Comentários
Rayssa Rayssa Author
Title: [REVIEW] PERSON OF INTEREST - S05E04E05: 6.741/SHOTSEEKER
Author: Rayssa
Rating 5 of 5 Des:
Shaw is back! Gente, que saudade da nossa amada sociopata! Seja vem vinda, Sarah Shahi. Sentimos falta de você batendo em todo m...

Shaw is back!

Gente, que saudade da nossa amada sociopata!

Seja vem vinda, Sarah Shahi. Sentimos falta de você batendo em todo mundo e das trocas de olhares e frases de duplo sentido com a Root.

Mas devo confessar que eu saquei tudo desde o início. Estava desconfiada de que tudo não passava de uma ilusão criada pelo Samaritano, especialmente quando todo mundo começou a morrer.

É só porque pareceu fácil demais, sabe? Tipo, nós estamos procurando a bendita da Shaw faz meses. E do nada ela foge, encontra a equipe e todos são felizes para sempre? Não parecia muito Person of Interest. Aqui eles gostam de torturar a gente antes de dar solução para as coisas.


Mas é claro que mesmo assim deu para apreciar a peculiaridade que é a Sameen e matar um pouco da saudade. Seja ela falando que iria matar o atendente da loja (que de cara ganhou um apelido super 'carinhoso') na cara dele com a maior naturalidade, seja a cena de sexo dela e da Root (só eu que fiquei gritando "finalmente!"?) ou da interação dela com o Bear.

Mas é claro que o tempo todo eu fiquei esperando ela surtar, porque já foi anunciado pela bitch loira da temporada passada (lembram que eu dei esse apelido para a Martina?) que ela tinha sido convertida.

Pelo menos nossa amada Sameen ainda está resistindo bravamente. E que fôlego, hein? Não é para qualquer um passar por 6.741 simulações de lavagem de cérebro. Aguenta firme, Shaw! Estamos indo te salvar!


Mas devo confessar que estou ao mesmo tempo ansiosa e receosa pelo encontro dela com a equipe. Como será a Shaw-Agente-do-Samaritano? Palpites?

Em "ShotSeeket" fomos apresentados a mais um número. E de novo eu já percebi que tinha mão do Samaritano no meio da história. Afinal, no que eu vi a cara do Jeff Blackwell juntei as peças imediatamente.

E por causa disso já entendi porquê o programa estava dando erro, como a pesquisa foi roubada ou mesmo porque a Root não estava conseguindo abri-lo.


Aliás, todo este foco no Jeff está me deixando com a pulga atrás da orelha. Será que poderemos contar futuramente com ele como Agente da Machine? #venhaparaoladosemsamaritanodaforça

E não entendi também a obsessão do Samaritano com a pesquisa da Krupa. Será que a intenção era realmente dominar o estoque alimentício do mundo? Ando concordando muito com o Finch ultimamente. Não sei se isto é bom ou não.

Mas falando de coisa boa, vamos falar de Elias! Gente, só eu que emocionei de ver meu vilão favorito vivo?

Eu fiquei de luto quando achei que tinham matado ele na temporada passada. Porque não tem um só fã de Person of Interest que não ama o Elias. Aliás, a gente até esquece que ele é do mal, chefão do crime e que tentou matar nossa equipe mais de uma vez. Porque ele é simplesmente foda!


E por isso o Bruce ficou me irritando. Todas aquelas perguntas. Lembram que o Elias sacou exatamente o que estava acontecendo? Como ele foi percebendo pelo tempo de resposta do John e do Harold em relação às pessoas em perigo a existência de uma inteligência artificial por trás de tudo isso?

Só não sei se ele percebeu a existência do Samaritano ou se o Harold contou para ele. Mas espero que possamos nos deliciar cada vez mais com mais participações do Elias!

Aliás, eu acho que os roteiristas tiveram a ideia de trazer o personagem de volta agora. Porque ele parecia bem morto para mim na temporada passada. E o Fusco foi bem convincente quando falava da morte dele e do Dominic.

