Comentários
Leandro Cardoso da Cruz Leandro Cardoso da Cruz Author
Title: [FILMES] CRÍTICA #68 BATMAN V SUPERMAN: A ORIGEM DA JUSTIÇA
Author: Leandro Cardoso da Cruz
Rating 5 of 5 Des:
“ The Red Capes are coming, the Red Capes are coming...” Imagine a situação: Você acabou de sair do cinema em 2013 após ver Homem de...

The Red Capes are coming, the Red Capes are coming...”

Imagine a situação: Você acabou de sair do cinema em 2013 após ver Homem de Aço, um filme que iria dar o famoso reboot nos filmes do Superman. E desde a hora em que saiu sabia que o filme não foi perfeito, porém ele não te incomodou tanto como alguns disseram. Agora era esperar o anúncio de Homem de Aço 2 certo? Errado. Agora é a hora de saber que o controverso diretor Zack Snyder havia convencido a Warner e a DC Comics a inserir o Batman no seu próximo filme! E isso era o início de 3 longos anos de espera.


Finalmente a espera acaba e...Estou satisfeito. Saí da sala de cinema intrigado, não com dúvidas sobre a qualidade do filme, mas sim com as possibilidades criadas por ele. É perfeito? Não. Tem alguns erros bizarros? Sim. Mas creio que a recepção será melhor que a de Homem de Aço e que o futuro pode ser glorioso.



Começando pelo controverso (para alguns) elenco, temos o Batman de Ben Affleck. Seu Bruce Wayne é irritado, rancoroso e cansado por 20 anos lutando por uma cidade que não parece ter cura e isso fica explícito na sua maneira de agir. Seu Batman é um mito para as pessoas, mas que precisa tomar uma posição na nova conjuntura. Gal Gadot nos apresenta uma Diana Prince resolvida, desesperançosa na humanidade e mais preocupada em seus interesses. Mas meus amigos, quando ela luta, vale a pena prestar atenção! E o Lex de Jesse Eisenberg é tudo o que podíamos querer e mais. Ele é psicótico mesmo, paranoico, arrogante e dono de uma inteligência manipuladora ímpar. É impossível não vê-lo agir e não odiá-lo ao mesmo tempo.


A história do filme tem seus equívocos, mas funciona na sua maioria. A onipresença de Lois Lane era algo esperado, chega a incomodar em certos pontos e sua participação no fim no filme podia ser diferente, mas tenho minhas teorias que Snyder está guardando ela pra algo muito maior. O conflito interno do Superman pra mim funciona. Não estamos mais na Era de Ouro dos quadrinhos onde ele podia ser bom só por ser sua natureza. Ele é criado por humanos e isso o torna falho e sendo mais poderoso, suas falhas são maiores. A temática messiânica dele foi muito interessante. Já o Batman segue sua linha de eterna dúvida e se preparando para enfrentar a todos durante sua vida.


A luta dos dois não deixa nada a desejar. Suas motivações podem parecer rasas até, mas ao entendermos o contexto fica bem plausível, ainda mais sabendo que Lex está no filme. As referências ao Cavaleiro das Trevas de Frank Miller são ótimas. O que pra mim pode ter causado um problema foi o último trailer ter entregado o Doomsday como vilão. Preferia ter descoberto na hora. Mas que foi lindo ver a Trindade lutando junta, isso foi. E o (desde já) controverso final, vamos admitir, era esperado pelo arco dos quadrinhos retratado, mas não achei que a DC teria essa coragem. Palmas para Snyder.


Ah, quer saber sobre os rumores de Flash, Aquaman e Cyborg? Não vou entregar as cenas, mas eles estão lá e será um ótimo início. Tem mais referências ao que vem pela frente. Um grande vilão chegando, um arco magnífico que pode ser retratado e que você pode deixar passar se não entender o mensageiro. Isso é o embrião de algo muito maior senhoras senhores. O palco está pronto. O maior combate de gladiadores da história. DC vs Marvel, Warner vs Disney. E quem ganha? Somos nós.
Reações:

Sobre o Autor

 
Top