Comentários
Lilian Zin Lilian Zin Author
Title: [REVIEW] NCIS - S13E05: LOCKDOWN
Author: Lilian Zin
Rating 5 of 5 Des:
  “When I was young, me and my brother, Luca, we saw this movie in school, and at the end, the good guy killed the bad guy, and we all ch...
 “When I was young, me and my brother, Luca, we saw this movie in school, and at the end, the good guy killed the bad guy, and we all cheered. And Ms. Johnson turned off the projector, and she said we don't applaud killing, no matter who it is. If you take a life today, then you failed yesterday. I don't remember much from fifth grade, but I remember that.” – Abigail Sciuto

Não poderia ter ficado mais feliz com Lockdown. Abby! Muitas cenas com Abby! Abby sendo incrível! Sinceramente: era tudo o que eu precisava hoje. Abby é minha personagem favorita e ela foi o principal motivo para eu estar cursando Química hoje. E a Pauley é minha atriz favorita e uma pessoa incrível, que me inspira a cada diz mais. Na verdade, meu amor é por toda a série, que me ajudou a me recuperar de um momento “sombrio” da minha vida.

Quando uma garota bate no carro do Capitão da Reserva Jeremy Doblin, pois estava dirigindo e enviando mensagens – uma das coisas que Ducky considera mais absurdas de serem feitas – o suposto motorista foge da cena, deixando o corpo do Capitão dentro do porta-malas. Depois de uma pequena observação no corpo, Jimmy e seu ímã conseguem magnetizar um pedaço de metal dentro do cadáver, que, posteriormente, se mostra ser um tubo contendo dois frascos de botulinum, toxina geralmente usada em aplicações de botox. Não posso esquecer do “Dragon Style” do Palmer, que me fez lembrar de todas as vezes que ele faz alguma coisa e Gibbs o encara, desaprovando.


Quando Gibbs entrou na casa em que Doug supostamente o havia enviado, se deparou com o “clube do botox” e começou a apertar o botão do pânico várias vezes, fiquei imaginando como seria a reação dentro da van. Foi possível ver como toda a equipe está um pouco relutante em deixar Gibbs agir sozinho. Concluí que DiNozzo e McGee se desesperaram, saíram correndo, chutando portas, apontando as armas para as mulheres. Se mostrassem a cena, com toda certeza seria um momento engraçado a mais no episódio.

Ainda falando sobre Doblin, havia um composto em seu organismo produzido pela Celodyne Pharmaceuticals, o que leva Abby a fazer uma field trip até o local, para encontrar a doutora Janice Brown, responsável pela pesquisa desses compostos. O que achei mais legal é que ela é uma espécie de Abby, porém com algumas diferenças. Além disso, Caf-Pow em garrafa é tudo o que eu preciso! Tudo ia muito bem, até que o protocolo para lidar com um possível vazamento do vírus Ebola foi acionado e tiros foram disparados próximo ao laboratório. Com a comunicação com o mundo exterior completamente desligada, resta para Abby a missão de “salvar o mundo”, ou no caso, os reféns feitos pelos ladrões. Que o zelador era suspeito, eu realmente achei que era. Mas não imaginei que Janice estaria envolvida.


Gostei muito de como os escritores abordaram toda a situação de questionamento quanto ao fato de “como lidar com bandidos armados sendo que não tenho arma alguma por perto e me recusaria a matar alguém mesmo se estivesse em risco extremo”. Não só por terem lidado com química, mas porque foi realmente interessante e mostrou como é importante lembrar que, apesar de se tratar de uma série com armas, elas não são necessárias para impedir alguém.

No início do episódio, quando Abby sugeriu que queria transferir seu laboratório para o andar de cima não consegui aceitar essa ideia. Afinal, o espaço do laboratório é imenso e sempre haverá o barulho do elevador para alertar da chegada de Gibbs. É claro que mudanças são importantes, mas mudanças simples, gradativas, não imensas, como essa que Abs tanto queria. Confesso que fiquei um pouco nostálgica, afinal, tantas coisas já se passaram naquele laboratório, que seria impossível dizer adeus.

Outra mudança que creio que está por vir é a situação entre o Adorable Jake e Bishop. Como visto nos episódios anteriores, o casal vem enfrentando uma crise, sendo que o marido de Ellie vive viajando e não pode dizer para onde vai, requisito da NSA. Só espero que, se o casamento dos dois for realmente chegar a um fim, que os escritores não apelem para a traição de Adorable Jake. Isso não.

P.S.: Já ia me esquecendo da cena em que vários adjetivos são usados para descrever Gibbs. Não consigo entender como “Most Handsome” não estava incluso nos citados.

“Hey, I, um I talked to Accounting. They heard what you did. And they said they would be happy to take the basement.  As long as you promise not to hurt them.” – Leroy Jethro Gibbs
Reações:

Sobre o Autor

 
Top