Comentários
Ayla Aguiar Ayla Aguiar Author
Title: [REVIEW] ONCE UPON A TIME S05E14 – DEVIL’S DUE
Author: Ayla Aguiar
Rating 5 of 5 Des:
Finalmente saiu a review da semana, quase totalmente atrasada, mas nem tanto. Desculpa gente, sério mesmo. Vida de universitária não...


Finalmente saiu a review da semana, quase totalmente atrasada, mas nem tanto. Desculpa gente, sério mesmo. Vida de universitária não está fácil. Mas, como já estou quase de férias, vou me dedicar mais e não atrasar duas de uma vez. Obrigada pela compreensão. Então, vamos a review do episódio que vai ser focado no Hook, no Rumple, e na Millah. Não sei se vocês perceberam (certeza que sim, dã), de que os primeiros episódios dessa 5B estão sendo focados nos personagens? Começou com um enfoque na Regina se aceitando, passou para a Snow, e agora o trio.

Mas então, sobre esse episodio, ele já começou com referências ao filme em desenho do Hércules, e a mitologia, com o Rio das Almas Perdidas, o qual, se vocês lembram do filme, onde as almas dos mortos vão parar ali, todas, e onde a Megára tinha ido parar, antes do Hércules salvá-la? Pois é. Amei! Hook é apresentado a ele, ao passo que vai ser enviado para os amigos dentro de um barco por esse rio. Imaginem aí a raiva do Hades pelo Hook não querer escolher um dos amigos para os 3 túmulos no Submundo. (Continue assim Hook, que teus pontos tão subindo).



E antes de passar pra comentar o resto: não existe coisa mais bizarra do que ver crianças no Submundo. É triste e extremamente doloroso. Olha, se é pra machucar, vocês conseguiram. Crianças não deviam estar quase no inferno. Sério mesmo. Agora, continuando. Vemos o Rumple olhar a Belle e entrar em desespero ao procurar pelo filho e acabar vendo a esposa. Por que? A mesma está grávida! E ele tem uma dívida. O que não podemos esperar é uma coisa boa né? E é a partir dai que ele resolve ajudar o grupo a sair rapidamente da UnderBrooke (adorei o nome Regina hahaha), para voltar para o lado da esposa, e até o final eu não estava entendendo o por quê, além, claro, de querer se juntar a Belle.

Então, saem ele, a Millah e a Emma atrás do Hook, já que eles precisariam de uma pessoa já morta para chegar ao pirata, com a ex dos dois querendo de alguma forma se redimir ao fazer alguma coisa altruísta e reencontrar o filho para pedir perdão, e eu achei isso lindo, me emocionei tanto (coraçõezinhos para ela, eternos) e, finalmente, a galera recupera o pirata. Essa historia de ir atrás dele já estava me dando nos nervos, e sono demais! E, óbvio, me dando agonia pelo pobre estar todo machucado e ensanguentado, se recusando a escolher 3 dos amigos para ficar no Submundo.



E é a partir dai que acontece a loucura toda: enquanto o Hook é salvo pela Emma, o Rumple conversa com a Millah e tem a cena emocionante dela dizendo que ela queria se redimir, e Hades entra em cena para lascar com tudo. Juro para vocês: eu pensei que não fosse encontrar alguém pior que o Rumple nessa vida. Por que alguém que vende o segundo filho nem nascido (e eu sei que foi para salvar o Baelfire, mas não podia existir outro jeito?), e acabou sendo cobrado da pior maneira pelo Hades, tanto para atrasar e acabar prendendo nosso amado grupo no Submundo, para que assim ele escolhesse quem iria ficar preso no reino dele. E pasmem (o que de certa forma era óbvio também): Regina, Emma e Snow estão presas, não podendo sair. E sim: existe alguém pior que o Rumple, o governante do Submundo, Hades. Eu já to com tanto ódio dele, vocês sabem como é isso. 

E quanto mais você pensa, mas fica desesperada ao refletir em como eles podem sair do Submundo levando o Hook, já que a estratégia inicial da Emma de dividir o coração com o pirata não vai mais funcionar. Mas existiu também o alívio cômico e emocional do episódio: Cruella passando rápido demais, levando a um meme fora da série (morta, eternamente rindo disso huahuahua), ela ajudando a Regina (senti cheiro de algo mais para frente, nada que envolve Cruella ajudando me agrada), a Regina finalmente descobrindo que o Daniel seguiu em frente, e acho que por causa disso, ela conseguindo voltar a ter magia, e eu super mega feliz aplaudindo ela por isso, finalmente nossa Regina Mills está de volta completamente!

"Só checando. Estou de volta!"

E uma das melhores e mais engraçada cenas: Millah conhecendo a Emma, e a situação constrangedora da Salvadora conhecendo a mãe do ex, e ex do atual. Confuso? Não seria Once Upon a Time se não fosse! E uma cena que entrou pro meu top 5 de cenas constrangedoras, engraçadas e de melhores cenas da serie. Once tem dessas, de te animar e fazer feliz em um episódio sombrio. E deixa eu morder um pouco a língua com essa 5B: o que na primeira parte da temporada eu quase chorei de ódio por estar tão ruim, nessa B eu já estou é aplaudindo pelos episódios bons e que me prendem. Por que Once tem isso hein? E vem desde a 2ª temporada, uma parte maravilhosa e outra que você quer morrer, e desistir da serie, ou o inverso. Eu hein! 

P.S: Não, eu ainda não aceitei esse cabelo azul do Hades, e sim, eu sempre irei rir, acreditem!
Reações:

Sobre o Autor

 
Top