Comentários
Ayla Aguiar Ayla Aguiar Author
Title: [LIVROS] RESENHA – NO SEU OLHAR
Author: Ayla Aguiar
Rating 5 of 5 Des:
Filha de imigrantes mexicanos, Maria Sanchez é uma advogada inteligente, bonita e bem sucedida que aprendeu cedo o valor do tra...




Filha de imigrantes mexicanos, Maria Sanchez é uma advogada inteligente, bonita e bem sucedida que aprendeu cedo o valor do trabalho duro e de uma rotina regrada. Porém um trauma a faz questionar tudo em que acreditava e voltar para sua cidade natal, a pequena Wilmington.

A cidade também é o lugar que Colin Hancock escolheu para se dar uma segunda chance. Apesar de jovem, ele sofreu mais violência e abandono do que a maioria das pessoas. Também cometeu sua parcela de erros e magoou mais gente do que gostaria. Agora está determinado a mudar de vida, torna-se professor e dar às crianças o carinho e a atenção que ele próprio não teve.

Colin e Maria não foram feitos um para o outro, mas um encontro casual durante uma tempestade mudará o rumo de suas historias. Ao confrontar as diferenças entre os dois, eles questionarão as próprias convicções. E ao enxergar além das aparências, redescobrirão a capacidade de amar.

Porém, nessa frágil buscar por um recomeço, o relacionamento deles é ameaçado por uma serie de incidentes suspeitos que reaviva antigos sofrimentos. E quando um perigo real começa a se impor, Colin e Maria precisam lutar para que o amor sobreviva.



Bom, a primeira frase que me vem à cabeça para descrever esse livro é: ele é foda! E por alguns motivos que irei começar descrever aqui. Então, irei começar a falar primeiro sobre os personagens, que eu queria muito que existissem na minha vida, para abraçar cada um.

Mas meu amor maior é o nosso casal: Maria e Colin. Ela, descendente de mexicanos, nasceu e cresceu nos EUA, quando criança falando espanhol até ir para escola. Apesar das dificuldades, conseguiu se virar e se tornar uma pessoa que deu valor a tudo que os pais proporcionaram, já que eles tiveram um típico caso de imigrantes que fizeram sucesso na cidade que se estabeleceram ao abrir um restaurante de comidas típicas mexicanas. Ela foi criada cercada de amor, e junto com a irmã 7 anos mais nova, conseguiu também vencer na vida. E ao começar no seu primeiro emprego, na promotoria, sofre um abalo em um caso especifico em que todas as provas residiam contra o agressor, e ainda assim a justiça foi a seu favor, não da vitima, resultando na morte da última, com suicídio seguido do agressor. Isto levou sérios problemas à Maria, pois ela foi uma das responsáveis para trabalhar no caso, e acabou não conseguindo ajudar por não ter todo esse poder. Já o Colin sofre desde criança: um filho por acidente em uma família já “completa e perfeita” foi diagnosticado com TDHA (déficit de atenção e hiperatividade), o que resultou em ele não conseguir focar atenção e acabar se tornando violento, levando os pais a tentarem coloca-lo em diversos colégios, incluindo militar, levando o mesmo a ter um exemplo de professor durante um curto período, que o entendia e conseguiu ajuda-lo a focar. E isso levou a uma decisão futura de usar toda a energia e raiva em lutas, enquanto ele conseguia ir para faculdade, um pouco tardiamente, com um sonho de ser professor e seguir o exemplo que ele teve quando adolescente. Esse foco e completa mudança, veio depois de muito tomar porrada da vida, e se meter em confusões insanas, resultando em um acordo, que graças ao pai, se ele ficasse 5 anos sem se meter em brigas e ir para cadeia, a ficha dele seria totalmente limpa. E com a ajuda de um grande amigo de infância, e da noiva do mesmo, ele tenta se reerguer e tornar sua vida normal ao trabalhar e ir para faculdade se formar, para realizar o sonho de ensinar crianças.

Eles dois são diferentes em personalidades, com vidas de certa forma também diferentes, mas com uma única coisa em comum: a luta para mudar, deixar o passado quieto, focar para não repetir os mesmos erros. O problema? Esse mesmo passado não quer os deixar. Depois de se conhecerem da maneira mais improvável e louca: o Colin, todo machucado depois de uma luta, ajuda a Maria a trocar o pneu em uma chuva torrencial. Imaginem o susto da pobre. E, graças à intervenção da Selena que é colega de classe na faculdade do Colin, eles dois acabam se conhecendo melhor, e um tempinho depois, um relacionamento se inicia.

