Comentários
Maluci Vieira Maluci Vieira Author
Title: [ESPECIAL] DAVID TENNANT
Author: Maluci Vieira
Rating 5 of 5 Des:
David John McDonald, mais conhecido por seu nome artístico, David Tennant, completa hoje (18 de Abril) 45 anos. E ao longo da sua vida a...

David John McDonald, mais conhecido por seu nome artístico, David Tennant, completa hoje (18 de Abril) 45 anos. E ao longo da sua vida acumulou diversos trabalhos bem sucedidos, tanto no teatro, cinema e séries, como em outras áreas. Aos três anos, Tennant disse aos seus pais que queria ser ator porque era fã da série Doctor Who. E, na mesma série, bons anos depois, foi onde teve sua carreira alavancada. Apesar de que seu primeiro drama de alto nível da BBC foi ainda em 1994, com Takin' Over the Asylum . 

Meu carinho pelo ator foi instantâneo. Assim que o vi fazendo as suas típicas caretas, principalmente arqueando as sobrancelhas, marcado também pelo forte sotaque, comecei a pesquisar mais sobre sua carreira. E assim deixo aqui algumas dicas e opiniões sobre séries e filmes que tive a oportunidade de assistir.

MINISSÉRIES


Blackpool  É uma minissérie da BBC de 2004, parte musical, parte thriller. Onde Tennant co-protagoniza com David Morrissey (Cap. Brandon de Razão e Sensibilidade, também conhecido como Governador – de The Walking Dead). Logo após o empresário Ripley Holden (Morrissey) abrir sua casa de espetáculos em sua querida cidade de Blackpool, na Inglaterra, ocorre um assassinato cujas investigações afetarão diretamente sua vida pessoal e profissional. Você poderá apreciar as interpretações cômicas de ambos atores, cantando e - dançando - clássicos de Queen e Blondie. Episódios: 6.


Casanova  Expõe a vida do italiano Giacomo Casanova que se passa no século 18. Baseado em seu livro de memórias com 12 volumes. Script de Russel T. Davis e dirigido por Sheree Folkson. Conta a história desse personagem através dos olhos do próprio quando mais velho. Ambos os atores, tanto Tennant interpretando Casanova quando jovem, como Peter O'Toole dando vida a Casanova mais velho, conseguem atribuir  a mesma fórmula ao personagem, uma visão despreocupada, levando a vida de uma forma divertida e principalmente se dando bem com as mulheres. O típico jeito boêmio. Episódios: 3.


True Love – Ainda envolvendo o romance, mas em um patamar completamente diferente, temos True Love. Criada por Dominic Savage, a minissérie narra histórias sobre os relacionamentos amorosos de diversos casais que vivem em uma mesma cidade. A curiosidade está por conta dos diálogos, que são improvisados pelos atores. Com base em uma sinopse, o elenco conduz a trama para as situações e finalizações propostas pelo autor. Ele aparece em apenas um episódio, e de todos, é o trabalho de Tennant que eu gosto menos. Não por conta de sua atuação, simplesmente não consegui gostar do personagem nem mesmo da história do episódio em questão, o 1 ep. Na minissérie vocês ainda vão poder ver Billie Piper (Doctor Who) e David Morrissey (The Walking Dead). Episódios: 5.


Single Father  Nessa série de 2010, Tennant é casado com a mulher que considera perfeita e tem uma ótima família. Quando repentinamente sua esposa sofre um acidente fatal, ele fica com a missão de cuidar de seus filhos e criá-los sozinho. É uma história carregada de drama, super comovente, e recomendo demais para quem gosta de histórias envolvendo dramas familiares. As chances de você chorar junto com o personagem são grandes. Episódios: 4.


Em The Escape Artist  Tennant interpreta Will Burton, um brilhante advogado que ainda não perdeu um caso. Requisitado por muitos, ele decide testar seu talento na defesa de um suspeito de assassinato. Um caso que está nas manchetes dos jornais pode tanto dar a Burton o reconhecimento do grande público, como complicar a sua vida de uma forma que ninguém poderia imaginar. Em alguns pontos se assemelha a Single Father, mas o foco está dessa vez mais na profissão do que propriamente no papel de pai. Leva a pessoa a refletir até onde iria naquele contexto. Episódio: 3.


