Comentários
Isa Campos Isa Campos Author
Title: [TOP 10 DDS] Melhores séries para superar um pé na bunda
Author: Isa Campos
Rating 5 of 5 Des:
Tá sofrendo de amor? Está fazendo papel de trouxa? Seu crush visualizou e não respondeu? As músicas do Luan Santana começaram a fazer se...

Tá sofrendo de amor? Está fazendo papel de trouxa? Seu crush visualizou e não respondeu? As músicas do Luan Santana começaram a fazer sentido? Não se desespere. A equipe do DDS fez uma lista de maratonas que podem até não curar seu coração partido, mas com certeza vão te fazer companhia nas noites solitárias.

1. Being Erica


Essa série tem que estar em todas as listas de melhores séries do mundo. Não é apenas uma série, é uma terapia. Apesar de não ser muito conhecida é uma ótima série canadense que conta a história de Erica, que tem seus 30 e poucos anos cujos os planos na vida não deram certo. Ela então encontra o Dr Tom, um terapeuta que tem o poder de viajar no tempo para que ela possa corrigir os erros do passado. A série é curta, tem até no YouTube e é simplesmente linda.

2. Wonderland



"Wonderland é uma série australiana com uma premissa bem leve: A vida cotidiana de 7 amigos na grande e bela cidade de Sydney. Após uma grande catástrofe no casamento de dois desses amigos, para o bem de todos, ficou estabelecido que Tom (o personagem central da série) não deveria jamais dormir com outra colega de quarto por um ano ou ele perderia o carro dele. Porém, isso tudo muda quando a garota perfeita aparece na sua vida e Tom começa a lidar sobre escolher o coração ou a mente, afinal, ela é a irmã do seu melhor amigo."  Walter Hugo

3. Friends


Nem precisa de descrição né? A série que nos conforta quando precisamos sorrir, ou simplesmente acreditar que encontraremos nossa lagosta.

4. Lost Girl



"Toda temporada a protagonista acaba um relacionamento - e a série gira em torno de um polígono amoroso - então ela sempre tem dicas de como sair da fossa. Sem falar que a série é têm muita fantasia por se tratar de Faes, que são criaturas sobrenaturais, a protagonista é uma succubus bissexual, então tem muitos relacionamentos conturbados e momentos bem engraçados e fofos." Lara Séphora

5. Grey's Anatomy


Clássica pra quem quer sofrer e chorar e ter uma trilha sonora maravilhosa para isso. Além do mais, você vai achar que nem sofre tanto assim depois de 12 temporadas de bombas, tiroteios, afogamentos, quedas de avião e mortes de pessoas queridas. 

6. Castle



Por que Castle? "Castle tem um ship principal super fofo, tem uns momentos bem descontraídos e a gente ocupa a cabeça se concentrando nos casos. Castle ajuda mesmo. Principalmente as quatro primeiras temporadas, com o Castle e Beckett quase lendo a mente um do outro." Ayla Tereza e Lara Séphora

7. Sex and The City


Carrie, Miranda, Charlote e Samantha passando por homens maravilhosos e horríveis. O pior? Burger que terminou com a Carrie por post it

8. Lost in Austen



É história de uma mulher aficionada em Orgulho e Preconceito. Ela nunca achou um homem que superasse o Darcy pra ela. Aí um dia a Lizzy Bennett aparece no banheiro dela e elas trocam de lugar. 

9. Hart of Dixie



Série fofa, agradável, com vários ships. Você começa amando George e termina se apaixonando pelo Wade. Ótima para rir e passar o tempo. Falam que nada melhor que um novo amor para esquecer um antigo, e você com certeza irá se apaixonar por BlueBell. 

10. Californication

Uma carta, várias emoções:
“Querida Karen,
Se está lendo isso, significa que finalmente tive coragem de enviar, bom pra mim. Você não me conhece muito bem, mas quando conhecer vai ver que tenho tendência de falar e falar sobre como escrever é difícil pra mim. Mas isso, isso é a coisa mais difícil que já tive que escrever. Não tem jeito fácil de falar isso, então vou só falar: Conheci alguém. Foi acidental, eu não estava à procura, eu não estava à caça. Foi uma tempestade perfeita. Ela disse uma coisa, eu disse outra. Em seguida eu soube que queria passar o resto da minha vida naquela conversa. Agora tenho essa sensação no peito: ela pode ser a única. Ela é totalmente louca, de um jeito que me faz sorrir, altamente neurótica. Requer muitos cuidados. É você, Karen. Essa é a boa notícia. A má é que não sei como ficar com você agora. E isso me assusta pra caralho. Porque se eu não ficar com você agora, tenho a sensação de que vamos nos perder por ai. É um mundo grande, malvado, cheio de reviravoltas. E as pessoas tem um jeito de piscar e perder o momento. O momento que podia ter mudado tudo. Eu não sei o que está acontecendo com a gente, e não sei te dizer por que você devia arriscar um salto no escuro pra gostar de mim, mas, porra, você cheira bem, como um lar. E você faz um café ótimo, isso deve contar pra algo, certo? Me liga.
Infielmente seu,
Hank Moody.”
Reações:

Sobre o Autor

 
Top