Comentários
Rhayller Peixoto Rhayller Peixoto Author
Title: [REVIEW] THE FOSTERS - S03E19: THE SHOW
Author: Rhayller Peixoto
Rating 5 of 5 Des:
  Encher a bola de The Fosters com base em todo o conjunto da obra é de praxe em cada review escrita por mim, mas há momentos em que d...


  Encher a bola de The Fosters com base em todo o conjunto da obra é de praxe em cada review escrita por mim, mas há momentos em que devemos mostrar o porquê das coisas serem como são. Em uma análise bem subjetiva digo que em meio a essa temporada de mudanças nem sempre bem-vindas e com um foco meio disperso, esse episódio trouxe uma mensagem. Assistir The Show pareceu a mim como se os produtores estivessem dizendo aos fãs: "Sabe aquela série que vocês tanto amam? Este episódio serve para lembrar a vocês o motivo disso."


  Tudo ali foi genial, desde a apresentação (muito bem contextualizada, diga-se de passagem) até o final catastrófico que falarei sobre daqui a pouco. 
Se tem um casal que merece destaque e o tem justamente por serem os menos chatos de se acompanhar, é Mariana e Matt, todo o enredo de Romeu e Julieta trouxe essa tensão ao maior nível possível. Nem Nick, mesmo com todas as suas investidas, inclusive o roubo da carta,  conseguiu destruir o que existe entre os dois e que é lindo. Mariana não é perfeita, sabemos, mas é sensata e realista. Isso difere ela de todos os outros casais teen da série com exceção de Brandon e Courtney, de quem ando gostando muito ultimamente.
Por falar neles, admiro muito a maturidade da bartender ao conversar abertamente com Brandon sobre Callie. É algo que ele precisa muito, pois existe uma aura de maturidade sobre ele que não existe. Um ponto muito positivo é a exposição desses problemas.


  Falar desse momento da série sem citar Jude é algo inevitável. Seja por toda a descoberta de sua homossexualidade, muito bem abordada desde a temporada passada ou pelas recentes aparições e contribuições suas para o andamento da trama como um todo. O que importa é que ele consegue se destacar mesmo sumindo durante um ou dois episódios. Dessa vez tivemos todo seu sofrimento pelo término de seu primeiro namoro com o lampejo de um possível novo amor, coisa que o próprio Jude passou a cogitar depois do beijo dado por seu amigo. E ainda que as coisas tenham terminado da pior forma possível, com a morte de Jack eliminado toda uma possível história que os dois poderiam vir a ter juntos, o fato dele ter sido assassinado na antiga casa onde Jude morou com sua irmã Callie só estreita ainda mais as coisas. Sem dúvidas uma reta final de temporada sensacional.

Ps: Já era a hora de Ana e Mike se ajeitarem, apesar de que eu poderia apostar que ela voltaria com o pai dos gêmeos.
 
Reações:

Sobre o Autor

 
Top