Comentários
Maluci Vieira Maluci Vieira Author
Title: [DDS na Comic Con Experience] - Impressões do 1º dia
Author: Maluci Vieira
Rating 5 of 5 Des:
Já imaginou estar imerso em um universo onde não há idade para se fantasiar, você se identifica com todo mundo e as pessoas ainda entend...

Já imaginou estar imerso em um universo onde não há idade para se fantasiar, você se identifica com todo mundo e as pessoas ainda entendem as referências que você usa? Assim é passar 4 dias dentro da Comic Con Experience! Vou contar aqui para vocês como foi a minha experiência no evento, começando por quinta-feira, 03/12.

Transporte: Não sou de SP, sou de Itajaí - SC, então não sabia se encontraria facilmente a estação Jabaquara e o ponto do ônibus gratuito disponibilizado pelo evento, mas foi tranquilo. Além das informações de pessoas que encontrava pela rua, também haviam algumas pessoas do staff do evento indicando a direção. Ficou ainda mais fácil quando vi a fila que contornava a quadra! Cheguei para pegar o ônibus 1h antes do horário de abertura do evento, apesar disso, a demora nem foi tão longa. Ah se eu soubesse que o evento é praticamente ao lado da estação, nem todo o conforto do ônibus teria valido a pena a espera, não leva nem 5min de ônibus. Contudo, foi um serviço muito útil.


Filas: Por ter o crachá de imprensa consegui entrar no evento sem filas, até mesmo o credenciamento foi rápido, mas nesse horário, ás 11h30min, a fila normal estava enorme. E lá fui eu percorrer mais de 800m até a entrada do evento, uma caminhada que todos tínhamos que fazer da fila até a entrada, tanto no começo quando no final do dia. Cansava, mas investiram pesado na estrutura para gerar o máximo de conforto, até uma musiquinha rolou.


Estande Warner Bros: O que você vê assim que chega vale todo o esforço, a emoção de estar naquele ambiente supera a todas as expectativas nutridas desde a compra dos ingressos. Foi incrível! Assim que entrei já me deparei com o estande da Warner, ele chamava muita atenção com seus diversos containers. Na minha opinião, o mais bonito. Havia fotos gigantes de divulgação das séries de super-heróis, figurinos oficiais de Arrow, Suicide Squad e Batman vs Superman – A Origem da Justiça, além de uma área onde convidados como Diego Lima e Sérgio Cantú (dubladores), Léo Lins e Danilo Gentili (humoristas) apresentavam sobre os seus trabalhos. 



O estande da Warner também contava com a atividade de pintura no rosto, algo geralmente voltado às crianças, mas que naquele espaço oferecia a oportunidade para qualquer pessoa encarnar um personagem. Você não foi com nenhuma produção? Não conseguiu terminar o cosplay a tempo? Que tal escolher entre Coringa, Arlequina, Arqueiro Verde ou Canário Negro para começar bem o evento? Bom, acabei me decidindo pela Harley e adorei o resultado, valeu a espera de praticamente 1h na fila. Tive sorte de fazer a maquiagem no primeiro dia, pois no dia seguinte fiquei no auditório e no final de semana todas as filas estavam maiores. Sem contar que para bater fotos no clima do Esquadrão Suicida, você ainda podia adentrar a cela semelhante a que aparece no trailer do filme.




Estande da Netflix: Todos nós tínhamos expectativas em relação à Netflix e o estande não deixou a desejar. Apresentou os trajes das séries de super-heróis Demolidor e Jessica Jones e da série Marco Polo também. Disponibilizou algumas brincadeiras para os fãs, como tiro ao alvo, divulgando o filme The Ridiculous 6 e ter a sua mente controlada pelo Kilgrave, destacando Jessica Jones, levando como cortesia cartazes da série. Mas a principal atração foi mesmo o karaokê. Sim, você podia escolher uma das opções de abertura de séries do canal e soltar a voz, podendo levar uma camiseta caso atingisse uma boa pontuação, inspirado na famosa cena de Sense8. A 3G dos celulares já não funcionam bem no lugar, sem bateria então estes seriam quase inutilizáveis, para atrair o público – como se precisasse – o estande ainda tinha totens disponíveis para carregar o celular.





Estande da Fox: Para falar a verdade esse foi o espaço que menos me agradou. Pode ter sido um pouco de cisma com as atividades oferecidas, pois vi que muitas pessoas estavam se divertindo, mas tive o azar da brincadeira de atirar nos zumbis ter pausado assim que cheguei e nem fiquei muito tentada a bater a fotos nos locais de divulgação de American Horror Story: Hotel e The X-Files (2016), achei muito simples, sem nem mesmo alguém para auxiliar nas fotos, por exemplo. Mas realmente tenho que aplaudir o pessoal da maquiagem realista. Todos os responsáveis faziam um trabalho incrível em pouquíssimo tempo, muito caprichado. O efeito era muito bacana, mas depois de algumas horas começava a ressecar, perfeitamente normal. O que também salvou foi a famosa lousa da série animada Os Simpsons e a banheira ensanguentada com uma atriz representando as meninas de Scream Queens, as fotos ficavam muito legais. 

Observação: Estava sem mochila nesse dia, mas não tive grandes dificuldades. Consegui me virar bem com as sacolinhas das lojas. Também estava sem nenhum alimento e não quis ($$$) comprar nada, sobrevivi com um milkshake e um refrigerante, pois sede você vai sentir, isso eu posso garantir.
Reações:

Sobre o Autor

 
Top