Comentários
Jéssica Ohara Jéssica Ohara Author
Title: [REVIEW] THE MAN IN THE HIGH CASTLE - S01E02: SUNRISE
Author: Jéssica Ohara
Rating 5 of 5 Des:
Cenas fortes, partes fillers, bombas, e mais mistérios. Eu tenho visto os comentários do BS dizendo que a série é um pouco arrastada,...


Cenas fortes, partes fillers, bombas, e mais mistérios.

Eu tenho visto os comentários do BS dizendo que a série é um pouco arrastada, mas acho que ela é mais do tipo que constrói o ambiente. Ali nós somos colocados numa realidade sem boas previsões de mudanças, onde a repressão e o sistema fascista só tendem a dominar, e pelo o que mostra sobre a relação entre os regimes, com certeza vai haver outra guerra. Não há um futuro alegre a frente, ou esperança o suficiente para uma grande resistência, os poucos que lutam são esmagados pelos governos. A fotografia e a iluminação mostram bastante isso, com uma variação de tons de cinza e azul, o clima é pesado.

Nesse episódio deu para ver bastante o peso das decisões e até que ponto os personagens resistirão ou terão que fazer sacrifícios. Sim, estou falando de você Frank. Teve muitas cenas fortes dele sendo torturado física e psicologicamente, mas ele resistiu, acho que um pouco por estar começando a acreditar na causa e mais ainda por causa da Juliana. Se eu não tivesse visto ele no trailer da temporada, jurava que ele ia morrer na cena do pelotão de fuzilamento. E acho que o mérito da série é nos jogar bombas assim, sem nem aviso, porque foi isso a morte da irmã e dos sobrinhos dele, achei que eles sobreviveriam, dei uma chorada aqui.

Na Neutral Zone com a Juliana e o Joe foi bem fraquinho, eu ainda não fiquei com muita certeza sobre qual foi o papel daquele cara das bíblias, mas eu não acho que isso explique nada sobre os filmes. E tenho quase certeza que o The Man in the High Castle tá vivo e ainda vai aparecer. Só, um detalhe, o mundo acabando e Juliana flertando? Sério isso? Acho que os dois não tem muita química, apesar de gostar de cada um individualmente. Mesmo com o fato do Joe ser agente duplo (Minha reação ao descobrir isso no outro episódio:Nãããããooo) só vai causar confusão, e o que ficou na minha cabeça, foi imaginar quem é o pai dele.


Algumas das melhores partes para mim, foram as sequências do café da manhã e do tiroteio. Smith sendo pai de família e ensinando o filho a não se preocupar com competições e dele sendo alvo de ataques, foram duas coisas maravilhosas e antagônicas. O ator está sendo maravilhoso o interpretando.

As minhas certezas com esse episódio são: o governo do Japanese Pacific States é tão cruel e perigoso quanto os nazistas; aquela mulher parece ser muito mais do que uma simples ladra e de aquele filme da uma reação psicológica nas pessoas assustadora. 

-Ver o cara de Z Nation sempre me faz dar um risinho.
-A cena da ponte foi bem ruim e forçada.

Reações:

Sobre o Autor

 
Top