Comentários
W.H. Pimentel W.H. Pimentel Author
Title: [REVIEW] QUANTICO - S01E02/03/04 - AMERICA/COVER/KILL
Author: W.H. Pimentel
Rating 5 of 5 Des:
E quem disse que a série das falsianes era Gossip Girl? Depois de atrasos ENOOOOOOORMES nas reviews , estou assumindo Quantico e tent...
E quem disse que a série das falsianes era Gossip Girl?

Depois de atrasos ENOOOOOOORMES nas reviews, estou assumindo Quantico e tentarei ao máximo fazer as matérias em dia, mas olha, tá difícil viu? Acabei de sair do enem praticamente e já estou aqui trabalhando porque amo todos vocês e vocês amam a série, então bora lá? Como de costume nas minhas reviews duplas, é episódio por episódio:


Começando pela linha cronológica do passado, vimos, em três episódios distintos, a convivência dos personagens na academia Quantico do FBI. "America" mostrou claramente uma divergência de opiniões e habilidades entre as gêmeas Nimah e Raina, colocando o disfarce delas em jogo. Para falar a verdade, eu já fiquei com a cara no chão quando descobri que eram gêmeas, aí vem a série e me estapeia com a Miranda sabendo de tudo ali. Falando em Miranda, a pobre coitada acredita que Ryan é um espião infiltrado para vigiá-la, coitada, sabe de nada a inocente.


"America" também mostrou que a fuga de Alex está apenas começando. Por mais que a atuação de Priya não seja lá essas coisas, a gente realmente fica com o queixo caído com a habilidade física que essa mulher tem. A demônia pulou de prédio para prédios, correu até as pernas não aguentarem mais e algemou a falsiane da Natalie num cano ~risos~, e quando a gente realmente pensa que ela não pode mais ser foda, a colega ainda liga pela mesma frequência de rádio para debochar. É ASSIM QUE SE FAZ!


Já em "Cover", foi apresentado a realidade da série: Ninguém nessa porra toda é remotamente confiável. Desde a academia (onde os recrutas estão sofrendo o pão que o diabo amassou nos treinamentos) até mesmo no presente, onde Alex corre por sua vida. Em Quantico, as tarefas da vez requeriam trabalho em equipe e saber confiar em seus parceiros, mas era claro que isso não seria tão fácil assim para os personagens da série. Shelby tem os seus atritos com o loirinho do primeiro episódio, Simon não consegue confiar em ninguém e acabou queimando o seu próprio filme ao entregar os nomes dos três mais fracos, Alex tem problemas de confiança desde o piloto, Natalie é uma falsiane descarada que quero que morra, Nimah e Raina numa guerrinha de irmãs e por fim, Ryan, que é um agente infiltrado. 

Na minha opinião, "Cover" foi o episódio mais bem trabalhado da série até o momento por várias razões. Primeiro de tudo, mostrar que, na linha temporal presente, nem sua própria família te conhece direito e que ninguém pode ser confiado; Segundo, que as tarefas propostas pela Miranda são as mais bem elaboradas, uma vez que exigem mais do trabalho psicológico do que do físico (até porque ela já falou pro Liam que quer ver o circo pegar fogo) e Terceiro, porque já descobrimos aqui qual era o mistério envolvendo o pai da Alex. Doeu? Claro que doeu, mas ninguém precisava sabem então fomos para a review de Kill.


O quarto episódio de Quantico foi mais calmo no quesito plot twist, mas teve a mesma quantidade de adrenalina que a série veio apresentando desde o começo. "Kill" soube explorar bem a ideia de Ryan ajudando a Alex e de Simon sendo um agente infiltrado, infiltrado e infiltrado (sim, em três níveis, já que ele tava ajudando a Alex, depois no FBI, depois na Alex de novo), mas certamente a medalha de ouro ficou para o confronto de Shelby e Alex. Embora Quantico esteja arrebentando nos mistérios, não admiro muito esses comentários spoilers da Alex cada vez que ela encontra alguém da academia, acho isso um pouco irritante, mas relevo.

Miranda teve que ir atrás de Nimah por conta própria e acabou revelando que seu filho será solto e que ela quer que ele permaneça preso. De todos os plots possíveis para serem criados na série, esses dois (briguinha de irmãs e filho solto) foram os mais patéticos até o momento, mas essa união de Miranda e Nimah acabou deixando as coisas mais interessantes - embora não tanto - para ambas as personagens e espero algo bombástico disso, espero que não quebre a cara.

Como já falei demais, confiram abaixo a promo do episódio 05 da série:


PS¹: Elias é um vagabundo, deixa o Simon em paz que você não está em CSI;
PS²: Shelby virou prisioneira, QUERO SANGUE NO PRÓXIMO EPISÓDIO;
PS³: Tô amando todas as tarefas da academia. CSI: Quantico, Pretty Little Quantico e NCIS: Quantico foram maravilhosas.
Reações:

Sobre o Autor

 
Top