Comentários
Janaína Rosa da Silva Ferraz Janaína Rosa da Silva Ferraz Author
Title: [REVIEW] SCANDAL - S05E01: HEAVY IS THE HEAD [SEASON PREMIERE]
Author: Janaína Rosa da Silva Ferraz
Rating 5 of 5 Des:
Essa temporada começa bem ao trazer um primeiro episódio de resolução de caso. Apesar de ser possível desconfiar, já nos primeiros minu...

Essa temporada começa bem ao trazer um primeiro episódio de resolução de caso. Apesar de ser possível desconfiar, já nos primeiros minutos, qual seria a reviravolta. Quando a série caminha nesse sentido é mais interessante. 

Um conto de fadas da vida real. Uma jovem americana comum se apaixona por um príncipe, se casa e tem um final feliz como uma princesa mundialmente conhecida. Até o dia em que não tem mais. Se fosse só um final feliz, não haveria episódio. E nós gostamos de intrigas, certo seriadores? Somos então apresentados a família real da Caledonia: a rainha Isabel, seu herdeiro e futuro rei, Richard (alguém mais reconheceu o ator pelo papel de Adam em Being Erica e pirou por alguns segundos?), e sua amada Emily. Uma festa luxuosa é dada, pelo presidente, em homenagem ao casamento. 

Logo no início do episódio temos o Liberty Report, apresentado pela Sally. Seus discursos sobre honra, virtude e a falta de moralidade da administração da Casa Branca me fazem rir. 

Fazendo referência direta à vida da princesa Diana ou Lady Di, temos a morte da princesa americana em um acidente de carro enquanto passava por um túnel. A frenesi dos paparazzi em torno do corpo da jovem, a fim de conseguir fotos, é um retrato da atual mídia sensacionalista. Por que isso vende? Porque o público compra. Lei de oferta e procura em sua essência. 

Olivia Pope é chamada para impedir o vazamento das fotos da tragédia. Assim, o caso começa a se desenrolar e surgem outras perguntas. Foi mesmo um acidente? Quem teria motivo para matar uma princesa amada? 


Já sobre as perguntas feitas na season finale, aos poucos, também temos respostas. Cyrus não contatou ninguém, nem mesmo Olivia Pope, desde sua demissão. Quando Mellie vai pedir sua ajuda, vemos um Cyrus, aparentemente, derrotado, de cabelo desgrenhado. Apesar disso, aposto que ele está ensaiando uma volta triunfal. Sua ausência no desenrolar do episódio é significativa, falta alguém junto ao presidente. Mellie, por sua vez, continua afastada do presidente e precisa lidar com a ameaça do marido, disposto à destruição mútua, se necessário, para conseguir o divórcio.

Fitz continua em sua pose de moralista e correto, como se o erro cometido por Mellie fosse imperdoável e digno de constantes recriminações. Enquanto que deixar um assassinato impune em troca da construção de mais uma base naval não é problema, pois ele "tem um país para governar", como repete constantemente. Mostrando mais uma vez a influência que tem sob o presidente, Olivia o convence a participar da cerimônia de posse de Mellie como senadora. Aqui temos uma boa cena, na qual ele é convidado a se colocar no lugar da esposa em relação a todas as vezes que ela participou de eventos e apoiou o marido, até mesmo quando não queria.

Queen obviamente não matou Huck, mas, pelo jeito, o baniu da sua vida e do trabalho com os gladiadores. Ele faz da casa de Olivia seu refúgio. Quem também se derreteu quando ele respondeu que sim, estava machucado por dentro? Seu lado obscuro parece ter vindo à superfície novamente. E Jake é o escolhido para ajudá-lo a controlar este impulso de violência, que agora tem até nome, guy. Eu gosto muito do casal Huck e Queen, a química entre eles é sensacional, espero que não seja o fim para eles.

Fiquei ansiosa com o cliffhanger para o próximo episódio. Finalmente a verdadeira natureza do relacionamento entre Olivia e o presidente vem à tona, e, dessa vez, não tem como o público acreditar em qualquer desculpa. Será que Pope será capaz de dizer it's handled? Mellie, por outro lado, terá uma oportunidade de usar isso a seu favor. Ficamos na torcida.

Olivia percebe a semelhança entre ela e a princesa ao estarem com homens extremamente poderosos e influentes. Afinal, depois que sua vida é exposta ao mundo, deixa-se de ser alguém real, com sentimentos, e resta apenas um personagem de espetáculos. E como ela mesmo explica a um Fiz impaciente, se o casal não consegue chegar a um acordo quando não precisa lidar com a opinião pública sabendo sobre a relação dele, imagine quando tiver que lidar. Parece que nos próximos episódios todos nós teremos saberemos a resposta para este determinado "se".  

PS1: Pobre Abby. Bombardeada pela imprensa após dar informações erradas e com uma amiga que esconde as coisas dela. 
PS2: Precisamos urgente de mais associados já que Huck está, de certa forma, suspenso. 
PS3: Adorei a rainha ouvindo que nem sempre contos de fadas têm finais felizes, mas as rainhas más sempre caem. 
PS4: Acredito que Cyrus está envolvido com o envio das fotos para Sally.

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO

Reações:

Sobre o Autor

 
Top