Taki'n over the Asylum – Esse é um drama sobre uma estação de rádio hospitalar localizada dentro do Manícomio St Jude's.  É um tema delicado que tenta chamar atenção para o cuidado ao lidar com as pessoas, a dedicação no seu trabalho e em fazer o que você ama. Intercala em mostrar o assunto com mais carga dramática e outras vezes com mais leveza, sendo bem divertida. Antes mesmo do Tennant aparecer na tela, você já reconhece a voz. Quem o vê de cabelos grisalhos hoje, pode nem conseguir imaginá-lo bem loiro. Posso afirmar que essa minissérie precisa de um remake. Sem dúvidas esse é um dos meus trabalhos favoritos entre todos que o ator já fez. Com ótimas músicas, eu já estava encantada antes mesmo de tocar Hey Jude. Apesar de ser de 1994, os temas abordados são extremamente atuais. Assim descobri que é possível sim gostar e admirar ainda mais esse ator. Episódios: 6. 



Spies of Warsaw – Tennant protagoniza um personagem, Coronel Jean François Mercier, que se percebe cercado por traições e conspirações na cidade de Varsóvia durante o período pré-2ª Guerra Mundial. O clima frio da minissérie é amenizado com a paixão direcionada a Anna (Janet Montgomery). Por possuir dois ep. longos, pode-se mostrar um pouco cansativa. Contudo, o tema histórico envolvendo missões e serviços de inteligência trazem uma boa tensão a série. Episódios: 2.

SÉRIES



Jessica Jones   Jessica Jones (Krysten Ritter) tenta a levar a vida como detetive particular no bairro de Hell's Kitchen, em Nova York, na sua própria agência de investigações, a Alias Investigations. Diferente do que estamos acostumados a ver, dessa vez Tennant interpreta um vilão, talvez, um dos melhores do Universo Marvel. Kilgrave além de ter a perversão clássica de um vilão, como não gostar de crianças, se mostra muito mais complexo, apresentando durante toda a série ter problemas psicológicos. O sorriso irônico e o charme natural de Tennant continuam ali, todos aqueles traços que você mais adora convertidos em um vilão sádico e perverso. Sem esquecer do sotaque – "JESSSICAAA!!! Now, Jessica!" (voz do Tennant). Episódios por Temporada: 13. Temporadas: 1.


Broadchurch –  A série aborda o drama vivido por uma família que mora na pequena cidade de Broadchurch, onde o corpo de um garoto de onze anos é encontrado. Jornalistas da cidade acabam chamando a atenção da imprensa nacional, o que gera pressão e especulações que não ajudam em nada o trabalho da polícia local na solução do caso. A investigação comandada por Alex Hardy (Tennant) e Ellie Miller (Olivia Colman) nos mostra até onde devemos desconfiar. Indico também para as pessoas que acabam se ligando mais aos dramas e pessoas envolvidas no caso do que propriamente no crime. Porém o diferencial dessa série é que ela não peca nesses aspectos, todos os mínimos detalhes e sentimentos são valorizados, nada é deixado de lado, todas as pontas se fecham no final. Episódios por Temporada: 08. Temporadas: 2.


Gracepoint  É um remake americano da série Broadchurch, que também conta com Tennant no papel principal. Essencialmente a história é a mesma, porém com um final diferente. Para quem já assistiu Broadchurch, vale a pena ver Gracepoint? Não, nem o Tennant salva. As demais atuações são em maioria péssimas e o nível é muito inferior. Sem contar que a alteração é mínima, é apenas um remake muito ruim que tem um plot twist "meia boca" nos últimos 10 minutos de série. No lugar de Olivia Colman vamos ter Anna Gunn, mais conhecida como Sky em Breaking Bad. Episódios por Temporada: 10. Temporadas: 1.


Doctor Who – É uma premiada série de ficção científica britânica, produzida e transmitida pela BBC. A série mostra as aventuras de um Time Lord, um alien viajante do tempo que possui dois corações, conhecido apenas como Doctor. Ele explora o universo em sua máquina do tempo, conhecida como TARDIS (Time And Relative Dimension In Space), cuja aparência exterior se assemelha a uma cabine policial londrina dos anos 60, and It’s biggest on inside. Juntamente com os seus companions, o Doctor enfrenta uma variedade de inimigos, enquanto trabalha para salvar as civilizações, ajudar as pessoas e corrigir erros. 

