Comentários
Dana Rodrigues Dana Rodrigues Author
Title: [C.NERD] RESENHA - CORTE DE ESPINHOS E ROSAS
Author: Dana Rodrigues
Rating 5 of 5 Des:
Em Corte de Espinhos e Rosas, um misto de A Bela e A Fera e Game of Thrones, Sarah J. Maas cria um universo repleto de ação, int...


Em Corte de Espinhos e Rosas, um misto de A Bela e A Fera e Game of Thrones, Sarah J. Maas cria um universo repleto de ação, intrigas e romance.

Depois de anos sendo escravizados pelas fadas, os humanos conseguiram se libertar e coexistem com os seres místicos. Cerca de cinco séculos após a guerra que definiu o futuro das espécies, Feyre, filha de um casal de mercadores, é forçada a se tornar uma caçadora para ajudar a família. Após matar uma fada zoomórfica transformada em lobo, uma criatura bestial surge exigindo uma reparação. 

Arrastada para uma terra mágica e traiçoeira — que ela só conhecia através de lendas —, a jovem descobre que seu captor não é um animal, mas Tamlin, senhor da Corte Feérica da Primavera. À medida que ela descobre mais sobre este mundo onde a magia impera, seus sentimentos por Tamlin passam da mais pura hostilidade até uma paixão avassaladora. Enquanto isso, uma sinistra e antiga sombra avança sobre o mundo das fadas e Feyre deve provar seu amor para detê-la... ou Tamlin e seu povo estarão condenados.



Para algumas pessoas não deve ser novidade que após ler o primeiro da série "Trono de Vidro" você fique ansioso para ler tudo o que a Sarah J Maas escreve. Pelo menos comigo foi assim e olha que não sou lá fã de fantasias, mas sou no mínimo fã da autora.

"Corte de Espinhos e Rosas" é o primeiro da série "Corte de Espinhos e Rosas" e, embora não tenha relação com Celaena e o "Trono de Vidro", se passa no mesmo universo em tempos diferentes e distantes. Confesso que a sinopse não me chamou tanta atenção quanto "Trono de Vidro", mas adoro quando um livro me surpreende dessa forma. 

Feyre, uma menina/mulher humana de 19 anos narra a história. Ela se tornou indispensável à família após a morte da mãe e a falência da família antigamente abastada. Feyre, que indo caçar como sempre pra tirar o sustento para o pai e as duas irmãs, acaba matando um feérico. 

Tá, você deve estar se perguntando o que é um feérico que o que um deles tem a ver com a história. Respondendo a isso, os feéricos são seres poderosos (fadas), que travaram guerras com humanos há anos. Após essa guerra, foi estabelecido um tratado que dividiria entre uma grande muralha, a terra mágica e traiçoeira dos feéricos (Prythian) e dos humanos (Terras Mortais). Logicamente por serem seres mágicos e perigosos, os feéricos sempre foram temidos e odiados pelos humanos. E Feyre, por estar arriscando a vida pela família caçando na floresta, acaba matando um deles. Isso a leva para Prythian, que está envolta por uma praga, uma ameaça mortal. Bom, não preciso narrar toda a história para não ficar cansativo e nem dar spoiler desse livro maravilhoso. Mas digamos que ela acaba indo parar no território feérico e se envolvendo em diversas confusões, conflitos e um amor arrebatador (pareceu narração da sessão da tarde, mas esse livro não é nada "água com açúcar").

Confesso que inicialmente eu tenha comparado a personagem principal com a Celaena do "Trono de Vidro". E se você já leu as aventuras da assassina e começar a ler esse, acredito que também comparará. As duas viveram realidades diferentes e para minha surpresa durante o livro, Feyre demonstrou ser uma personagem feminina muito forte e guerreira. Entendo que muitas vezes por ser humana e não possuir magia, seja um pouco difícil fazer alguma coisa em um mundo em que todos possuem poderes. 

Feyre conhece Tamlin (Tam para os íntimos, ou seja, eu <3), Grão-Senhor féerico da corte Primaveril. SIM, o território dos feéricos (Prythian) é dividido em cortes (imagem abaixo) e cada uma tem um Grão-Senhor que governa (lembrou de alguma série da HBO que começa com Game of e termina com Thrones?). Tamlin, sem querer, acaba se tornando o Grão-Senhor da corte Primaveril. Inicialmente é um personagem enigmático, mas que se revela sincero, bondoso e ao mesmo tempo forte. É claro que existem outros personagens na história, enigmáticos e carismáticos como Lucien, Rhysand, Alis e, claro, "ELA", a que deve ser temida (saberá o nome quando ler! mais um motivo para tal).



"Corte de Espinhos e Rosas" é um livro intenso, maravilhoso, fantástico, diferente, que conta uma história de superação, libertação, sofrimento, desafios e, principalmente de AMOR. Não é um romance "melado", tem toda uma história e personagens interessantes, que te fazem querer ler e só terminar quando acabar (e ansiar loucamente pelo próximo).

Esse foi o terceiro livro que li esse ano e com certeza já está na lista dos melhores!



Título: Corte de Espinhos e Rosas
Autor: Sarah J. Maas
Páginas: 434
Editora: Galera Record
Onde comprar: Amazon
Reações:

Sobre o Autor

 
Top