Comentários
Maluci Vieira Maluci Vieira Author
Title: [REVIEW] OUTLANDER - S02E09: JE SUIS PREST
Author: Maluci Vieira
Rating 5 of 5 Des:
" – Eu lhe dou a sua vida. Espero que saiba usá-la bem.   – Devo-lhe minha vida. Eu preferia que não fosse assim, mas já que v...

" – Eu lhe dou a sua vida. Espero que saiba usá-la bem. 

 – Devo-lhe minha vida. Eu preferia que não fosse assim, mas já que você me deu esse presente, devo considerar isso como uma dívida de honra. Espero poder pagar esse débito no futuro, e uma vez feito isso, eu vou te matar.” 

Se haviam dúvidas que o episódios estavam se voltando para a preparação definitiva para a batalha, elas foram sanadas nesse episódio. O objetivo ficou claro: preparar todo indivíduo apto para guerrear. Transformar meninos em homens. Homens em soldados. Já no início do episódio tivemos o reencontro e pudemos matar a saudade do adorável Fergus. Esse menino tem o poder de me deixar encantada cada vez que aparece na tela, como não se derreter com o "Milady"? Outros personagens há tempos não vistos também reapareceram, como Rupert, Angus e, inclusive, Dougal. 

Toda essa preparação para a batalha não fez muito bem para Claire, pois a fez lembrar da guerra de seu tempo. O inimigo pode não ser o mesmo, a sua equipe pode ter novos rostos, mas o sentimento de se acostumar aos homens e depois perdê-los em combate não muda. Ainda bem que Jamie, percebendo a mudança, estava lá por ela. Jesus Christ H. Roosevelt! O que era aquele bando de Highlander descendo o morro correndo? Não é a toa que um Highlander equivale a muitos soldados.


Quem não se deixou assustar pela imagem foi Claire, que não estava nada paciente para os discursos manipuladores de Dougal. Ela falou tudo o que pensava e continuou se comportando de forma muito exaltada, ficava claro que ela não estava bem. Não lembrava desses acontecimentos no livro, minha memória não é boa, então talvez os sintomas de Estresse Pós-Traumático realmente tenham aparecido. Foi triste vê-la revivendo os acontecimentos e se sentindo impotente e sem forças para se mover, como uma libélula no âmbar (Obs: dragonfly in amber é um subtítulo de um dos livros da saga Outlander). 

Fiquei com pena do pobre William Grey de 16 anos, ele tinha boas intenções, só não imaginava com quem estava lidando. A ideia do Red Jaime é até um pouco engraçada, mas se aproveitaram tanto da inocência e cavalheirismo do menino que chegou a dar pena. Claro, o objetivo era nobre, caso contrário Claire nunca teria se sujeitado a tal personagem. O resultado foi um movimento muito esperto, retirar todos os contrapinos dos canhões e queimar as rodas para evitar o possível reparo. Mas antes de ir embora, o menino ainda deixou mais um aviso, foi quase um momento Lannister. "Um Grey nunca esquece uma obrigação, senhor”. Jaime está avisado. 

Obs: A trilha sonora maravilhosa desse episódio foi um bônus a parte.

PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO


Reações:

Sobre o Autor

 
Top