Comentários
Leandro Cardoso da Cruz Leandro Cardoso da Cruz Author
Title: [REVIEW] THE WALKING DEAD - S06E06: ALWAYS ACCOUNTABLE
Author: Leandro Cardoso da Cruz
Rating 5 of 5 Des:
"A autoconsciência é uma coisa bonita" Sabem essa frase que eu sempre coloco antes de começar o texto da review ? Então, se...

"A autoconsciência é uma coisa bonita"

Sabem essa frase que eu sempre coloco antes de começar o texto da review? Então, sempre busco uma frase que eu ache interessante e que tenha sido dita durante o episódio, mas normalmente não espero que ela tenha relação com o episódio em si. Dessa vez não. Essa frase dita por Sasha para Abraham deveria ser dita aos produtores de The Walking Dead. Depois de seis anos era de se esperar que tivessem aprendido a lição, mas parece que não.


Sobre o episódio em si não tem muito o que falar. Foi mais um episódio filler, dessa vez focado em Abraham, Sasha e Daryl. Foi trabalhado melhor a aparente loucura de Abraham e os motivos da aparente calma de Sasha, enquanto Daryl se envolveu com um grupo novo de pessoas que podem ou não ter uma importância maior mais a frente. Sim, resumidamente foi isso. Agora vamos à seção desabafo.


Primeiro de tudo, The Walking Dead é um sucesso de público estrondoso. Recordes e mais recordes de audiência. Isso deveria explicar que não é uma série que precisa ficar enrolando com mistérios simples para segurar o público. Mas é exatamente isso que ela faz. Já são 3 episódios escondendo uma revelação sobre o que houve com Gleen. Admito que agora, independente do resultado, já não me importo tanto. O incomodo com a demora superou meu interesse. E não é a primeira vez que a série faz isso, então era de se esperar que tivesse aprendido com os erros.


Por fim, acredito que a única coisa que valeu a pena no episódio foi o vislumbre de um grupo que acredito ser os Saviors, ou Salvadores, grupo comandado por Negan, que promete ser o grande vilão da próxima temporada. E aí que está meu medo. A mania de enrolar dos showrunners pode (novamente) estragar um grande arco. Primeiro deixe eu explicar como é nas HQs. Durante o arco de Negan, The Walking Dead deixa de ser uma história sobre sobrevivência e passa a ser sobre guerra. Pura e simplesmente, uma guerra, com todos os seus tons de crueldade. A série bem que poderia, nesse ano apresentar o Alto do Morro, Jesus, etc. para no próximo ano focar todos os 16 (prováveis) episódio na guerra com Negan, o que seria enfim épico. Agora, com esse histórico, quem acredita que é o que vai acontecer? E assim Jeffrey Dean Morgan pode acabar sendo desperdiçado em um papel sem a profundidade necessária, devido a diluição da história. Enfim, nem sabemos se será por aí, mas se tem algo que aprendemos com a série é que tudo que a gente espera que aconteça de bom, normalmente não acontece (ou é recheado por fillers).

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO:

Reações:

Sobre o Autor

 
Top