenho como a dupla Coringa e Harley Quinn, mas nada com relação a seus futuros codinomes foram confirmados ainda e o fato de já sabermos o nome completo de Jerome é um grande indicador de que ele provavelmente não será o Coringa.




Mas o espírito do personagem certamente se faz presente na atuação de Cameron Monaghan. Ele realmente parece conseguir canalizar ótimas interpretações de Coringas legendários como Mark Hamil e Heath Ledger.

E quem teve a oportunidade de acompanhar o desenvolvimento de Ian, personagem da série Shameless US,  sabe sobre o incrivel talento de Monaghan para fazer personagens instáveis.

Mas enquanto a situação de Ian era de partir o coração, a de Jerome é insanidade total! Jerome Valeska, o menino que cresceu no circo e nasceu para desempenhar um papel muito importante nesse show de horrores que se encontra a cidade de Gotham.

A cena do massacre na GCPD esconde um tipo perigoso de inteligência da parte de Jerome. Um jovem brilhante que poderia ser o que quisesse mas que infelizmente para Gotham, ele opta por ser um assassino cruel.




Mais uma prova de que o episódio de ontem foi frio e impiedoso é a morte de Essen, que apesar previsivel, foi bastante triste de assistir. E sim, o massacre da GCPD foi grande o suficiente para convencer Harvey, de voltar ao serviço.

Na minha opinião o único ponto fraco do episódio foi a Barbara, ela, que parecia tão interessante no primeiro episódio acabou perdendo o brilho. Talvez por não ter tido muitas cenas de ação, como os outros integrantes do Maniax. Espero que desenvolvam melhor a importância dela no grupo mais pra frente. 



E mais uma vez Gotham mostra sua fraqueza com relação as suas subtramas. Alfred quebra o computador do pai de Bruce na tentativa de proteger seu patrão dos possíveis segredos ali escondidos. Bruce chateado com o mordomo o despede, mas não muito depois o readmite. Perdendo assim a chance de desenvolver toda uma nova relação para os dois além do universo de Batman.

Em vez disso, eles se reconciliam tão rapidamente quanto se separam e ficamos agora na espera de que o personagem de Lucius Fox não tenha  este mesmo fim.

Pelo que eu andei lendo ali pelo quarto episódio será introduzido o personagem do Capitão Nathaniel Barns, interpretado por Michael Chiklis, um policial que chega a cidade com os mesmos objetivos de Gordon, limpar as ruas de Gotham.


PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO:
Reações:

Sobre o Autor

 
Top