Comentários
Tatiana Dantas Tatiana Dantas Author
Title: [FILMES] CRÍTICA #69 - ESQUADRÃO SUICIDA
Author: Tatiana Dantas
Rating 5 of 5 Des:
ALERTA DE SPOILERS Finalmente saiu o tão esperado filme com nossos queridos vilões da DC COMICS , muitos se perguntavam: qual a nec...

ALERTA DE SPOILERS

Finalmente saiu o tão esperado filme com nossos queridos vilões da DC COMICS, muitos se perguntavam: qual a necessidade disso? Com tantos arcos a serem adaptados, e desde o primeiro trailer veio o hype, a trilha sonora empolgante, o elenco incrível, e qualquer questionamento negativo foi deixado para trás. Exceto o nosso amado/odiado Coringa (Joker). Se o ator Jared Leto iria corresponder ou não as expectativas, afinal no trailer ele estava ótimo, mas trailers sempre nos enganam, então vamos falar sobre o filme. 

Sinopse: Esquadrão Suicida (no original, Suicide Squad) é um filme de ação estadunidense de 2016 escrito e dirigido por David Ayer, baseado na equipe de anti-heróis de mesmo nome da DC Comics. Será o terceiro filme do Universo Estendido DC. O elenco é composto por Will Smith, Jared Leto, Margot Robbie, Joel Kinnaman, Viola Davis, Cara Delevingne, Scott Eastwood, Adewale Akinnuoye-Agbaje, Karen Fukuhara e Jay Hernandez.

Na história a agente da A.R.G.U.S., Amanda Waller, decide reunir uma equipe de força tarefa com as pessoas mais perigosas do planeta, um esquadrão de super-vilões para executar trabalhos tão perigosos que nenhum homem qualquer conseguiria concluir. Alguns desses membros estão a contorcionista e ex-psiquiátrica, Arlequina, o exímio atirador Pistoleiro e El Diablo, que possui poderes de fogo.



Bom, mais uma vez não entendo o bombardeio de críticas negativas dos críticos com mais renome, talvez (ou com certeza) por eu não ser uma crítica com olhar técnico, e digo mais como fã. E como fã eu sai apaixonada da sala pelo filme, tantas referências aos quadrinhos, atuações maravilhosas, você percebe que cada um vestiu a camisa de seus personagens. (TEVE ATÉ O PINK!). Harley maravilhosa como já esperava da Margot, Viola Davis esse nome já samba sozinho, e como Amanda ela não deixou nadinha a desejar.
Minha surpresa mesmo foi a Cara Delevingne, ela mal aparecia nos trailers, pouco se sabia sobre seu foco, e ela arrasou como Magia, ela evoluiu bastante como atriz, e sua personagem foi incrível. Mas saí apaixonada por ela e pelo esforço da Cara, e o poder imenso da personagem nas telonas ficou maravilhoso!



Outra surpresa foi a aparição do Flash, nada mais justo ele ser o responsável pela prisão do Boomerang que é um dos seus vilões. Aparição do Batman, os eventos de Batman v Superman citados, a cena do enterro do Superman, finalmente estamos vivendo um sonho de ver o universo DC crescendo nos cinemas, ainda com passos de bebês, mas não deixa de ser seus primeiros passos.
A Forma que eles mostram que as situações deixaram eles como 'bad guys', que no fundo todos tem um coração, ou apenas querem diversão. Como a situação uniu eles e a referência sobre a Força Tarefa que no passado foi um fracasso da Amanda. E o sentido do nome Esquadrão Suicida devido eles estarem indo em uma missão que as chances de saírem vivos são bem pequenas, seja pela missão, ou seja por tentarem fugir.
O filme até o momento foi um dos melhores dessa nova fase DC nos cinemas, mas vamos falar da parte ruim: O Coringa.
Todos sabiam que ele apareceria muito pouco, apenas para introduzir a história da Harley, as partes abusivas foram cortadas e isso me incomodou um pouco, ao mesmo tempo que, precisa de uma mente muito aberta e empoderada para entender que a relação do Coringa com a Arlequina é extremamente abusiva, então focaram só no tanto que ela é completamente louca por ele, e que ele com sua mente sombria usou a devoção dela por ele, para transformar ela em seu brinquedo. E esse Coringa que se importa, bom, antes dele cair no ácido ele se importava, tinha esposa, e iria ter filho, isso em A Piada Mortal. Mas quem sabe afundo sabe o quanto ele é horrível com a Harley e com o tempo ela enxergará isso sozinha, ou seja a romantização me incomodou, mas infelizmente não seriam muitas pessoas que notariam que mesmo ela sendo torturada, apanhando, manipulada, o que eles tem NÃO é amor e sim abuso. E isso é perigoso, muito perigoso, muitas adolescentes amam a personagem e já que teria que colocar de qualquer forma o começo de tudo, que ela é louca por ele, que seja assim. Porque eu não duvido que algumas pessoas iriam por um caminho obscuro do mal entendimento vendo que a Harley aceitava isso. Eu gostaria muito de uma problematização e foco nisso, mas é o primeiro filme e tem muita coisa para acontecer, e se quisermos uma continuação, temos que esperar o momento certo para mostrar isso, e espero que seja breve.
Queria mais sobre a Katana, queria alguma luz da entrada do Flash Reverso na equipe, do Parasita. Mas espero que as pontas soltas sejam para uma continuação, QUE TENHA CONTINUAÇÃO NUNCA TE PEDI NADA WARNER.

O triste e frustante de tudo é a sensação de roteiro e chance mal aproveitados. Esquadrão Suicida tinha uma enorme chance de ofuscar muitos filmes do gênero, com os melhores vilões escolhidos na maravilhosa galeria de vilões do Morcegão, mas David Ayer se perde com o que ele queria oferecer, depois desiste e se contenta com as exigências mais burocráticas da Warner para se encaixar no que a cultura pop quer, e ainda assim não agradou a eles. (Poderia ser um filme inferior, mas se fosse da Marvel teria muitos elogios, isso irrita porque a DC tem enorme potencial, e só vem crescendo.) 
Mas no geral, elenco está de parabéns, trilha sonora, Coringa do Nolan ainda não foi superado, mas o Jared não foi um Coringa ruim. Ele tentou, mas depende do roteiro também, foi uma aparição mediana, mas necessária, acredito que em filmes que ele tenha um foco maior, possa ser explorado seu potencial.
Por mais Arlequina nas telonas, muito mais! As mulheres desse filme foram incríveis, é a geração girl power mesmo meus amigos, e que assim seja! Abram suas mentes, não sejam tão críticos e se divirtam na sessão, porque o filme é diversão garantida. E uma dica: Se der para ver em Imax, vejam!






Reações:

Sobre o Autor

 
Top