E esta aí outra coisa que está me incomodando: galera, já passou da hora de contar para o Lionel sobre o Samaritano. Daqui a pouco esta bomba vai explodir só porque ele não sabe a magnitude de quem está enfrentando.


Ele já está sendo monitorado. Não falta muito para ele ser considerado uma ameaça. E daqui a pouco vai surgir os agentes com ordens para eliminá-lo. E estes agentes são iguais a Matrix, surgem do chão, do nada, em dezenas. Só está faltando o Agente Smith para completar a festa.

E as simulações Machine x Samaritano, hein? Acho que já passou da hora do Harold perceber que tem que fazer alguma coisa, porque do jeito que está a Machine não tem como derrotar o Samaritano. E a tão anunciada guerra se aproxima cada vez mais.

O que você acha?

Melhores momentos:

"-Você inventou este jogo sozinho ou eles te disseram para me matar de tédio?"

"-Agora vamos brincar. Morto ou vivo?
[tiros]
-Vivo. Quem diria? É isso que eu chamo de trabalho em equipe."

"-Posso te ajudar a achar alguma coisa?
-Cai fora, Milhouse."

"-Estamos em um vagão de metrô em movimento que deve estar cheio de cocô de rato. Não é a sala de cirurgia ideal.
-Fugitivos não podem ser exigentes."

"-Porque ações não são a sua praia, não é? Ao menos procuraram por mim?
-Claro que sim.
-Não o suficiente."

"-Eu não estou cansada. É difícil imaginar nós duas saindo disso inteiras.
-Que seja de um jeito e tanto a nossa ida."

"-Shaw não é o inimigo. Você não faz ideia do que o Samaritano fez com ela.
-Ou como ele a mudou?
-Eu não vou machucá-la. E nem você."

"-Eu aprecio o seu comprometimento com a autenticidade, minha cara Sameen, mas é hora de acabar com esta farsa, não acha?
-Eu acho que você tem sorte de estar vivo.
-Sim, eu tenho. Graças a você. Você está quase concluindo sua missão. Tudo está seguindo exatamente como planejamos."

"-Senhor, ela se matou de novo. E não nos aproximou da localização da Machine.
-Parece que ainda temos mais alguns problemas para resolver.
-A boa notícia é que ela esperou mais de uma hora antes de matar o senhor.
-Que animador."

"-Você colocou o bebê Samaritano na creche.
-Só o núcleo do código dele, preso dentro desta gaiola de Faraday.
-Qual o seu plano, Harry? Amarrá-lo em uma cadeira e fazer perguntas?
-Não, pensei em deixar isso com a Machine. Comecei a encubar um núcleo similar ao da nossa IA. Logo, as duas entidades poderão interagir em uma série de simulações controladas, com a Machine procurando fraquezas no código do Samaritano.
-Como rivais jogando xadrez online."

"-Você já considerou recodificá-la em uma posição mais defensiva?
-Quer dizer armar a Machine?
-Mais como equipá-la com as ferramentas que precisa para melhor se proteger.
-Autopreservação é muito próxima da agressão.
-Uma criança, a sua criança, precisa aprender a devolver o empurrão no parquinho.
-Este não é um instinto que devemos esperar nutrir em qualquer superinteligência artificial. Nem mesmo na que chamamos de nossa.
-Ela é nossa única aliada nesta guerra. Tem que aprender a confiar nela."

"-Você trabalha para uma organização chamada Samaritano. Eles talvez tenham te convencido das suas boas intenções. Mas acreditem em mim, eles estão mentindo."

"-Quem fez isto com você?
-Há um novo jogador por aí. Um que é invencível, alguém que é melhor nem tentar enfrentar.
-Do que você está falando? Sempre enfrentamos nossos inimigos de frente. Construímos um mundo todo deste jeito. Eu, você, Anthony.
-Não há mais espaço para pessoas como nós e você sempre entendeu o valor das sombras."

-Harold, qual a situação no metrô? As simulações estão rodando?
-Houve mais de 10 bilhões de cenários até agora e sinto dizer que a Machine está sofrendo.
-Quão ruim?
-Ela perdeu em todos, John."

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO

Reações:

Sobre o Autor

 
Top