Comentários
W.H. Pimentel W.H. Pimentel Author
Title: [REVIEW] QUANTICO - S01E05/06 - FOUND/GOD
Author: W.H. Pimentel
Rating 5 of 5 Des:
Cê não me arrasa não! Mais dois episódios esplêndidos de Quantico (e não incluí o 7 pois ainda não vi), mas olha, a situação aqui está ...
Cê não me arrasa não!

Mais dois episódios esplêndidos de Quantico (e não incluí o 7 pois ainda não vi), mas olha, a situação aqui está ficando cada vez mais tensa. Adorando tudo.

"Found", como costumeiro, dividiu sua timeline entre a fuga de Alex e uma prova dentro da academia do FBI. Dessa vez, os NATs sairiam de folga - só que não - e teriam que assumir uma identidade completamente nova à eles, além de se infiltrar numa boate e conseguir a atenção do gerente do local.

A interação de todos os personagens em suas novas identidades foi simplesmente espetacular. Shelby e Caleb com suas picuinhas certamente garantiram um espaço maior no meu coração como o casal que jamais ficará junto, então já me encontro sofrendo por esses dois. Ryan e Alex melhoraram nas suas cenas como parceiros, uma vez que neste episódio, não havia toda aquela tensão entre eles, fora que aquela cena no final foi de tirar o fôlego, não é mesmo? Em relação aos outros recrutas, gostei do trabalho das gêmeas em "Found", pois elas se mostraram bastante competentes em ir disfarçadas (a uma missão) e enganar até mesmo os seus colegas da academia. Simon e Elias tiveram umas desavenças um pouco maiores, afinal, Elias não deu sossego para o nosso geek-weirdo preferido e finalmente a verdade apareceu: Simon não é gay e está apenas escondendo a verdade sobre o que ele realmente viu em Gaza. Espero mais sequências dessa backstory em breve.


A missão num conjunto foi espetacular. Você não pode ser um agente do FBI sem saber como entrar em um lugar infiltrado, e certamente Alex, Ryan, Simon e as gêmeas executaram isso de uma forma maravilhosa, tanto que essas entradas infiltradas continuaram nos flashfowards, em que Alex precisou recorrer à ajuda de um grupo de hackers para provar à Shelby e ao mundo que ela não é uma terrorista. Eu adorei as cenas no presente, com Alex fugindo de tudo e todos, passando a perna no FBI (mais uma vez) e se misturando com os muçulmanos para fugir na surdina, foi simplesmente genial e mostra que o treinamento da academia de Quantico é bem feito.

Já em "God", recapitulamos a história a partir de onde o último episódio parou. Caleb está na lista de recrutas presentes em algum lugar próximo ao Grand Central no dia da explosão e por conta disso, Simon e Alex decidem hackear o computador dele na sede de segurança do FBI. Na academia, os recrutas treinaram as suas habilidades de vigilância em uma carga emocional sem igual, com bastante destaque para Miranda e seu filho.

É verdade, disse que não gostava desse enredo envolvendo a Miranda, mas como parece que já se livraram disso cedo (e não teremos que aturar esse mimimi por mais 16 episódios), acabei gostando do plot em que tudo se interligava. Todos os recrutas teriam que monitorar a Miranda e descobrir um segredo sobre ela, mas como nós já sabemos que essa é a série das falsianes, as coisas acabaram não saindo nem um pouco como planejado e alguns recrutas já foram cortados da prova logo cedo.


Simon e as gêmeas desistiram para poderem aproveitar o dia sozinhos, Shelby e Caleb se entregaram à paixão fumegante sem compromissos e logo tornaram a atividade num jogo de manipulações entre os dois, que acabou jogando o boy magia da Natalie para escanteio (joga Natalie também que ninguém se importa). Como consequência da ausência de recrutas, sobrou para Ryan e Alex a tarefa e isso criou uma bola de neve muito maior que o Ryan poderia imaginar, com o seu disfarce sobre a missão inicial dele - vigiar a Alex - indo para o espaço e, como se isso tudo não criasse desgraça suficiente, ao final do episódio, Simon se torna o primeiro recruta a descobrir a identidade das gêmeas #EITAGIOVANA.


No presente, percebemos que Caleb estava monitorando os incidentes do Grand Central num loop irritante, até que Alex descobriu tudo o que estava acontecendo. Ele não procurou por suas imagens ou pelas imagens da Alex e sim pelas imagens da Shelby. A BANDIDA TÁ PEGANDO O PAI DELE!! Gente, sério, eu não consigo mais encontrar caráter em ninguém naquela série porque olha, está bem difícil defender qualquer personagem meu se todos fazem merda. Logo após ela revelar o caso de chifre mais polêmico da história, a Shelby foi confrontar o Caleb para se abrir e era óbvio que ele não queria papo nenhum, terminando o relacionamento dos dois numa cena poderosa e emotiva para ambos os lados. Como gancho para o próximo episódio, tivemos a aparição de uma das gêmeas nas câmeras de vigilância e logo, uma nova suspeita é iniciada.

Afinal, quem é o TRAIDOR?

Confira a promo do próximo episódio:
Reações:

Sobre o Autor

 
Top