Só que a paz não dura muito: o passado da Maria ressurge, em forma de ameaças, como aconteceu logo após o caso que ela trabalhou terminar em tragédia, e ela também ter sido ameaçada na época. Foi o que levou ela a voltar para a cidade natal, morar perto dos pais e arranjar um novo emprego, onde ela é constantemente assediada por um dos chefes. A vida dela não é boa! Tadinha da Maria, fiquei o livro todo agoniada querendo ajudar sem poder. E isso faz surgir outro problema: o Colin quer ajudar e tudo que é jeito e proteger tanto a namorada quanto a família dela, certo? Só que, ele tem muito medo de deixar a raiva tomar o controle, e ele acabar machucando alguém que não merece ao tentar resolver o problema. O que quase aconteceu, ele perdeu o controle em um bar, que ele estava com os dois melhores amigos e a Maria, ao perceber que o mesmo perseguidor de 2 anos atrás, do antigo caso, voltou a assombrar a Maria, e ninguém conseguiu reconhece-lo.

E a Maria verdadeiramente se assustou. Ela viu o lado negro dele, e resolveu dar um tempo, enquanto tentava por ordem na própria vida, resolvendo o problema das ameaças e perseguições (sem sucesso), além de tentar descobrir como de fato funciona o relacionamento dela e do Colin, e os próprios sentimentos. Enfim, o resultado é que: o Colin continuou ajudando sem ela saber e juntando as peças, e ela acabou sendo atacada, não fisicamente, mas o apartamento dela foi quase todo destruído, como um aviso e sempre com a mensagem “Você vai saber qual é a sensação.”. Eu já estava desconfiada de quem seria o tal perseguidor, e só confirmaram tudo numa cena do livro. E por causa dessa invasão no apartamento, o nosso casal acaba voltando.

E as maiores sensações desse livro foram de medo pela Maria, pela família dela, que quase toda já mora nos EUA, resolvendo ir pra casa do irmão para protege-la e ajudar a pobre, enquanto ela tem o apoio também dos amigos do Colin, que viraram amigos dela. De amor por esse casal maravilhoso: por mais que eles sejam diferentes, eles se completam e é apenas lindeza. Ah, o Colin tem uma sabedoria, tipo, apenas maravilhosa. E ele não mede papas na língua, mas ao mesmo tempo ele consegue falar de uma forma que não te ofenda. Ele é um fofo maravilhoso, de alma iluminada.

O outro grande sentimento é de proteção com a Maria, mesmo ela não precise de proteção. Ela tem uma força louca, além de sempre ter feito esportes e já adulta, stand-up paddle, ela, claro, ficou aterrorizada com as mensagens, o perseguidor, quase enlouquece querendo acabar com tudo isso. Mas ainda assim, ela não se deixou levar o suficiente. Ela chegou num ponto de dizer “Perai, chega, eu vou lutar contra isso e vou descobrir que diabo estava acontecendo.” E foi. Ajudou o Colin, foi atrás, brigou, lutou, fez pra acontecer.

E assim, eu venho percebendo nos últimos livros do Sparks que ele tem feito muitas mulheres fortes, que de alguma maneira conseguiram escapar de abusos sérios e estão ai, de cabeça erguida tentando reconstruir a vida, e conseguindo. E não dependem de ninguém pra isso. Eu me senti representada, sabe. E amo isso nos livros dele. E às vezes, você pode estar numa crise e não ver mais sentido em querer lutar, e então surge aquela pessoa que te diz “Desiste não! Vai, levanta, eu estou aqui pra te segurar quando o peso for demais”. O Colin e a Maria acharam isso no outro, a força de querer acabar de vez com os pesadelos e querer lutar.

Outros personagens maravilhosos: os amigos do Colin: o Evan e a Lily. Os dois são outro tipo meio imprevisível de casal, ele é aquele tipico cara extremamente inteligente e engomadinho, ela é quase uma miss, e ainda assim eles dois deram tão certo que é fofo, lindo e maravilhoso ver os dois interagindo com o Colin e a Maria. É uma situação digna de amor. Já o delegado que ficou responsavel por observar o Colin e "não deixar" o mesmo sair da linha: odiei até meados da metade do livro. Depois ele ficou legal. 


E para terminar, os meus sentimos depois de terminar esse livro: amor, tensão, mais amor, loucura, cenas fofas, hilário e amor. Entrou para o meu top 5 e ficou no top 1 dos meus livros preferidos dele, junto com Um Porto Seguro e O Resgate. O livro foi tão bom, que terminei em 3 dias, não consegui parar de jeito nenhum. Sorte que quando chegou aqui em casa, eu ainda estava de férias. Pude degustar o livro. 



Título: No seu Olhar
Autor: Nicholas Sparks
Editora: Arqueiro
Páginas: 432
Ano: 2016
Onde Comprar: Amazon
Reações:

Sobre o Autor

 
Top