Comentários
Leandro Cardoso da Cruz Leandro Cardoso da Cruz Author
Title: [REVIEW] ARROW - S04E15: TAKEN
Author: Leandro Cardoso da Cruz
Rating 5 of 5 Des:
"Bem, aconteceu" É, com essa frase incrível, dita na pior hora possível durante o episódio, eu me despeço. Já faz um tempo q...

"Bem, aconteceu"

É, com essa frase incrível, dita na pior hora possível durante o episódio, eu me despeço. Já faz um tempo que assisto Arrow por obrigação e não quero mais fazer isso. Possivelmente terminarei a temporada, mas nem isso eu garanto. E para parar de ficar sendo chato nas reviews eu resolvi parar de fazê-las. Mas você não abriu essa aqui sem motivos. Desse episódio eu falarei e reclamarei, like always.


O nome do episódio, Taken, é uma clara homenagem aos filmes de Liam Neeson, onde ele tem que recuperar sua família que é sequestrada. Pena que Oliver não é metade de Liam, porque sua busca por seu filho não empolgou nem um pouco. A participação de Vixen foi talvez o único ponto alto do episódio, mesmo que eu não tenha me empolgado com a maneira que foi usada nem com a atriz.


Eu acredito que o que não funcionou nessa temporada foi a questão da magia. E olha que eles tentaram. Incluíram o Constantine (aliás, bela citação à ele), incluíram a Vixen. Mas não desce meu. Olha o Darkh, qual o poder dele? Enforcar pessoas à distância. Só isso. Que ameaçador...Fora que quando a Vixen rouba a sua fonte de poder, qual sua reação? "Bem, aconteceu". Sério? Depois eu que sou chato.


*Me imaginem suspirando* E o plot da Felicity? De paraplégica à andando em 3 episódios. De noiva à solteira em o que, 5? Só eu que me incomodei com o fato de que o filho do Oliver foi raptado e o foco foi ela se sentindo mal por não saber dele? Saudades de quando Arrow era sobre super-heróis e não sobre relacionamentos. Pode ter as duas coisas, mas com o foco na primeira, certo? Errado, vamos focar no drama. 


E parece que no fim a história dos flashbacks terá um final mais interessante do que a história principal. Apesar de que né, ainda não fazemos ideia do que o Reiter quer e do porque um ser ancestral fala em sua própria língua por um tempo e depois decide falar inglês.

Bem, diferente de Arrow, foi bom enquanto durou. Me despeço de vocês com essa última review de Arrow e os convido a acompanhar minhas opiniões em Legends of Tomorrow, The Flash e The Walking Dead. Nelas eu reclamo menos. Ou não.

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO

Reações:

Sobre o Autor

 
Top