Comentários
Rayssa Rayssa Author
Title: [REVIEW] PERSON OF INTEREST - S05E06E07: A MORE PERFECT UNION/QSO
Author: Rayssa
Rating 5 of 5 Des:
Em "A More Perfect Union" começamos com mais uma tentativa de lavagem cerebral em nossa querida Sameen. E infelizmente percebi...

Em "A More Perfect Union" começamos com mais uma tentativa de lavagem cerebral em nossa querida Sameen. E infelizmente percebi que ela está muito próxima de dar certo. O Samaritano mudou sua forma de abordagem, ao invés de tentar sabotar a equipe Machine, buscou demonstrar que ele é um mal necessário para proteger os humanos de si mesmos.

Por um lado, acredito que ele tem um pouco de razão. Mas sair matando todo mundo a torto e direito, simplesmente porque eles podem vir a cometer atrocidades, é outro extremo que eu não aceito.

Toda vez que ouço o discurso do Samaritano não consigo deixar de afastar a ideia de que ele irá nos transformar em Matrix, se alimentando dos humanos, mas dominando o mundo, tudo com a desculpa que é para a nossa proteção. #creepyalert

Enquanto isso fomos conduzidos pela investigação do Fusco, que finalmente deu resultado. Ele conseguiu descobrir onde o Samaritano tem escondido os corpos dos desaparecidos (um pouco desleixado para uma IA, devo dizer) e pareceu que pagou o pato.


Estou dizendo há séculos que manter o Fusco no escuro ia dar merda. Afinal, quando você sabe o que está enfrentando, é possível manter alguma cautela.

Claro que o Lionel tem pensado em alguém pior que o Elias ou o Dominic, mas mal sabe ele que é um pesadelo onipotente bem mais assustador. Só espero que ele tenha se salvado com o nosso amado Bear.

Mas posso confessar que achei o resto do episódio fraco? Sempre mais do mesmo. Um caso típico semanal, com um mínimo detalhe que o número fornecido pela Machine desta vez foi uma matrícula de casamento e que a real vítima era a fotógrafa que ninguém deu bola o episódio inteiro.


É claro que minha ansiedade entra no meio do caminho. Quero ver a tão esperada guerra. Quero acabar com o Samaritano e de preferência dar ao Greer uma morte horrível e bem dolorosa. Toda esta preparação fica me soando um pouco de enrolação, o que me parece estranho em uma temporada final reduzida.

É claro que agora o processo será acelerado, uma vez que a espera parecia ser a completa conversão da Shaw à causa do Samaritano. Então vamos para a tão sonhada batalha, né?

OBS: Não deixa de ser engraçado ver o Harold armando para o Reese ir parar na despedida de solteiro ao lado do stripper.

OBS: Me explica a obsessão de Root com o casamento? Serão sonhos envolvendo a Sameen?


Em "QSO" começamos finalmente a ver o desenvolvimento que eu esperava desta temporada.

A ruptura com o Fusco foi inevitável. É muito irritante ver que o John e o Harold insistem em não abrir o jogo e contar tudo o que está acontecendo. A teoria de "é tudo para a sua proteção" é extremamente furada e já provou quinhentas vezes que não irá funcionar.

Por outro lado, adorei ver a Root colocando a Machine contra a parede para conseguir informações da Shaw. Já tinha passado da hora. Vamos esperar que esse reencontro não demore muito para acontecer. E a julgar pelos minutos finais, muita ação nos espera no próximo episódio.

Aliás, acho que os jogos mentais do Samaritano finalmente estão dando certo. A Shaw já não consegue mais distinguir a realidade das simulações, tendo matado alguém literalmente a mando do Lado Negro da Força. Pelo menos ela conseguiu um pouco mais de esperança com a mensagem da Root.


Uma coisa legal foi ver a Machine mudando as identidades da Sra. Groves. Deve ser bem exaustivo mudar completamente a cada 24h e ainda ter que ficar buscando as mensagens e indiretas da Machine. Bem que você podia ser um pouco mais explícita, hein?

Este era um tema que eu ficava encucada. Tudo bem que a Root tem que ficar mudando de identidade toda hora, mas como que até agora o Samaritano não a percebeu?

Aliás, foi realmente interessante perceber como o Samaritano se comunica tão diretamente com os seus agentes e como ele literalmente tem agentes em qualquer lugar. Não suspeitei nem um pouco da recepcionista.

Por mais que tenha tido um pouco do mesmo, eu gostei da trama semanal neste episódio. Não sei se foi pelas teorias malucas ou se gostei da Root entrando na brincadeira e super afirmando que as inteligências não humanas já estão entre nós.