Claro que Doctor Who é muito mais que isso, poderia ficar falando horas sobre a série, pois é a minha favorita, mas dou apenas dois conselhos, deem uma chance e mesmo depois do piloto continuem assistindo, aquilo é um caso a parte. David Tennant aparece apenas na segunda temporada, mas peço que se forem dar a chance a série, façam isso da forma mais correta, assistindo desde a 1ª temporada da nova versão (2005). Não é necessário ter assistido a clássica (1963) para entender, mas se no futuro for do seu interesse, deixo aqui registrado que vale muito a pena. Episódios por Temporada: 13 em média. Temporadas: 9 (nova versão).

FILMES


Hamlet – Em uma trama carregada de ódio e traição, Hamlet quer se vingar de seu tio Cláudio pela morte de seu pai. Apesar de ser uma versão contemporânea, o filme mantem-se fiel à obra-prima de William Shakespeare. É tido pelos críticos como o melhor e mais inteligente Hamlet dos últimos tempos. Então, esperem por algo denso, porém de extrema qualidade. Ora parece que você assiste a um filme, ora a sensação em muito deve se assemelhar a estar em um teatro assistindo a peça, pois, em certos momentos, é como se Hamlet estivesse ali confessando a você, todos os seus temores e desejos. Tennant nasceu pra ser Hamlet, tão dramático e intenso como tal, não imagino outro levando monólogos tão bem. A loucura lhe caiu perfeitamente. Drama - 180 min.


Fright Night  David Tennant em calças de couro, apenas. Ok, o filme não é só isso, mas essa é uma coisa que não passa despercebida. Tennant interpreta um ilusionista excêntrico e como quase todos adoram personagens assim, fica difícil não gostar dele. Sabe quando de tão tolo o filme acaba até se tornando engraçado? Então, esse é o caso, mas quase passaram um pouco do ponto. A sorte é que o filme é bem doidinho e lendo a sinopse você já espera mesmo algo do tipo, então as expectativas nunca ficam muito no alto. É um bom entretenimento. Comédia/Terror - 106 min.


The Decoy Bride  É uma comédia romântica britânica que se passa em uma ilha ficcional da Escócia, onde tudo o que acontece que não deveria ser clichê, acaba se tornando um. Não de forma pejorativa, mas esse é um daqueles filmes cheios de “aww” e “sei que isso vai acontecer no final, mas..”, bem do tipo água com açúcar. Está com vontade de assistir um filme com cara de sessão da tarde, mas com sotaques deliciosos e o Tennant de kilt? Veio ao lugar certo. Comédia/Romance - 89 min.

What We Did on Our Holiday  A comédia britânica costuma ser bem diferente daquelas que alguns estão mais acostumados a assistir, mas é um estilo que me agrada.O filme mostra uma família unida na missão de visitar o avô de Doug (Tennant), que está fazendo aniversário. No entanto, essa família mantém um segredo que decide não revelar para não estragar o clima de festa. A forma como o filme brinca conversando entre a maturidade e a inocência no núcleo infantil é fantástica. As atuações estavam maravilhosas, não querendo desmerecer Tennant e Rosamund Pike, mas as crianças foram os verdadeiros destaques do filme. Comédia/Drama 95 min.


Einstein and Eddington  O filme é na verdade uma dramatização do trabalho histórico dos cientistas Sir Arthur Stanley Eddington (inglês) e Albert Einstein (alemão) empenhados em elaborarem e provarem a Teoria Geral da Relatividade enquanto os respectivos países se envolviam nos conflitos da I Guerra Mundial. Através do ponto de vista de Einstein e Eddington (Tennant) é possível ter uma breve ideia das dificuldades que até mesmo os homens mais inteligentes passavam para provar que estavam certos, pois estes, apoiados na ciência, vão contra as certezas de sua época e enxergam além do seu tempo. Drama/Histórico 94 min.


United  Baseado na verdadeira história dos lendários “Busby Babes”, uma famosa equipe jovem do Manchester United. O filme consegue mostrar muito bem como um time vivencia todas as experiências junto, tanto as boas como também as mais trágicas. Os jogadores eram apenas meninos que tiveram que aprender rapidamente a lidar com diversas situações que se espera ter que passar durante toda uma vida. Recomendo para aqueles, assim como eu, fãs de histórias sobre o futebol. Drama/Esporte/Histórico 94 min.


Reações:

Sobre o Autor

 
Top