Comentários
Polyane Rocha Polyane Rocha Author
Title: [C.NERD] RESENHA - A LISTA DE BRETT
Author: Polyane Rocha
Rating 5 of 5 Des:
Brett Bohlinger parece ter tudo na vida — um ótimo emprego como executiva de publicidade, um namorado lindo e um loft moderno e esp...




Brett Bohlinger parece ter tudo na vida — um ótimo emprego como executiva de publicidade, um namorado lindo e um loft moderno e espaçoso. Até que sua adorada mãe morre e deixa no testamento uma ordem: para receber sua parte na gorda herança, Brett precisa completar a lista de sonhos que escreveu quando era uma ingênua adolescente. 

Deprimida e de luto, Brett não consegue entender a decisão de sua mãe — seus desejos adolescentes não têm nada a ver com suas ambições de agora, aos trinta e quatro anos. Alguns itens da lista exigiriam que ela reinventasse sua vida inteira. Outros parecem mesmo impossíveis. 
Com relutância, Brett embarca numa jornada emocionante em busca de seus sonhos de adolescência. E vai descobrir que, às vezes, os melhores presentes da vida se encontram nos lugares mais inesperados.


A lista de Brett foi um dos livros que comprei em uma promoção, mas que a princípio achei que não fosse gostar. O enredo e a história em si pareciam previsíveis. Uma mulher, um romance, alguém que ela ama morrendo, uma herança e um final feliz. Relutei bastante para ler esse livro, mas no fim, acabei lendo em dois dias. 

Minha impressão negativa foi logo se esmiuçando quando eu conheci mais da personalidade de Brett. Ela é uma mulher determinada, forte, com ideias centradas, mas que como a maioria das mulheres, tem altos e baixos com seus sentimentos. E ela atinge um dos seus ‘baixos’ quando sua mãe morre. A partir desse momento vemos uma mudança tanto na personalidade, quanto nos pensamentos de Brett. 
Ao morrer, a mãe de Brett lhe deixa um testamento, que diz que assim como seus irmãos, ela tem direito a uma parte da herança, mas para isso, é necessário que ela cumpra uma lista de desejos que ela escreveu quando tinha 14 anos. O detalhe é que agora Brett já passou dos 30. 

A lista continha desejos mais simples como: Ter um cachorro, ajudar os pobres, ter uma boa casa, ter um bom relacionamento com o pai dela, ser um ótima professora. E desejos um pouco mais absurdos como ter uma cavalo, (sendo que ela nem tinha uma casa e nem dinheiro suficiente ), ter um filho (mas como? Será que seu namorado iria aceitar) e se apaixonar (Ela já não estava?). 

Aos poucos, Brett começa a dar uma chance para essa lista, e sempre que cumpre um dos quesitos, o advogado escolhido por sua mãe, lê as cartas que ela escreveu para Brett quando estava viva. Preciso mencionar aqui que essas cartas me fizeram chorar muito. A mãe de Brett, apesar de morta, é um dos personagens mais constantes do livro, e através dessas cartas e das memórias de Brett, podemos notar a relação de amor, carinho, amizade e cumplicidade que ambas tinham. 

Esse livro foi uma surpresa para mim. Não esperava que ele me tocasse tanto, não esperava me envolver tanto com a história e com os personagens, não esperava ficar ansiosa e engolir capítulo após capítulo noite adentro.

Além disso, um dos pontos que mais me cativou nesse livro foi o romance. Sim, o romance. Eu não gosto de romances previsíveis, água com açúcar, que todo mundo já sabe o final. E A lista de Brett não me decepcionou. O romance foi algo que foi se construindo pouco a pouco, com pitadas de ironia, cumplicidade e uma surpresa impressionante nos 45 do segundo tempo! 

“— Não, Brett, você não precisa de remédios. Só precisa de mais amor na sua vida… seja do seu pai, seja de um relacionamento amoroso, talvez até de si mesma. O que está faltando para você é uma necessidade humana básica. Acredite ou não, você ainda é uma pessoa de sorte, porque admite que precisa disso. Tem um monte de pessoas infelizes por aí que sufocaram as próprias necessidades. Buscar o amor deixa a pessoa vulnerável. E só pessoas saudáveis se permitem ficar vulneráveis.”


Título: A Lista de Brett
Autor: Lori Nelson Spilman 
Editora: Verus
Páginas: 364
Onde comprar: Clique Aqui.
Reações:

Sobre o Autor

 
Top