Mas a questão do livre-arbítrio realmente ficou estranha. Eu concordo com a Srta. Groves quando ela diz que a Machine está fazendo justamente aquilo para o que ela foi programada, uma vez que o Harold colocou diversos freios e barreiras em sua programação para evitar abusos. Agora não pode reclamar do leite derramado. A não ser que queira modificar a Machine do jeito que a Root sugeriu.

Aliás, eu fico esperando a Root dar uma louca e modificar o código ela mesmo. E aí sim vai virar um pandemônio. Afinal, a criatura acaba virando um espelho do mestre, não é?

Ansiosos para os próximos capítulos?

OBS: Não tem como não derreter o coração com os olhões do Bear pedindo comida para a Root, não é?


OBS: Gente, desculpa os atrasos nas reviews. É um misto de falta de tempo com "Não quero que Person of Interest acabe nunca". Mas não se preocupe, teremos um texto especial para o 100º episódio!


Melhores momentos:

"-Está cansada, minha cara Sameen?
-Por que eu estaria? Foi tipo, a vez de número 7053 que tentou me fazer matar os meus amigos?
-Digo cansada de apontar a arma para si mesma.
-Já fiz pior."

"-Desculpa, Sr. Reese, mas eu não tive escolha. Eu preciso de você no casamento."

"-Quer me convencer que eu estou jogando no time errado. Não está funcionando.
-Então por que você não tentou escapar?"

"-Como o seu chefe disse, isto pode te matar.
-É o que eu continuo ouvindo. Mas ninguém parece querer dividir essa ideia de entidade perigosa comigo. Talvez você saiba. Então seus amigos estão te deixando no escuro também? É frustrante, não é? Suficiente para você questionar sua lealdade."

"-O que você realmente está fazendo aqui, Root? A Machine mandou você?
-Estou começando a achar que ninguém me quer no casamento."

"-Eu sei que você tem mentido para mim, Harry.
-Do que está falando? Ah, as simulações.
-Eu sei que a Machine não pode derrotar o Samaritano."

"-Imagine o que ela poderia fazer se permitíssemos que ela lutasse conosco."

"-Finch, eu achei algo. O novo jogador na cidade, acho que ele é o responsável pelas pessoas desaparecidas. Se é sobre isso que você tem me alertado, você precisa me dizer agora com o que estamos lidando."

"-Vocês se destruirão.
-A não ser que confiemos nosso destino a você? Você fala demais, mas não me mostrou plano algum."

"-Uma bomba caseira feita por terroristas teria iniciado a Terceira Guerra Mundial.
-Mas não iniciou. Porque nada disso é real.
-Mas será. Se vocês não me deixarem proteger vocês de si mesmo.
-Mudou de ideia, minha cara Sameen?"

"-Não estou com humor.
-Acho que tropeçar em uma pilha de corpos pode arruinar seu dia."

"-Mas a Machine parece achar que ele está seguro.
-Sr. Reese e eu ficaremos melhor quando nós determinarmos isso por nós mesmos. Estávamos tão ocupados correndo para recuperar o atraso... O Samaritano matou aquelas pessoas bem debaixo do nosso nariz."

"-Seus inimigos atraíram você para o seu assassinato.
-Case comigo."

"AVALIANDO RISCO DE COMUNICAÇÃO DIRETA... INACEITÁVEL."

"-Acho que podemos concordar, mas e o Paradoxo de Fermi, Rose? Eles existem, então onde eles estão?
-Acho que inteligências não humanas já estão aqui, Max.  A maioria das pessoas simplesmente são muito cegas para ver.
-Uns acham que não encontramos outras inteligências porque tudo foi destruído pela nossa singularidade tecnológica. O que você acha?
-Acho que mais cedo do que tarde vamos descobrir o quão verdadeira é essa teoria."

"-Greer está muito ocupado para fazer o monólogo dele hoje? É por isso que ele enviou um minion para me levar em uma missão fictícia?"

"-Parece que você não sabe mais o que é real."

"-Eu desisto sem lutar se prometer deixar o Max em paz e me levar ao local onde Sameen Shaw está sendo mantida.
-Quem?
-Eu não estava falando com você.
-Eu não consigo te ver, mas reconheço o seu comportamento. Você é uma seguidora da Machine."

"-Sinto muito por não termos sido completamente honestos. Nós não queríamos que você se machucasse.
-Acho que você precisa checar sua vista, Quatro-Olhos. Onde você acha que estamos? Se está tentando me proteger, não está funcionando. Tenho um túnel cheio de copos que alguém tentou enterrar. O que vocês não estão me contando?
-Por favor, volte ao seu trabalho...
-Este é o meu trabalho."

"-Uma mentira por omissão ainda é uma mentira. E usar a ideia do livre-arbítrio como desculpa para... atributo moral? Não sei se estou confortável com o rumo disso."


PROMO DO PRÓXIMO EPISÓDIO

Reações:

Sobre o Autor

 
Top