Comentários
Isa Campos Isa Campos Author
Title: [REVIEW] GREY'S ANATOMY - S12E11: UNBREAK MY HEART
Author: Isa Campos
Rating 5 of 5 Des:
Começo essa review falando que eu odeio a April. Ela é irritante, ela tem cara de quem curte Pastor Malafaia e Edir Macedo no Face...




Começo essa review falando que eu odeio a April. Ela é irritante, ela tem cara de quem curte Pastor Malafaia e Edir Macedo no Facebook. Veja bem, minha birra pela personagem é tão grande que pensei em fazer uma lista de "10 motivos para se odiar a April", mas preferi gastar esses minutos da minha vida vendo mais seriados.

Esse episódio foi dedicado a ascensão e queda do casal "Japril". Vimos como eles se conheceram até o dia do divórcio de um jeito Lost de flashbacks e flashfowards. Sei que os fãs do casal devem ter ficado maravilhados, porque realmente foi muito romântico. Mas eu como hater só vi um episódio de como a April arruinou esse casamento. Como ela abandonou o Jackson e como o casamento deles na verdade nunca foi bom. Começou errado quando ele escolheu o último minuto para fugir com ela, ou seja, eles são um casal cujo casamento todo foi baseado em fugir. 


A April fala que não foi só uma coisa que acabou com o casamento deles, e sim várias coisas durante o tempo, pequenas coisas que eles foram aceitando e isso me lembrou uma história de filosofia barata que eu li no Facebook:
Se você puser uma rã numa panela, enchê-la com água e a colocar no fogo, vai perceber uma coisa interessante: o sapo se ajusta à temperatura da água, permanece lá dentro e continua se ajustando quanto maior for o calor. Quando a água está perto do ponto de fervura a rã tenta saltar para fora mas não consegue porque esta muito cansada devido a tantos ajustes que teve que fazer, e morre. Alguns diriam que o que matou a rã foi a água fervendo.O que a matou, na verdade, foi a sua incapacidade de decidir quando pular fora. Pare de se ajustar à pessoas erradas, relacionamentos abusivos, amizades parasíticas, trabalhos fim-de-carreira e tantas situações que vivem te "esquentando". Quando você já fez tudo o que pôde, e ainda tem que viver fazendo mais, você corre o risco de morrer tentando, e não alcançar nada. Saia fora disso. Comece outra coisa. Em outro lugar. Com outra pessoa. Enquanto ainda dá tempo.
Foi isso que aconteceu na relação deles. Eles são tão errados um para o outro que nem eles sabem explicar o porquê de se amarem. Jackson é racional e sabe que eles não são bons juntos, mas mesmo a mais racional das pessoas perde um pouco da razão no amor. Ele é a personificação da música do Justin Bieber "What do you mean?" Vejam só: "What do you mean?/ When you nod your head/ yes But you wanna say no/ What do you mean?/ When you don’t want me to move/ But you tell me to go" (O que você quer dizer/ Quando acena com a cabeça sim/ Mas quer dizer não /O que você quer dizer? /Quando fala para eu não me mexer/ Mas diz para eu ir embora/ O quer você quer dizer?)

O caso médico da semana (ou de vários anos) do Jackson não empolgou. Foi fofo a mulher ter escolhido ele para levar ela no altar, e o fato dele ter cuidado dela durante  todos os anos, mas o caso só serviu para ficar aquela dúvida sobre quem era a mulher. 


Enfim, "Unbreak my heart" foi médio, entretanto quando eu o julgava apenas um episódio para encher linguiça veio o plot twist no minuto final. April está grávida. E agora? Ela vai ter esse bebê? Ela vai contar para o Avery? Eles vão voltar? O bebê vai ser figurativo como os outros filhos dos médicos desse hospital?

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO

Reações:

Sobre o Autor

 
Top