Comentários
Carolina Carli Carolina Carli Author
Title: [REVIEW] CHICAGO PD - S03E04: DEBTS OF THE PAST
Author: Carolina Carli
Rating 5 of 5 Des:
Quando os fantasmas do passado voltam para te assombrar! Que começo de temporada espetacular Chicago PD vem apresentando. Pela prom...

Quando os fantasmas do passado voltam para te assombrar!

Que começo de temporada espetacular Chicago PD vem apresentando. Pela promo, já dava para perceber que teríamos um bom episódio, afinal, o Voight estava possesso de raiva e ia mover céus e terras para encontrar James Beckett. Mas, a verdade é que superou as expectativas. A construção do caso, a introdução dos policias antigos que trabalharam na operação que prendeu o Beckett, as reviravoltas, tudo estava na dose certa. Esse episódio com certeza se configura na lista dos melhores de PD.

A melhor coisa desse episódio foi o inesperado, a surpresa, a carta na manga. O famoso plot twist. Todos os fatos levavam a crer que um dos policiais do grupo do Voight havia passado a mão no montante de um milhão de dólares, dinheiro encontrado na casa do Beckett quando ele foi preso. O tempo ia passando, outros carros iam explodindo e a dúvida que a série levantou era: Voight, Alvin ou Schultz? Quem tinha roubado esse dinheiro?

Para evitar ser previsível, eis que PD nos apresenta a Whitcomb, um dos comparsas de Beckett. O desenvolvimento do caso desse ponto, até o momento do encontro de Beckett com Whitcomb, é muito satisfatório. Aqui, só faltou uma preparação maior da polícia para armar uma emboscada. Sim, no final deu tudo certo, mas foi por pouco que o James não conseguiu escapar.

A opção por explorar uma tensão entre Alvin e Voight foi certa. Voight não ia se importar se fosse o amigo que tivesse roubado o dinheiro. Por outro lado, Alvin pareceu muito ofendido com a pergunta do amigo de longa data. No final os dois se resolveram, mas seria interessante se prolongassem essa questão por mais tempo.

Ainda sobre o Olinsky, o plot da sua filha começa a dar passos mais largos. A aproximação que ambos tiveram nesse episódio foi singela, sem forçar a barra.

Já no núcleo dos casais, parece que vem problema pra Burzek. Eu sei que tudo numa série precisa de movimento, mas sempre quando o assunto é casal, a fórmula não muda. Brigam, se afastam, e depois voltam. Não dá para quebrar essa receita manjada e inovar? Seria interessante ver um plot diferente e empolgante para os pombinhos.

PS: Atwater continua sem uma história envolvente e sinceramente, se continuar assim, já sabemos quem é que vai morrer no decorrer da temporada.

PS: Mouse super querido com toda aquela tecnologia. Não compro muito essa ideia de que “não é a nossa cara”. É uma ferramenta que facilitaria muito o trabalho dos detetives.

E vocês, o que acharam do episódio? 

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO 
Reações:

Sobre o Autor

 
Top