Comentários
Rafa Rodrigo Rafa Rodrigo Author
Title: [REVIEW] NASHVILLE - S04E05/06: STOP THE WORLD (AND LET ME OFF)/PLEASE HELP ME, I'M FALLIN’
Author: Rafa Rodrigo
Rating 5 of 5 Des:
Dois episódios, mesma estrutura de linhas de histórias. Desenrolar lento e baseado na personalidade irritante de alguns personagens, a ...

Dois episódios, mesma estrutura de linhas de histórias. Desenrolar lento e baseado na personalidade irritante de alguns personagens, a indefinição de outros, mas com um belo final trazendo em um a apresentação musical para nenhum fã botar defeito, e no outro a preparação para a despedida de um personagem odiado por muitos.

Falado assim até parece que fiz de propósito deixando os dois episódios que menos gostei a temporada (até aqui) para uma crítica única, mas na verdade foi a correria da vida e carreira que faz do tempo de todo mundo ficar cada vez mais limitado para fazer aquilo que gostamos. Mas deixando os dramas pessoais de lado, vamos ao do nosso novelão que temos bastante assunto para tricotar. 

Como citei no começo desta review, os dois episódios tiveram momentos chatos de se ver devido a personalidade complicada de alguns personagens. Markus é chato, e isso já sabemos e não será um momento de bom senso que fará mudar a opinião já criada, o mesmo podemos falar de Maddie que ao menos tem a justificativa de ser adolescente e cheia de hormônios para ser a chatinha que tem sido desde que a conhecemos. Subir no palco e cantar com Juliett foi uma péssima ideia, e a criatura não consegue mesmo ouvir os conselhos da mãe. Só lamentos por estes dois.

A vida de Rayna não está fácil, tem que lidar com toda a correria da H65 principalmente pelo super ego de Markus, Laylla e suas eternas choradeiras, suas filhas e estar do lado de Deacon nas fases de luto. Só esperando para que tudo de errado novamente, só esperamos que com isso não venha o fim do selo que tanto foi lutado para a rainha conquistar.

Na ultima review citei Rayna como o possível futuro de Will, mas depois destes últimos episódios, não sei mais o que esperar deste personagem. Tanto tempo para tomar a decisão que mudaria sua vida, e agora ele quer cantar paras menininhas como era antes? Estes dramas são para acabar com a paciência de qualquer um, o que fez com que Kevin terminasse com ele, afinal o rapaz não é obrigado!


Um dos pontos altos dentre os dois episódios foi a reconciliação de Deacon e Scarlett, a loirinha precisou dizer poucas e boas para o tio, além de afirmar que não é alcoólatra então pode encher a cara quando estiver de saco cheio do tio mimado para o tio cair em si e ver que a menina não é sua inimiga, fechando o plot de despedida de Beverly com uma bela apresentação musical com direito a dueto Scar e Bev.

Outro plot que a cada semana temos uma novidade é o de Juliett, a filha doente gerou a certeza do pedido de divórcio, que foi apenas o estopim para Juju perder a cabeça de vez. Desta forma fica bastante difícil gostar de Juliett, uma coisa é fazer escolhas erradas (o que ela fez desde o piloto da série), outra é cavar o buraco e depois chorar por que ele está muito fundo. Disso, pode desencadear a internação da princesinha em uma clínica, justificando a ausência da atriz para fazer o mesmo.

Só uma dúvida, o que será de Nash sem Juliett provisoriamente e sem Jeff definitivamente? Claro a saída do rapaz justifica sua presença constante em Scream Queens, mas não imaginava que poderia acontecer isso. Nisso tudo apenas uma certeza, mais e mais lágrimas de Layla.


Para finalizar tivemos claro os plots borings, por exemplo, Gunnar que quer casar com uma menina que mal conhece, Luke fazendo sua empresa crescer cada vez mais e pegando a publicista e Maddie perdendo a virgindade. Não consigo ver algo bom saindo de nada disso aí e vocês?

Agora episódio novo só dia 11/11, veja o PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO.


Reações:

Sobre o Autor

 
Top