Comentários
Michelle Louise Michelle Louise Author
Title: [LIVROS] RESENHA - O TRONO DE DIAMANTE
Author: Michelle Louise
Rating 5 of 5 Des:
Livro cedido de parceria pela Editora Aleph Após dez anos de exílio, Sir Sparhawk, cavaleiro da Ordem Pandion, retorna a Elenia e...
Livro cedido de parceria pela Editora Aleph


Após dez anos de exílio, Sir Sparhawk, cavaleiro da Ordem Pandion, retorna a Elenia e encontra sua terra natal imersa em sombras. O inescrupuloso Annias, primado da Igreja e membro do Conselho Real, manipula o débil príncipe regente para governar de fato, visando seus próprios interesses. A legítima soberana, Ehlana, acometida por uma estranha doença, jaz adormecida em seu trono, protegida por uma barreira de cristal. Graças a um poderoso feitiço, seu coração ainda pulsa, mas ela não resistirá a menos que uma cura seja encontrada antes que transcorra um ano. Sparhawk parte, então, em uma busca obstinada para salvar sua rainha e seu reino, travando uma luta incessante contra o tempo, as autoridades vigentes e toda sorte de perigos – reais e sobrenaturais. Nessa jornada de luz e sombras, ele contará com a ajuda de seus irmãos de armas, de seu escudeiro fiel, de uma feiticeira, de um jovem ladrão e de uma misteriosa menininha, cujas origens são desconhecidas.


No primeiro livro da trilogia Elenium, David Eddings nos apresenta o continente Eosia, um mundo dividido em territórios com seus reinos, características e culturas próprias, mas que tem em comum a supremacia de uma igreja monoteísta com alguns de seus membros interessados no poder. Não podemos deixar de notar, logo no início da obra, os diversos fatores que nos remetem ao período medieval. 

No prólogo, o autor narra a lenda da criação de Bhelliom, uma joia mágica feita pelas mãos de um anão-troll Ghwerig, que tem seu poder acessado pela utilização de dois anéis, além de nos localizar espacialmente através da apresentação de um mapa detalhado do continente. É impossível não estabelecermos um paralelo com a história do Um Anel de Tolkien, o que gera uma expectativa e uma desconfiança inicialmente, porém, o uso de magia esta presente na narrativa de maneira muito sutil, não sendo de conhecimento de todos os personagens, e os seres fantásticos fazem parte apenas da lenda inicial da obra. 

No desenrolar dos capítulos, acompanhamos a jornada do protagonista, Sir. Sparhawak, cavaleiro Padion, uma das quatro ordens de cavalaria que servem a igreja. Após dez anos de exílio, o campeão da rainha retorna a Elenia, e encontra seu reino com problemas acerca do trono, estando a rainha Ehlana acometida  por uma misteriosa doença, permanecendo viva apenas pela magia da proteção de uma barreira de cristal que mantém seu coração pulsando, realizada pela styrica Sepherina, e um grupo de doze cavaleiros. Sir. Sparhawak segue então uma jornada para acabar com os planos de Annias, primado da igreja e membro do conselho real, que manipula o príncipe regente visando seus próprios interesses. 

O cavaleiro segue em viagens em busca da cura de sua rainha, mas também visando esclarecer as intrigas e armações de Annias, além de conter as ambições dos membros da igreja interessados no poder. Os personagens da obra são muito bem construídos, assim como as relações entre eles, com destaque para o protagonista, um herói bem humorado e leal, com uma perfeita dose de humor que o torna encantador. Seus companheiros de viagem também não deixam nada a desejar, um grupo muito interessante, composto por Kurik, seu fiel escudeiro, Talen, um jovem e esperto ladrão, Sepherenia, com sua crença religiosa relacionada a magia, além de uma menininha de origem desconhecida. 

A história mantém uma linearidade e não há um aprofundamento nos conflitos, que são pouco trabalhados e se resolvem rapidamente, senti falta de alguma surpresa ou reviravolta na história, e também de um desfecho mais emocionante, mas de modo geral, é uma boa leitura para os fãs de fantasia, com uma perfeita dose de humor, um recurso utilizado com sutileza que foi o que mais me encantou na obra. Por fim, é impossível não ficar ansioso pela continuação da história com O cavaleiro de rubi!


Título: O Trono de Diamante
Autor: David Eddings
Páginas: 403
Editora: Aleph 
Onde comprar: Submarino




Reações:

Sobre o Autor

 
Top