Comentários
Ticianni Zabulon Ticianni Zabulon Author
Title: [REVIEW] FAKING IT - S03E02: LET'S HEAR IT FOR THE OY
Author: Ticianni Zabulon
Rating 5 of 5 Des:
É bem claro para todos os envolvidos que Karma e Amy estão loucas para fazerem as pazes, elas sentem falta uma da outra e todos os acont...

É bem claro para todos os envolvidos que Karma e Amy estão loucas para fazerem as pazes, elas sentem falta uma da outra e todos os acontecimentos não apagaram a importância que sua amizade tem, mas a magoa e o orgulho continuaram falando mais alto.

Tudo poderia ser facilmente resolvido com uma longa conversa sincera em particular. Se as duas simplesmente parassem para resolver as coisas sem influências ao redor, sem meias palavras e recados passados por terceiros, facilmente chegariam a uma conclusão. Porém é pra isso que a série está aí, pra nos deixar agoniados com tantos desencontros e mal entendidos.


Shane quer as duas juntas por não ter que escolher um lado, Lauren quer as duas separadas para não perder a amizade que vem desenvolvendo com a irmã. Ambos agindo por motivações tortas porém utilizando argumentos extremamente válidos, principalmente Lauren, que com todo seu protecionismo com Amy, expôs exatamente todos os pontos ruins da amizade e as ações controversas de Karma. Ela disse o que muita gente tem repetido massivamente sobre Karma desde a primeira temporada.

E tudo isso entra em contraste com as atitudes que Karma toma no episódio. Justamente ela é a pessoa que decide dar o primeiro passo, ainda dá lições a respeito disso e se torna a pessoa mais madura do episódio. Aquele momento em que percebemos quem realmente mudou nesses três meses de férias.

Amy é parte importante na vida de Karma e Karma é parte importante na vida de Amy. Os sentimentos de uma amizade tão forte não somem tão fácil assim. Mesmo ignorando completamente a parte romântica, o termo alma gêmea se aplica facilmente ao caso. Uma desperta o melhor na outra, uma conhece a outra melhor do que a si mesma, elas conseguem se comunicar sem usar palavras, costuma saber o que a outra sente e, às vezes, isso reflete em si mesma. Lauren nunca terá essa ligação com Amy, mas isso não significa que a ligação que estejam desenvolvendo não seja forte em outros sentidos. São diferentes tipos de sentimento e querer substituir Karma com sabotagens à reconciliação vai acabar voltando negativamente para si mesma.


O comportamento de Zita me lembrou bastante ao imaturo de Karma nas temporadas anteriores. Sinceramente: esperava mais dela, Mas parece que ninguém está a salvo desse tipo de comportamento ali. Certo que o histórico Karmico de Liam é pra deixar qualquer uma desconfiada, só que me deu uma leve impressão de descaracterização da personagem. Claro que vimos muito pouco da garota mas, para mim, a postura ciumenta insegura não cabia nela. E aquele beijo? O que diabos foi aquilo?

Sobre o plot religioso de Liam... Interessante a inclusão de mais uma diversidade na série, porém não consigo não me sentir frustrada com esse ser o único resultado da sua grande busca pelo pai, sem falar que no final tudo está servindo apenas para que o rapaz seja sugado novamente pelos seus sentimentos por Karma. Mais uma vez em seu ciclo sem fim deixando a pergunta: Quem é o Liam sem a Karma? Talvez nem ele mesmo saiba responder essa.

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO:
Reações:

Sobre o Autor

 
Top