Comentários
Michelle Louise Michelle Louise Author
Title: [LIVROS] RESENHA - STAR WARS: TARKIN
Author: Michelle Louise
Rating 5 of 5 Des:
Após o golpe que deu fim à Ordem dos Cavaleiros Jedi, com os tempos da Velha República cada vez mais no passado, Wilhuff Tarkin é um o...

Após o golpe que deu fim à Ordem dos Cavaleiros Jedi, com os tempos da Velha República cada vez mais no passado, Wilhuff Tarkin é um oficial de confiança em um Império ainda jovem, e sua atual tarefa é gerir a construção de um empreendimento decisivo nos planos da nova ordem: a estação espacial conhecida como Estrela da Morte. A mando do próprio Imperador, o oficial divide com o perturbador Darth Vader a liderança de uma força-tarefa dedicada a encontrar e deter os responsáveis pelo atentado. (Via Skoob)

Situado a cinco anos após os eventos de A Vingança dos Sith o livro Takin, que pertence ao cânone oficial, conta um pouco da vida do grande Moff Tarkin a quem já vimos – mesmo que brevemente no episódio IV- Uma Nova Esperança. 

Neste episódio somos apresentados ao Grand Moff, único abaixo do Imperador numa ordem hierárquica e responsável pela maior arma do Império, a Estrela da Morte. Tivemos pouco acesso a história e ao próprio personagem frio e extremamente articulador que, como um bom capitão, não abandona seu navio e decide não abandonar a sua maior criação quando a primeira Estrela da Morte acaba sendo destruída por Luke Skywalker.


James Luceno vem, de forma brilhante e com uma escrita magnifica, nos contar um pouco sobre esse Moff que pouco conhecemos mas que existe muito para ser apreciado –e até mesmo admirado.

Nos mostrando os lados dos vilões, em um mundo onde o nome Jedi agora é apenas uma lembrança, é possível perceber o que moldou Tarkin a ser quem ele é, passando por sua infância, juventude, provações e engenhosidades que terminaram por chamar a atenção do próprio imperador Palpatine. Embora a narrativa da obra seja em terceira pessoa, é possível se sentir basicamente dentro da mente de Tarkin, entendendo seu modo de pensar e tentando absorver os máximo que as memórias do mesmo tem para oferecer.

Quando a base sentinela onde o Moff estava trabalhando no projeto de construção da primeira estrela da morte é atacada, ele acaba sendo chamado as pressas para Coruscant pelo Imperador para investigar, juntamente com um tal de....Darth Vader (já ouviram falar?) um possível grupo de rebeldes unidos contra o império e responsáveis pelo ataque a base. Descobrimos, porém, que tudo é bem maior do que se poderia imaginar quando a Pico da Carniça – nave de Tarkin- é roubada. Uma caçada quase interminável a nave se inicia, e neste momento podemos apreciar a beleza de vermos Tarkin e Vader, dois imperiais a quem Palpatine tem muito apreço, trabalhando em conjunto, cada um com suas habilidades, a fim de capturar esses rebeldes. O interessante aqui é observar a relação de Vader e Tarkin, onde existe muito respeito e um clima extremamente frio, onde a cada possibilidade de desentendimento seu sangue congela imaginando o que sairia de um confronto entre essas duas mentes imperiais. 


James Luceno alterna a caçada principal do livro com flashbacks da vida de Wilhuff Tarkin, onde vemos que antes deste se tornar uma das mais importantes figuras imperiais,  teve uma infância dura em Eriadu, sua terra natal. Como tradição na família Tarkin, ele foi enviado cedo à Carniça, uma área selvagem onde este passou anos aprendendo a sobreviver nas situações mais adversas, aprendendo a caçar e pensar de forma estratégica para se manter vivo. Aprendendo a domar a natureza. 
Os seus anos de duro aprendizado impostos por sua família, moldaram Tarkin a ser quem é e as suas mais duras lições vívidas no Pico da Carniça – que dá nome a sua nave- moldaram seu caráter e sua forma de ver o mundo. Para ele, a ordem deveria ser instaurada através do medo, algo essencial para as questões do Império. Vemos aqui o surgimento da amizade dele com Palpatine (a quem descobrimos ter como primeiro nome Sheev), quando o Imperador era ainda Senador em Naboo. É interessante termos uma obra que nos fornece uma visão completa do Império, com seus ideais e crenças de forma de governar explanadas de uma forma interna. 

Esta é uma obra que nos permite ver um personagem tão marcante que quase não é possível admirar nos filmes de uma forma tão única e tão bem narrada que chega a impressionar. É uma leitura que, com toda certeza, vale a pena. Afinal, é sempre bom se deliciar nesse universo de Star Wars, principalmente tendo em mente um Império nos seus primeiros momentos pós fim da República e, ainda por cima, com a Estrela da Morte para adicionar aquele suspense a trama. 



Título: Tarkin
Autor: James Luceno
Páginas: 368
Ano: 2015
Editora: Aleph 


Reações:

Sobre o Autor

 
Top