Comentários
Ticianni Zabulon Ticianni Zabulon Author
Title: [REVIEW] THE 100 - S03E15: PERVERSE INSTANTIATION PART 1
Author: Ticianni Zabulon
Rating 5 of 5 Des:
Na primeira parte do final, todos os núcleos passaram a trabalhar em conjunto porém, mais uma vez, acabando em um plano falho. Se no fin...

Na primeira parte do final, todos os núcleos passaram a trabalhar em conjunto porém, mais uma vez, acabando em um plano falho. Se no final do anterior o grupo se encontrava em maus lençóis, nesse tudo foi por água a baixo de vez. Unidos, mas unidos caminhando para uma emboscada, o ritmo frenético de acontecimentos não deixava nem os nossos favoritos e nem a gente respirar. Feridos, nocauteados, torturados, atingidos ou enforcados, ninguém está a salvo. Que venha a última parte.

O tal espião de ALIE foi revelado e em grande estilo. Desde o inicio da temporada, a fragilidade emocional de Jasper indicava sua fragilidade. A surpresa, na verdade, foi o longo tempo que demorou para que o rapaz se entregasse para o chip da felicidade. Desde o momento em que apunhalou o melhor amigo até o uso do modo controlado/medonho de falar, as cenas de Jasper tomado por ALIE foram um presente.


Por falar em presente, tivemos o reencontro de Murphy com os Sky People restantes depois de quase duas temporadas afastados. Lembrar da arqui-inimizade entre Bellamy e Murphy lá na primeira temporada, só traz maior significado para sua união em cenas como as do elevador por exemplo. A dupla que queria se enforcar na S1 agora salvam a vida um do outro na S3, é para isso que estou aqui.

Ontari, aquela personagem cujo as pessoas querem se livrar o mais rápido possível, mas que acaba se despedindo no pior momento. Sinceramente esperava mais da sua passagem pela série depois de tanta confusão causada com sua chegada e personalidade. O governo de Ontari durou pouco e teve efeito zero, visto que no período em que ainda tinha controle sobre o próprio corpo, seu comportamento de criança mimada fazia com que sua maior preocupação fosse conseguir provação dos outros, deixar de ser uma falsa comandante e no fim a garota nunca se tornou Heda, muito barulho por nada.


Parece que na sala dos roteiristas fizeram uma reunião para fazerem apostas de quem tinha as melhores ideias para traumatizar a nossa protagonista. Porque depois de tudo o que Clarke tem passado, não a colocaram apenas para ser torturada pela própria mãe, mas também pra ser indiretamente responsável pelo seu enforcamento. Apesar de todas as desgraças, tivemos mais uma prova da força da loira, que abriria mão da vida da mãe pelo bem de todos os outros. Clarke estava preparada para viver com o peso da morte de Abby para salvar aquelas pessoas que quase nunca apreciam seus sacrifícios. Clarke Griffin precisa urgentemente de férias!

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO:
Reações:

Sobre o Autor

 
Top