Comentários
Leandro Cardoso da Cruz Leandro Cardoso da Cruz Author
Title: [REVIEW] ARROW - S04E12/S04E13: UNCHAINED/SINS OF THE FATHER
Author: Leandro Cardoso da Cruz
Rating 5 of 5 Des:
"Eu sei com quem Oliver Queen mais se importa" E chegamos ao fim da terceira temporada de Arrow! Não, você não leu errado, ...
"Eu sei com quem Oliver Queen mais se importa"

E chegamos ao fim da terceira temporada de Arrow! Não, você não leu errado, a verdade é que só agora, na metade da quarta temporada é que alguns arcos da sofrível season 3 foram concluídos. Será que agora a série irá desandar? Será que agora voltaremos a assistir sem o saudosismo que a segunda temporada nos causa? Veremos...


Iniciando essa review dupla, começamos com o episódio 12, Unchained, que teve dois plots principais: a doença de Thea e a volta de Roy, ligada ao vilão Calculator. Primeiro sobre Roy então. Sua volta foi forçada, rápida e inútil. Tentaram trazer uma reviravolta ao mostrar ele como o ladrão, mas a própria Felicity resumiu quando disse que todo mundo volta nessa série. De importante no vilão só o fato de ele ser o pai de Felicity. O que veremos na sequencia da review que foi mal aproveitado. Por fim, o desenvolvimento da bateria criada por Curtis foi usada bem fora de hora, ou alguém aqui vai dizer que pensava nisso ainda?


Deixa eu continuar meu papel de hater aqui.curioso que essa "doença" de Thea nunca tenha aparecido antes não é? Antes era só a "Sede de Sangue" e do nada Malcolm lembra/descobre que o hospedeiro pode sofrer se a sede não for saciada. Sério, os roteiristas realmente recebem dinheiro por isso? Enfim, a solução desse problema fica para o episódio 13, a única coisa importante foi a decisão de Oliver de não se unir à Darkh. Nem parece ele né? Tomando uma decisão certa e tal...


E então começa o episódio 13 e nos vemos de novo na terceira temporada, com toda aquela mal aproveitada trama da Liga dos Assassinos. Em sua ânsia por tomar o poder que Malcolm tomou dela, Nyssa vai atrás de uma maneira de jogar seu "marido", Oliver, contra o atual Ra's. Com isso temos uma saudosa participação de Katanna (uma das poucas coisas que se salvou da terceira temporada) e o surgimento milagroso do elixir que pode salvar Thea (e viva as conveniências).


Claro que Malcolm trai todo mundo, algo que nem esperávamos não é? A luta de Oliver contra ele foi patética e não lembrou em nada a luta deles do fim da primeira temporada. Enfim, Nyssa percebe que deveria dissolver a Liga (AINDA BEM) e ir pro lado bom da Força. Enquanto Malcolm resolve entregar para Darkh que Oliver tem um filho, Willian. Pausa aqui: QUEM LEMBRAVA DISSO? E agora vamos usar isso na série só pra amarrar mais uma ponta solta? Para mim a única função de um filho de Oliver seria a presença de Connor Hawke, o que não deve acontecer. Enfim, ao mesmo tempo que alguns acham que a série está se encontrando, eu continua achando que ela está completamente perdida e à deriva. 

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO

Reações:

Sobre o Autor

 
Top