Comentários
Polyane Rocha Polyane Rocha Author
Title: [LIVRO] RESENHA - MAUS
Author: Polyane Rocha
Rating 5 of 5 Des:
Maus ("rato", em alemão) é a história de Vladek Spiegelman, judeu-polonês que sobreviveu ao campo de concentração de Au...


Maus ("rato", em alemão) é a história de Vladek Spiegelman, judeu-polonês que sobreviveu ao campo de concentração de Auschwitz, narrada por ele próprio ao filho Art. O livro é considerado um clássico contemporâneo das histórias em quadrinhos. Foi publicado em duas partes, a primeira em 1986 e a segunda em 1991. No ano seguinte, Maus ganhou o prestigioso Prêmio Pulitzer de literatura. A obra é um sucesso estrondoso de público e de crítica. Desde que foi lançada, tem sido objeto de estudos e análises de especialistas de diversas áreas -história, literatura, artes e psicologia. Em nova tradução, o livro é agora relançado com as duas partes reunidas num só volume. Nas tiras, os judeus são desenhados como ratos e os nazistas ganham feições de gatos; poloneses não-judeus são porcos e americanos, cachorros. Esse recurso, aliado à ausência de cor dos quadrinhos, reflete o espírito do livro: trata-se de um relato incisivo e perturbador, que evidencia a brutalidade da catástrofe do Holocausto. Spiegelman, porém, evita o sentimentalismo e interrompe algumas vezes a narrativa para dar espaço a dúvidas e inquietações. É implacável com o protagonista, seu próprio pai, retratado como valoroso e destemido, mas também como sovina, racista e mesquinho. De vários pontos de vista, uma obra sem equivalente no universo dos quadrinhos e um relato histórico de valor inestimável.

Preciso admitir que tenho uma relação complicada com histórias sobre a época da Segunda Guerra Mundial porque, ao mesmo tempo que esse tipo de narrativa me faz refletir sobre a natureza humana, ela também me faz ficar muito sensível. É quase impossível para mim ler ou ver, algo relacionado a Segunda Guerra, como o holocausto, as bombas nucleares, e não conseguir me sensibilizar. Então, quando leio algo sobre isso, amo, e ao mesmo tempo odeio, pois consigo ver até que ponto o ser humano chegou! 

Mas enfim, com relação à ‘Maus’, eu fiquei realmente surpresa e envolvida. É o primeiro quadrinho que leio sobre a época do nazismo e a Segunda Guerra, então não sabia muito bem o que esperar. Mas aos poucos o livro foi me conquistando com seus traços e os tons de preto e branco.

A história é um relato da vida de Vladek Spiegelman, que abrange o tempo antes, durante e depois da guerra, e foi narrada por seu filho, Art Spiegelman. Uma das coisas que me encantaram ao decorrer da história, é que ela não é ‘romantizada’, é puramente um relato da história de Vladek durante o sofrido período de guerra. Puro e simplesmente isso. A verdade, nua e crua, através de quadrinhos. Art Spiegelman não tentou sensibilizar seus leitores pro dramatizar demais o relato. Ele narrou e desenhou o que seu pai lhe contava, e isso fazia com que você visse e imaginasse todo o cenário pelos olhos de um sobrevivente. 

Outra fator que gostei bastante é que ele desenhou cada etnia por um tipo de animal diferente. Então os judeus eram os ratos, os alemães eram os gatos, os poloneses eram os porcos e os americanos eram os cachorros.  Além disso, os desenhos de Art Spiegelman são ao mesmo tempo simples e tocantes.



Enfim! Se você gosta de relatos sobre a Segunda Guerra Mundial, ‘Maus’ é um livro único, que vai te fazer ver uma das piores épocas da história humana, pelos olhos de um sobrevivente.

"Mickey Mouse é o ideal mais lamentável de que se tem notícia [...] As emoções sadias mostram a todo rapaz independente, todo jovem honrado, que um ser imundo e pestilento, o maior portador de bactérias do reino animal, não pode ser o tipo ideal de animal [...] Abaixo a brutalização do povo propagada pelos judeus! Abaixo Mickey Mouse! Usem a Suástica!" - artigo de jornal, Pomerânia, Alemanha, meados da década de 1930 (Página 164) 




Título: Maus
Autor: Art Spiegelman
Editora: Quadrinhos na Cia.
Páginas: 296
Ano: 2015
Onde Comprar: Amazon

















Reações:

Sobre o Autor

 
Top