Comentários
Lara Séphora Lara Séphora Author
Title: [REVIEW] HOW TO GET AWAY WITH MURDER - S02E04: SKANKS GET SHANKED
Author: Lara Séphora
Rating 5 of 5 Des:
O episódio da semana foi uma decepção que eu prefiro esquecer. "I'm not the woman you think I am" , ela disse para a espo...

O episódio da semana foi uma decepção que eu prefiro esquecer."I'm not the woman you think I am", ela disse para a esposa moribunda, e eu tive que me perguntar que tipo de mulher ela realmente é.

Toda semana eu celebro a autonomia da Annalise, sua falta de escrúpulo, sua sobreposição as adversidades sem jamais perder a preciosa humanidade que a torna uma personagem tão complexa e real. É esse discernimento entre certo e errado e a voluntária escolha por fazer o que é preciso que eu prezo tanto na personagem. Mas nesse episódio em específico eu simplesmente detestei ela ser humana. Foi uma distração. Uma fraqueza. Ficou bem claro que existe uma linha muito tênue entre o que Annalise é e o que jamais gostaria de se tornar. Apesar de defender assassinos, ela não é como eles.


Eu fiquei bem desgostosa com o episódio, não me empolgou. O caso da semana me deu náuseas, “sinistro” nem sequer começava a descrever aquela garota psicopata. E sei que grande parte da minha desavença teve haver como a carga emocional daquele começo. Eu não estava psicologicamente preparada pra ver a Annalise tão assustada e intimidada, eu não estava preparada para conhecer a esposa do Nate. Em nome do enredo, foi um momento chave, foi um momento decisivo, foi quando a Annalise tomou posição e admitiu pra si mesma que não era capaz de tudo – e foi isso que me magoou.

Fui acusada, não tão injustamente, de ainda estar agarrada ao fantasma da Eve, e ver um episódio que deixou tão claro como ela está envolvida com o Nate me tornou negativamente parcial. Seguindo o caminho da honestidade, não consigo negar tal afirmação.

Outra coisas me chamaram atenção no episódio, tipo, o que deu no Connor essa semana? O menino quase teve um ataque da pânico com o caso da semana. Eu sempre fico incomodada como todos eles aparecem a beira de uma taque de nervos, e o Connor em especial é o que está mais inclinado a fazer besteira.

Gostaria de gastar algumas linhas falando sobre os ships, mas foi um episódio relativamente vazio. Tivemos o colapso entre Bonnie e Asher, não acho que a relação deles tenha sido desenvolvida o suficiente para que ele faça alguma coisa a respeito da "confissão" da Bonnie. O momento mais legal, pra variar, foi com a Laurel e o Fank, com a Bonnie manipulando o Fank para admitir que gosta da Laurel – o que foi em absoluto novidade. Michaela e o boy-magia-das-trevas estão tentando me ganhar pelo cansaço de odiá-los.

Particularmente, tivemos só duas partes significativamente importantes, a primeira foi a Annalise descobrindo que o Wes e o Nate estavam confabulando juntos e a segunda foi o flashforward em que a Michaela encontrava o irmão que não é Lannisters Hasptall – vocês lembraram da primeira temporada? Quando Wes vai encontrara Rebecca depois deles terem se livrado do corpo do Sam? Então... Eu senti aquela mesma vibe.

Então, para terminar queria dizer que estou ansiosa pro próximo episódio na expectativa de anestesiar as dores que esse trouxe.

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO:

Reações:

Sobre o Autor

 
Top