Comentários
Yngrid Oliveira Yngrid Oliveira Author
Title: [LIVROS] RESENHA - O ORFANATO DA SRTA. PEREGRINE PARA CRIANÇAS PECULIARES
Author: Yngrid Oliveira
Rating 5 of 5 Des:
Milhões de cópias vendidas em todo o mundo! Traduzido para mais de 40 idiomas! Eleito uma das 100 obras mais importantes da li...




Milhões de cópias vendidas em todo o mundo! Traduzido para mais de 40 idiomas! Eleito uma das 100 obras mais importantes da literatura jovem de todos os tempos Tudo está à espera para ser descoberto em "O orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares", um romance que tenta misturar ficção e fotografia. A história começa com uma tragédia familiar que lança Jacob, um rapaz de 16 anos, em uma jornada até uma ilha remota na costa do País de Gales, onde descobre as ruínas do Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares. Enquanto Jacob explora os quartos e corredores abandonados, fica claro que as crianças do orfanato são muito mais do que simplesmente peculiares. Elas podem ter sido perigosas e confinadas na ilha deserta por um bom motivo. E, de algum modo - por mais impossível que possa parecer - ainda podem estar vivas. “Mesmo sem as fotos, esta seria uma história emocionante, mas as imagens dão um irresistível toque de mistério. A narração em primeira pessoa é autêntica, engraçada e comovente. Estou ansioso para o próximo volume da série!” RICK RIORDAN, autor da série Percy Jackson e Os Olimpianos. “Um romance tenso, comovente e maravilhosamente estranho. As fotos e o texto funcionam brilhantemente juntos para criar uma história inesquecível.” JOHN GREEN, autor de A culpa é das estrelas. “Vocês têm certeza de que não fui eu quem escreveu esse livro? Parece algo que eu teria feito...” TIM BURTON






O orfanato da Srta. Peregrine para crianças peculiares conta a história de um menino com a família toda rica, o Jacob, que cresce ouvindo as incríveis e fantasiosas aventuras da vida do seu avô, contadas pelo próprio (Portman). Enquanto criança Jacob acreditava em tudo que seu herói de guerra conta sobre um lugar com crianças peculiares, com poderes, que viviam juntas durante a segunda guerra mundial e que precisavam enfrentar monstros horríveis. Jacob vira um jovem e deixa de acreditar no que seu avô conta, pois para não passa de devaneios de um homem velho que viveu o pior que qualquer um pode viver numa guerra.
Quanto mais velho seu avô fica mais paranoico com os monstros da sua infância que pareciam ter vindo finalmente tragá-lo dentro da sua cabeça. Porém parece que tudo que seu o Sr. Portman contava para Jacob era real e ele descobre isso da maneira mais triste possível...
“Eu tinha acabado de aceitar que minha vida seria apenas comum quando coisas extraordinárias começaram a acontecer comigo. A primeira delas foi um choque terrível e, assim como qualquer coisa que muda você para sempre, dividiu minha vida em duas partes. Antes e depois”. (Prólogo)
Sem mais delongas, já que a graça da história específica deste livro são as descobertas, não seria adequado contar mais do que acontece, mas sim das impressões que tirei de tudo que li:

1- A ideia por trás do orfanato é muito boa, principalmente com o bum cinematográfico das histórias de super-heróis;
2- O livro é visualmente lindo;
3- Uma capa comercial maravilhosa, que chama atenção dos leitores;
4- Um ótimo uso de fotografias darks, que representam os personagens e momentos da história;
5- Uma mistura perfeita de fantasia, mas não qualquer fantasia, com um toque de suspense e um lado sombrio que é o toque diferencial;
6- Tem alguns poderes originais mesmo com tantas histórias que já abordaram o tema, pelo menos da forma em que são mostrados.

Enfim, cerva de 65% do livro me instigou a leitura voraz, mas em determinado momento comecei a querer um pouco mais de acontecimentos impactantes para acabar com minha impressão que ainda estava na introdução. E apesar de muitos personagens interessantes senti que o autor não soube aproveitá-los bem (talvez isso seja recompensado nos próximos livros), pois minha maior curiosidade sobre o livro eram justamente as crianças peculiares, fica um quê de decepção nesse quesito, pois minhas perguntas ainda não foram respondidas: Quem são elas? Fiquei com a sensação que eram figurantes na história de Jacob e seu romance. O que sofreram e ainda sofrem na vida que levam? Principalmente devido ao controle rigoroso com o qual a Srta Peregrine conduz o orfanato. Como é enfrentar isso na segunda guerra mundial? Já que o autor escolheu especificamente este momento para a trama porque não usá-lo mais diretamente na história?
É um livro interessante, que gostei bastante de ler, principalmente por causa das fotos sensacionais, mas que espero que amadureça nos pontos já citados. 
Fica a dica, boa leitura!




Título: O orfanato da Srta. Peregrine para crianças peculiares
Autor: Ransom Riggs
Editora: LeYa, futuramente Intrínseca
Páginas: 336
Ano: 2012
Onde comprarSubmarino
Reações:

Sobre o Autor

 
Top